quarta-feira, 18 de setembro de 2019

Parceria com Suécia estimula participação de meninas na área de exatas


Kamilla Cerbino
Um grupo de cerca de 30 meninas do ensino médio de escolas públicas do DF participam de um workshop inédito sobre robótica, ministrado por cientistas suecas.Um grupo de cerca de 30 meninas do ensino médio de escolas públicas do DF participam de um workshop inédito sobre robótica, ministrado por cientistas suecas.Com o objetivo principal de despertar em meninas o interesse por ciência, tecnologia, engenharia e matemática, o festival sueco Tekla chega a Brasília. A programação inclui um workshop de robótica e uma tarde de debates sobre o tema. A  iniciativa é fruto de parceria do governo sueco com a governo do Distrito Federal e se insere na Semanas de Inovação Brasil - Suécia.
A oficial de cultura da Embaixada da Suécia no Brasil, Glaucimara Silva, conta que o Tekla foi idealizado por uma cantora pop sueca, Robyn, que é formada no Instituto Real de Tecnologia (KTH), em Estocolmo, na Suécia. “Após perceber que os cursos de tecnologia tinham poucas meninas [Robyn] resolveu criar o Festival Tekla, como uma forma de essas meninas participarem mais.”
Inicialmente, o festival ocorria apenas na Suécia, mas em 2019 passou a ter dimensão internacional e ser realizado em outros países. “Entre esses países estava o Brasil, por sua grande população jovem, com um grande potencial”, conta Glaucimara.
Nesta quarta (18), o Diálogo Tekla debate, na Universidade de Brasília (UnB), maneiras de capacitar meninas e mulheres para ampliar oportunidades nas áreas de ciência, tecnologia, engenharia e matemática (Stem, da sigla em inglês). O evento é gratuito e aberto ao público em geral.
Dentre as especialistas, estará presente Heidi Harman, fundadora da mais antiga rede de tecnologia feminina na Suécia, o GeekGirl Meetup, uma rede para mulheres em Stem, código, design e startups, que agora tem braços em 17 países. Outra participante é Juliana Estradioto, que recebeu o Prêmio Jovem Cientista 2018 e foi a primeira brasileira a conquistar o primeiro lugar na categoria de Ciências dos Materiais na Intel ISEF (Intel International Science and Engineering Fair), maior feira de ciências pré-universitária do mundo.

Meninas.comp
Na terça-feira (17), cerca de 30 alunas do ensino médio e fundamental de sete escolas públicas do Distrito Federal (DF) participaram do workshop de robótica e desenvolveram pequenos robôs com o auxílio e apoio de cientistas suecas. A atividade teve parceria do projeto Meninas na Computação (meninas.comp), idealizado por professoras do Departamento de Ciência da Computação da UnB e que fomenta inclusão de meninas de escolas públicas por meio de projetos que estimulam esse público a ingressar em cursos que tradicionalmente têm um público majoritariamente masculino.
Maria Eduarda Mendes, de 15 anos, conta que sempre teve curiosidade pela área de robótica. “Minha professora me incentivou e como sempre gostei dessa área da computação decidi participar", contou.

CCJ da Câmara aprova condução coercitiva de intimados por CPI


Ana Cristina Campos
Congresso NacionalA Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) da Câmara dos Deputados aprovou hoje (18) o parecer pela admissibilidade da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 115/19 que autoriza a condução coercitiva de testemunhas, investigados e acusados às comissões parlamentares de inquérito (CPIs) caso elas não compareçam ao colegiado.
O intuito é evitar os pedidos de habeas corpus ao Supremo Tribunal Federal (STF) para o não comparecimento às CPIs.
O texto da proposta assegura às pessoas convocadas a prestar depoimento perante as comissões parlamentares de inquérito o direito ao silêncio e à não autoincriminação.
A proposta é de autoria do deputado Vanderlei Macris (PSDB-SP) e recebeu parecer favorável do relator, deputado Sanderson (PSL-RS). “Nós, aqui, na Câmara Federal demos uma resposta imediata, oportuna e conveniente para uma questão que, por exemplo, na CPI do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) causou grande prejuízo à nação brasileira porque não pôde, através de uma CPI, através de uma investigação institucional feita pelo Congresso, esclarecer de forma ainda mais extensiva o que aconteceu na questão do BNDES. As CPIs que virão terão, em aprovada esta PEC, um novo escopo e um novo espectro para trabalhar melhor”, disse o relator.
A PEC será analisada em uma comissão especial que ainda será criada. Se o mérito for aprovado, a matéria ainda passará por dois turnos de votação no plenário da Câmara antes de ser enviada ao Senado.

Abuso sexual contra vulnerável A CCJ também aprovou nesta quarta-feira o projeto de lei (PL 2565/19) que aumenta pela metade a pena aplicada a quem cometer abuso sexual contra vulnerável valendo-se de autoridade profissional ou religiosa. O projeto agora será apreciado pelo plenário da Câmara.
O objetivo da proposta, que altera o Código Penal (Decreto-Lei 2.848/40), é punir com mais rigor, por exemplo, padres, pastores e técnicos esportivos envolvidos em casos de crime sexual.
Segundo o deputado Luiz Lima (PSL-RJ), autor do projeto, esse aumento de pena atingiria casos de abusos sexuais como o cometido pelo médico Roger Abdelmassih, condenado pela prática de estupro contra dezenas de pacientes, ou pelo médium João de Deus, acusado de crimes como estupro de vulnerável e violação sexual por mulheres que os procuraram em busca de ajuda.
A legislação atual já prevê o aumento da pena em 50% no caso de o crime sexual contra vulnerável ter sido praticado por padrasto ou madrasta, tio, irmão, cônjuge, companheiro, tutor, curador, preceptor ou empregador da vítima ou por qualquer outra pessoa que tiver autoridade sobre ela ou lhe inspire confiança.

Marcelo deve seguir na zaga do Botafogo contra São Paulo

Rodrigo Ricardo
Sétima melhor defesa do Brasileirão com 19 gols sofridos, a zaga do Botafogo vem se mostrando um dos pontos fortes da equipe na competição. A dupla de zaga oficial é Joel Carli e Gabriel, mas Marcelo Benevenuto já substituiu um dos dois por 22 vezes nesta temporada.
“Venho trabalhando sério para, quando o Gabriel ou o Carli estiver ausente, manter o mesmo nível técnico. Até brinco com eles, não vão deixar eu jogar não”, disse Marcelo.
Para o jogo de São Paulo, o argentino Carli segue como dúvida e Marcelo, assim como na última rodada contra o Ceará, deve aparecer entre os titulares de Eduardo Barroca. O zagueiro de 1,81m e 23 anos admite que o time deixou a desejar no empate em 0 a 0 contra os cearenses, em Fortaleza.
 “É importante manter a regularidade". A gente reconhece que não foi bem contra o Ceará, mas tem que destacar o sistema defensivo. Todo mundo se comprometeu”, afirmou.
Natural de Resende, cidade ao sul do Estado do Rio, Marcelo veio da base botafoguense e foi promovido aos profissionais em 2017.
“Posso melhorar, a cada dia estou evoluindo. O ano de 2017 foi muito bom, porque joguei uma Libertadores e não esperava jogar uma Libertadores tão cedo assim. Agora é  procurar repetir o nível daquele ano”, acredita o zagueiro.
Com 27 pontos, o Botafogo está em décimo lugar no Brasileirão. No próximo sábado (21), às 11h, encara o São Paulo. A última boa nova é que o elenco e os funcionários receberam algum dinheiro. A diretoria pagou parte dos salários e direitos de imagem de julho, além do que estava pendente de junho. Os pagamentos foram realizados com recursos de um fundo de investimento chinês, que é visto como parceiro para o projeto de profissionalização do Departamento de Futebol do Botafogo no próximo ano.

Prefeitura de Santa Cruz realiza pavimentação de mais uma importante rua próxima à pracinha do açude

PAVIMENTAÇÃO-RUA-AÇUDE-001A Prefeitura de Santa Cruz iniciou a pavimentação da Rua Maria Rosa da Silva, localizada próxima ao Açude do DNOCS.
Com cerca de 300 metros de extensão, a pavimentação beneficia diversos moradores, que terão um local mais confortável e seguro após a obra ser concluída.
De acordo com a secretária de Transportes e Obras Públicas, que coordena o trabalho, os serviços deverão ficar prontos em cerca de três semanas e vai minimizar problemas antigos existentes, especialmente em períodos chuvosos, em que o local ficava intransitável.
Além de ser pavimentada, o local ainda ganhará uma nova iluminação. Serão colocadas lâmpadas de vapor metálico em toda a extensão da rua, substituindo as atuais luminárias e garantindo uma melhor iluminação para os moradores.
Para o prefeito Ivanildinho, que visitou a obra nesta terça-feira (17), o serviço é extremamente importante, pois atende a um pleito antigo dos moradores e dará mais conforto e segurança para os que residem e trafegam pelo local.

Instituto oferece bolsa de R$ 100 mil a jovens pesquisadores

Alana Gandra
O Instituto Serrapilheira, entidade privada sem fins lucrativos com sede no lRio de Janeiro, lançou hoje (18) chamada pública para jovens cientistas. Serão selecionados até 24 jovens pesquisadores, com uma bolsa de até R$ 100 mil para cada um, para projetos nas áreas de ciências naturais, da computação e matemática, ao longo de 12 meses.
Após um ano, em uma segunda fase, até três jovens serão aprovados e ganharão bolsa de até R$ 1 milhão, cada, para estenderem o projeto para mais três anos.
As inscrições gratuitas serão abertas de 18 de novembro até 18 de dezembro e o resultado será divulgado em 24 de abril do próximo ano. O presidente do instituto, Hugo Aguilaniu, estima que os recursos estarão disponíveis a partir de 10 de junho. Ao todo, incluindo as duas chamadas anteriores, o instituto tem 113 pesquisadores apoiados.
Requisitos Os candidatos devem ter vínculo permanente com alguma instituição de pesquisa no Brasil e ter concluído o doutorado entre 1º de janeiro de 2012 a 31 de dezembro de 2017. Mulheres com um filho têm o prazo estendido em um ano e aquelas com dois ou mais filhos têm direito a dois anos a mais.
“A parte difícil é a seleção, que é inteiramente internacional. Ela ocorre, de fato, fisicamente, em lugares diferentes”, disse Aguilaniu à Agência Brasil. No ano passado, por exemplo, a prova de física foi feita na Califórnia, Estados Unidos, enquanto a de química ocorreu no Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT, do nome em inglês), também nos Estados Unidos.
Hugo Aguilaniu informou que a ideia é que o instituto seja um lugar de financiamento diferente das agências públicas. “A gente procura projetos que são ousados. A dica é fazer uma grande pergunta difícil, competitiva, que todo mundo quer responder. É preciso que você dê indícios de que vai responder melhor que os outros.”
Mulheres e negros Nas duas primeiras chamadas, a média recebida foi de 43% de projetos de mulheres e 57% de homens. Uma análise mais detalhada revela, porém, que a proporção de mulheres em projetos nas áreas de física e matemática é bem menor. Em relação a pesquisadores negros, Aguilaniu avaliou que a situação é bem ruim. A inscrição de pessoas que se declararam negras ficou entre 5% e 7%. “Infelizmente, isso reflete a situação da pesquisa brasileira hoje”.
Edital O edital está disponível no site. Serão apoiados exclusivamente projetos de pesquisa fundamental, que respondam às perguntas “como, quando e por quê”, e não às perguntas utilitárias, do tipo “para que serve”.
De acordo com o edital, não serão apoiados projetos que sejam “uma clara continuação de projetos anteriores, com resultados já previsíveis. É necessário que haja alguma inovação”. Do mesmo modo, não serão apoiados projetos “voltados exclusivamente a testes clínicos, estudos de saúde pública, desenvolvimento de biomarcadores e desenvolvimento de processos e produtos”.

Exposição em São Paulo celebra a obra de Alphonse Mucha

Elaine Patricia Cruz
Art Nouveau: Exposição em SP celebra obra de Alphonse MuchaObras do artista theco Alphonse Mucha, criador de um estilo que eternizou a Belle Époque e pioneiro da arte publicitária, estão em exposição a partir de hoje (18), no Centro Cultural Fiesp, na Avenida Paulista, em São Paulo. A exposição é gratuita e vai até o dia 15 de dezembro.
A mostra Alphonse Mucha: o legado da Art Nouveau já passou pela Ásia, Estados Unidos e Europa, e chega agora a São Paulo com a maior coletânea do artista já exibida no país. A mostra foi dividida em quatro ambientes, com mais de 100 obras do artista, cedidas pela Fundação Mucha. A exposição tem curadoria de Tomoko Sato.
A primeira seção, Mulheres: Ícones e Musas, apresenta a trajetória do artista no campo publicitário com seus cartazes, que chamavam a atenção pelo preciosismo dedicado a cada traço e pela aura quase divina concedida à imagem da mulher. Entre essas obras estão pôsteres dos memoráveis espetáculos de Sarah Bernhardt, noTeatro Renaissance, anúncios de marcas de cerveja, cigarros, lança-perfumes, e outras dezenas de artigos igualmente referendados pelo toque de Mucha – como caixas de biscoito, embalagens de perfume e capas de livro.
“Mucha queria usar a arte para mostrar o belo. Ele acreditava que a beleza deixava as pessoas mais felizes e que, ao potencializar a sua difusão por meio da publicidade, contribuía para construir uma sociedade melhor”, disse Tomoko Sato, curadora da mostra.
A exposição mostra a relação de Mucha com a atriz Sarah Bernhardt. Em 1894, Sarah estava à procura de um ilustrador para divulgar o seu novo espetáculo, Gismonda, e encontrou Mucha. A mostra apresenta obras marcantes dessa parceria, além de cartazes para as peças de Sarah e artigos confeccionados pelo artista e que compunham o figurino da atriz.
“Sarah, que, além de atriz, foi escultora, encontrou em Mucha alguém que compartilhava os mesmos ideais artísticos. Ela tinha uma ideia particular de como os artistas deveriam se apresentar no palco, e Mucha conseguiu capturar esse espírito. Com isso, passou a não apenas produzir os seus pôsteres, como se tornou o diretor artístico de suas peças”, disse Sato.
A exposição apresenta ainda os núcleos O Estilo Mucha – Uma Linguagem Visual e Beleza – O Poder da Inspiração, que revelam um pouco das mensagens ocultas em sua obra. Criado em uma nação que lutava pela independência – na época, a República Tcheca vivia sob o domínio do Império Austro-Húngaro –, o artista, desde jovem, cultivou o desejo da libertação do povo eslavo.
Seus desenhos apresentam elementos dessa cultura, tais como os figurinos e artigos decorativos do folclore eslavo, formas geométricas, curvas e adereços. Nesse espaço será apresentada, por meio de uma instalação digital, a sua obra mais conhecida, Mucha: a Epopeia Eslava, uma série de 20 quadros gigantes. Aqui também se apresenta o estilo Art Nouveau, nome que hoje remete a obras que romperam com o padrão decorativo clássico e do qual Mucha virou seu grande representante.
O núcleo final da mostra traz o Legado do Estilo Mucha, reunindo nomes representativos que sofreram a influência do artista.

O artista
Mucha nasceu em Ivancice, atual República Tcheca, em 1860. Pioneiro na arte publicitária, consagrou na Paris da Belle Époque um estilo marcado pela sutileza e pelo perfeccionismo que se tornaria símbolo da era de ouro da cultura francesa. Passados 80 anos de sua morte, o artista continua a influenciar a arte no mundo todo e mantém sua herança viva em ilustrações contemporâneas, como observada no universo dos HQs e dos Mangás.

Assaltante em fuga atira e mata jovem de 18 anos em Natal; um é preso e outro consegue escapar

Um assalto foi registrado em um estabelecimento comercial na tarde desta quarta-feira(18) no bairro do Alecrim, na Zona Leste de Natal. Informações preliminares dão conta de pelo menos dois bandidos envolvidos na ação criminosa.
Após um arrastão em um estabelecimento a ser confirmado, nas imediações das Avenidas 9 com a 3, um dos bandidos matou um popular a tiros. Trata-se de um jovem de 18 anos, que segundo informações do portal G1-RN, teria corrido para tentar pegar os marginais, quando um deles atirou.
A reportagem ainda conta que pessoas que viram o crime gritaram, chamando a atenção de quem passava pelo local. Foi quando o jovem, filho de um dos comerciantes da região, ouviu os gritos e correu para tentar pegar os bandidos. Na sequência, um dos assaltantes de virou e atirou.
Após o disparo, um dos assaltantes tentou fugir por dentro de uma escola, mas acabou preso. Já o comparsa, conseguiu escapar.

Prefeito Ivanildinho recepciona atletas que receberam apoio da gestão municipal para participar de competições pela região

RECEPÇÃO-ATLETAS-003O prefeito Ivanildinho recebeu, no último sábado (14), atletas amadores que agradeceram o apoio da gestão local para participar de competições esportivas.
A equipe de futebol Nova Geração agradeceu ao gestor municipal o apoio concedido para a participação na competição Copa Trairi. Os membros da equipe ainda afirmaram que a ajuda da gestão local tem viabilizado a participação de várias outrasa equipes esportivas em diversas competições pelo estado.
Já o atleta de Jiu-jitsu, Renato Silva, apresentou ao prefeito Ivanildinho o título de campeão mundial em sua categoria, em torneio disputado em Fortaleza/CE, onde o atleta participou da competição com apoio da Prefeitura de Santa Cruz.
O prefeito Ivanildinho reafirmou que a gestão municipal está aberta para apoiar os atletas locais, que tão bem tem representado Santa Cruz em diversas competições regionais e nacionais.

Projeto Tamar anuncia marca de 40 milhões de tartarugas protegidas


Projeto TamarNa próxima temporada de desova das tartarugas marinhas, o projeto Tamar deve alcançar a marca de 40 milhões de animais protegidos.
“Podemos dizer que a tartaruga de número 40 milhões já existe e navega em uma viagem transcontinental rumo às praias brasileiras. Mas é importante lembrar que, a cada mil tartarugas que nascem, apenas uma ou duas sobrevivem. Ainda há muito a fazer para livrar esses animais da ameaça de extinção”, diz o fundador do Projeto Tamar, Guy Marcovaldi.
Os animais têm ciclo de vida longo e levam de 20 a 30 anos para se reproduzir. A cada temporada, de acordo com o projeto, cerca de 2 milhões de filhotes nascem nas praias brasileiras monitoradas pelo Tamar, que trabalha também na proteção de tartarugas jovens e adultas resgatadas de captura incidental na pesca. Acidentes com redes e anzóis, plásticos e o trânsito de veículos nas praias são fatores de risco para os animais.
Sobre o Tamar
Em parceria com o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), o projeto Tamar contribui para a recuperação de quatro espécies de tartarugas marinhas: tartaruga-oliva, tartaruga-de-pente, tartaruga-cabeçuda e tartaruga-de-couro. O trabalho do Tamar garante também a estabilidade da tartaruga-verde em Fernando de Noronha (PE) e Trindade (ES).  A missão do projeto inclui é a pesquisa, a conservação e o manejo das cinco espécies, todas ameaçadas de extinção.
As ações do projeto se estendem por cerca de 1,1 mil quilômetros de praias, em áreas de alimentação, desova, crescimento e descanso das tartarugas, no litoral e ilhas oceânicas dos estados da Bahia, de Sergipe, de Pernambuco, do Rio Grande do Norte, do Ceará, do Espírito Santo, do Rio de Janeiro, de São Paulo e de Santa Catarina.
O Tamar é membro da Rede de Projetos de Biodiversidade Marinha (Rede Biomar), grupo composto também pelos projetos Albatroz, Baleia Jubarte, Coral Vivo e Golfinho Rotador, todos patrocinados por meio do Programa Petrobras Socioambiental.

Relatório aponta as cidades mais inteligentes e conectadas do Brasil

Quais são as cidades mais desenvolvidas e conectadas do Brasil? É essa a pergunta que o Ranking Connected Smart Cities pretende responder. Realizado pela consultoria Urban Systems, o relatório traz indicadores que qualificam os locais mais inteligentes e conectados do país.
Campinas foi a primeira colocada na lista deste ano. É a primeira vez que a líder do ranking não é uma capital. São Paulo ficou com a segunda posição e Curitiba ficou em terceiro lugar.
O relatório mapeia as cidades com maior potencial de desenvolvimento no Brasil por meio de indicadores que retratam inteligência, conexão e sustentabilidade. Ao todo, são avaliados 70 indicadores, separados em 11 tópicos: mobilidade e acessibilidade, meio ambiente, urbanismo, tecnologia, saúde, segurança, educação, empreendedorismo, energia, governança e economia. Confira as 20 primeiras colocadas:
1. Campinas (SP)
2. São Paulo (SP)
3. Curitiba (PR)
4. Brasília (DF)
5. São Caetano do Sul (SP)
6. Santos (SP)
7. Florianópolis (SC)
8. Vitória (ES)
9. Blumenau (SC)
10. Jundiaí (SP)
11. Campo Grande (MS)
12. Niterói (RJ)
13. Belo Horizonte (MG)
14. Rio de Janeiro (RJ)
15. Joinville (SC)
16. Itajaí (SC)
17. Balneário Camboriú (SC)
18. São Bernardo do Campo (SP)
19. Palmas (TO)
20. Porto Alegre (RS)
Época Negócios

Brasil estreia com vitória no Pré-Olímpico de Vôlei de Praia, na China

Cláudia Soares Rodrigues
O Brasil estreou no torrneio Pré-Olímpico de Vôlei de Praia, na cidade de Haiyang, na China, e assegurou presença na próxima fase, tanto na disputa feminina, quanto na masculina. O torneio reúne ao todo 16 duplas, e apenas duas delas, em cada gênero, vão garantir presença na Olimpíada de Tóquio no ano que vem.
Na disputa feminina, a brasiliense Ângela Lavalle e a cearense Carolina Horta venceram por 2 sets a 1 (parciais de 21/16, 18/21 e 15/7) o primeiro jogo da chave, contra as japonesas Ishii e Murakami. Mas, na partida seguinte, a dupla brasileira perdeu para a dupla italiana Menegatti e Orsi-Toth, por 2 sets a 0 (parciais 19/21 e 16/21). Com o resultado, Ângela e Carol ficaram em segundo lugar no grupo B. Na próxima fase, as brasileiras integram o grupo G, onde estão Liliana e Elsa, da Espanha, e a dupla Ittlinger e Laboureur, da Alemanha. Todas as duplas jogarão entre si e as duas mais bem colocadas seguem no torneio.
Já do lado masculino, o capixaba Andre Stein e o paraibano George Souto estrearam com derrota frente aos italianos Nicolai e Lupo: os adversários fizeram 2 sets a 0, parciais de 17/21 e 15/21. A recuperação brasileira não demorou: no embate seguinte, André e George superaram com tranquilidade os chineses Peng Gao e Yang Li, por 2 sets a 0 (parciais 21/16 e 21/18). Na próxima fase, André e George jogam pelo grupo G, onde estão também os russos Semenov e Leshukov, e os autríacos Rob Seidl e Waller. Assim como na disputa feminina, apenas os dois melhores avançam à fase seguinte.
E tem mais jogo logo mais: às 22h, a dupla André e George encara os austríacos Rob Seidl e Walker, no primeiro confronto da segunda fase. Em seguida, já no início da madrugada desta quinta-feira (19), os brasileiros enfrentam os russos Semenov e Leshukov.
Do lado feminino, a disputa da segunda fase do torneio terá iníco às 2h (horário de Brasília) desta quinta-feira (19): Angela e Carol encaram as espanholas Liliana e Elsa. O segundo embate do grupo G será às 4h50: a dupla brasileira enfrenta as alemães Ittlinger e Laboureur.

Mundo está em risco de pandemias que podem matar milhões


O mundo está enfrentando uma ameaça crescente de doenças pandêmicas que poderiam matar milhões e devastar a economia global, alertou um painel internacional de especialistas, e os governos deveriam trabalhar para se preparar e mitigar o risco.
O Conselho de Monitoramento para a Preparação Global (GPMB), montado em conjunto pelo Banco Mundial e pela Organização Mundial da Saúde (OMS), alertou que doenças propensas a epidemias como o ebola, a gripe e a sars são cada vez mais difíceis de gerenciar em um mundo dominado por longos conflitos, Estados frágeis e imigração forçada.
“A ameaça de uma pandemia se espalhar pelo mundo é real”, disse o grupo em um relatório. “Um patógeno rápido teria potencial para matar dezenas de milhões de pessoas, desorganizando economias e desestabilizando a segurança nacional.”
Embora alguns governos e agências internacionais tenham feito esforços para estar vigilantes e se prepararem para grandes surtos de doenças desde o devastador surto de ebola na África Ocidental entre 2014 e 2015, esses esforços são “grosseiramente insuficientes”, afirma o relatório.
Gro Harlem Brundtland, um ex-diretor da OMS que co-presidiu o conselho, acrescentou que as atuais abordagens a emergências de doenças e saúde são “caracterizadas por um ciclo de pânico e negligência”.
O relatório citou a pandemia de 1918 de “gripe espanhola”, que matou estimadas 50 milhões de pessoas. Com vastos números de pessoas cruzando o mundo em aviões todos os dias, um surto equivalente de doença transmitida pelas vias aéreas poderia se espalhar de maneira global em menos de 36 horas, matando entre 50 e 80 milhões de pessoas, varrendo aproximadamente 5% da economia global, afirma o documento.
No caso de uma pandemia, muitos sistemas nacionais de saúde, –especialmente em países pobres– entrariam em colapso.
“A pobreza e a fragilidade exacerbam surtos de doenças infecciosas e ajudam a criar as condições para que as pandemias aconteçam”, disse Axel van Trotsenburg, diretor-executivo interino do Banco Mundial e um membro do painel.
Convocando governos a “prestar atenção nas lições que esses surtos estão nos ensinando” e “consertar o telhado antes da chuva chegar”, o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, disse que deveria haver mais investimentos para fortalecer sistemas de saúde, pesquisa e novas tecnologias, melhoramento da coordenação, e instauração de sistemas de comunicação mais rápidos para monitorar o progresso de maneira contínua.
A OMS também alertou neste ano que uma outra pandemia de gripe – que é causada por vírus transmitidos pelo ar – é inevitável, e que o mundo deveria se preparar para isso.
Reuters

Instituição belga oferece bolsas para pós-doutorado, informa UFRN

A Secretaria de Relações Internacionais (SRI) divulga o Programa de Bolsas de Excelência, oferecido pela Wallonie-Bruxelles Internacional (WBI). O processo seletivo oferece bolsas de pós-doutorado na Bélgica, em universidade de escolha do candidato. A seleção é destinada aos portadores de diploma de doutorado ou aos que estão em processo de certificação. As inscrições vão até o dia 1º de outubro.
São duas possibilidades de bolsa: a longo prazo, com mínimo de 1 ano de estadia e com possibilidade de renovação única, e a curto prazo, de 1 a 3 meses de estadia e sem renovação.
De acordo com a iniciativa da instituição, as áreas de foco observadas pelo processo seletivo serão: Transporte e Logística, Engenharia Mecânica, Biociências, Indústria da Agricultura, Aeroespaço e Tecnologias Ambientais. Além disso, outros campos também serão considerados, quer façam parte das Ciências Humanas, Fundamentais ou Aplicadas.
A oportunidade irá custear mensalmente a estadia, cobrindo custo de vida, acomodação, materiais de estudo e viagens dentro do país. A instituição também cobrirá a viagem de ida e volta durante a duração total do programa e o plano de saúde.
As inscrições são feitas através do e-mailj.porson@wbi.be. Os editais estão disponíveis em inglês e francês.
Com informações da UFRN

‘Bolsonaro está mudando o país. É natural a indignação da esquerda’, diz empresário sucesso com vídeos no YouTube em entrevista

Leandro Ruschel é um gaúcho com 39 anos que alterna sua vida entre Brasil e Estados Unidos e é sócio-fundador de duas empresas: a Liberta Global, que ensina brasileiros a operar no mercado de ações americano, e o Grupo L&S, que já treinou mais de 40.000 investidores. Mas ele atingiu mais de 300 mil seguidores no Twitter e vídeos no YouTube com mais de um milhão de visualizações por outros motivos.
Ruschel tornou-se conhecido nas redes sociais por abominar o PT e os petistas, por citar o pensador Olavo de Carvalho e por críticas ásperas à imprensa. Para ele, jornalistas atacam tudo o que está relacionado ao governo federal e ao presidente Jair Bolsonaro, e fazem isso porque são de esquerda. Assim como os professores, principalmente os de universidades públicas.
Também defende a proposta de escolas sem partido.
É a favor das pautas liberais e de muitos pontos da chamada agenda de costumes do governo.
Mais importante do que os tropeços é o caminho, acredita. “Bolsonaro mudou todos os paradigmas, está mudando o país. É natural a indignação e frustração da esquerda.”
Acha que o Brasil segue o rumo certo nas mãos de Bolsonaro e de seu ministro da Economia, Paulo Guedes. “Mas podia estar num ritmo mais acelerado. Talvez por tantas dificuldades criadas pelo Congresso, as coisas demorem a acontecer. De qualquer forma, estou otimista.”
O empresário se mostrou favorável à investigação do senador Flávio Bolsonaro, mas defendeu o vereador Carlos, o outro filho do presidente, pela postagem recente que foi considerada um risco à democracia. “Ele só foi mal interpretado.”
Veja mais trechos da entrevista:

Luxemburgo aposta em Ribamar para ataque do Vasco

Vanderlei Luxemburgo, manteve Ribamar como centroavante da equipe no coletivo realizado nesta quarta (18) no Centro de Treinamento do Almirante, na Zona Oeste do Rio.
A decisão foi tomada após o gol e a boa exibição do jogador na vitória de 2 a 1 sobre a Chapecoense, no último sábado na Arena Condá. Com esta atuação o atacante cresceu no conceito do treinador e deve começar como titular na partida contra o Athletico-PR, no próximo domingo (22) às 16h no estádio de São Januário.

Assim, o setor ofensivo vascaíno deve contar com Ribamar, Rossi e Talles Magno. Já Marrony deve ficar como opção no banco, ao lado Clayton, último jogador contratado para reforçar o elenco em 2019.
Em 19 jogos no primeiro turno do Brasileirão, o ataque vascaíno anotou 18 gols. Ribamar chegou ao Vasco em dezembro de 2018 e marcou apenas duas vezes ao longo da atual temporada com a camisa cruz-maltina. Porém, o jogador de 21 anos parece ter reencontrado o faro de artilheiro após ser reintegrado ao grupo graças ao auxiliar técnico Ramon.
Já na lateral-esquerda Danillo Barcelos parece ter ganhado a posição, no lugar de Henrique.

TRT-RN leiloa pousada em Ponta Negra, carros, casas e prédio comercial nesta quinta

Dentro da programação da Semana Nacional da Execução, o Tribunal Regional do Trabalho da 21ª Região (TRT-RN) vai realizar um leilão de bens penhorados para pagar dívidas trabalhistas, nesta quinta-feira (19), a partir das 10h, no Hotel Majestic, em Natal.
O leilão será presidido pela juíza Jólia Lucena da Rocha Melo.
Entre os bens penhorados se destacam casas, terrenos, apartamentos e pontos comerciais em Natal, Mossoró, Macaíba e Nísia Floresta, além de veículos de várias marcas e modelos.
Matéria completa aqui no Justiça Potiguar.

RN + Saudável terá ações de 16 secretarias e órgãos públicos

O Governo do Estado lançou nesta quarta-feira, 18, o programa RN + Saudável, que reúne ações executadas por 16 pastas do Governo, sendo nove secretarias e sete órgãos da administração indireta. O RN + Saudável une gestores, trabalhadores e a população em geral na busca por saúde, qualidade de vida, dignidade e segurança. A articulação é feita pela Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), por meio da coordenadoria de Programas Estratégicos e Regionais.
“Este programa se reveste da maior importância e tem também caráter pedagógico. O objetivo é executar estratégias de promoção da saúde que ampliem a qualidade de vida, deem dignidade e promovam justiça social”, afirmou a governadora Fátima Bezerra na solenidade realizada no ginásio de esportes da Escola Estadual Atheneu em Natal.
Fátima conclamou os estudantes e o conjunto da sociedade a se envolverem nas atividades que serão realizadas. “Queremos fazer um Rio Grande do Norte com mais dignidade e mais desenvolvido. Por isso é tão importante estarmos de mãos dadas e termos espírito público, sem ódio, sem discriminação, mas com tolerância e respeito”, disse à plateia de estudantes, professores, gestores públicos e prefeitos presentes ao ato.
Os projetos do RN + Saudável integrarão áreas como saúde, educação, saneamento, atividades físicas, numa grande articulação que envolve a administração estadual, as prefeituras municipais, instituições da sociedade civil e movimentos sociais e terá ações realizados em todas as regiões do Rio Grande do Norte. “O programa utilizará conexões intersetoriais, compartilhando novas ideias sustentáveis e ações sem promoção da cidadania para que a população possa ter melhor saúde e bem-estar”, reforçou a governadora.
Prefeito de Natal, Álvaro Dias, disse que o RN + Saudável terá total apoio da gestão pública da capital: “Programas como este vão contar com a adesão da prefeitura por que dão grande contribuição à população de Natal e do Rio Grande do Norte. São ações no campo da saúde e da educação em promoção da qualidade de vida”, afirmou o prefeito para reforçar: “Mais uma vez digo que acredito nos bons propósitos da atual gestão no Governo do Estado e reafirmo a disposição da prefeitura de Natal em se somar aos esforços para melhorar a qualidade de vida do povo do nosso Estado”.
A base do programa tem quatro eixos fundamentais: Cultura de Paz; Estilos de Vida Saudáveis; Ambientes Saudáveis; Equidade e Inclusão, baseado nas diretrizes da Política Nacional de Promoção da Saúde e Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU – Organização das Nações Unidas.
Entre as ações do programa estão a promoção da alimentação saudável e da segurança alimentar, com estímulo à produção e ao consumo de alimentos oriundos da agricultura familiar, reduzindo o uso de agrotóxicos; incentivo a estilo de vida ativo por meio de práticas corporais e atividades físicas; estímulo à inclusão de atividades de educação e promoção de saúde por meio da educação popular.
As ações ainda visam reduzir a taxa de mortalidade por acidentes de trânsito e outras formas de violência, incentivar o saneamento básico, a sustentabilidade e a prevenção de acidentes do trabalho.
INTEGRAÇÃO
O programa integra as Secretarias de Educação, Cultura, Esporte e Lazer (SEEC), Trabalho, Habitação e Assistência Social (Sethas), Segurança Pública e Defesa Social (Sesed), Agricultura, Pecuária e Pesca (Sape), Desenvolvimento Rural e Agricultura Familiar (Sedraf) e Mulheres, Juventude, Igualdade Racial e Direitos Humanos (SEMJIDH). Também estão envolvidos os órgãos Departamento Estadual de Trânsito (Detran/RN), Fundação José Augusto (FJA), Instituto de Gestão das Águas do Estado do Rio Grande do Norte – IGARN, Instituto de Defesa e Inspeção Agropecuária do RN – IDIARN, Instituto de Assistência Técnica e Extensão Rural do Rio Grande do Norte – EMATER, Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte S/A – EMPARN e Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente do Rio Grande do Norte – IDEMA, articulados pelo Gabinete Civil e Secretaria para Gestão de Projetos e Metas de Governo.
O ato de lançamento contou com a presença do vice-governador Antenor Roberto, dos secretários de Estado Cipriano Vasconcelos (Saúde), Alexandre Lima (Sedraf), Armeli Brennand (Semidhj), da coordenadora do RN + Saudável, Tereza Freire, do diretor-presidente do Idiarn, Mário Manso, vereadora em Natal, Divaneide Basílio, representante da deputada estadual Isolda Dantas, senador Jean Paul Prates, prefeito de Natal Álvaro Dias e prefeitos dos municípios de Cerro Corá, Caiçara do Norte, Pureza, Canguaretama, Água Nova, São Jose de Campestre, Tenente Laurentino, Lajes, Acari, Areia Branca, Pedra Grande, Riachuelo e Tibau.

Campanha educativa de trânsito impacta 94,1% da população do RN

As campanhas educativas de trânsito do Governo do Estado, por meio do DETRAN-RN (Departamento Estadual de Trânsito do Rio Grande do Norte), contam com aceitação da população potiguar. Em pesquisa realizada pelo Instituto Seta, entre os dias 13 a 15 de setembro , em 12 cidades, constatou que 89,5% das pessoas aprovam as campanhas de trânsito, com 4,6% que desaprovam, ou seja, 94,1% foram impactadas; apenas 5,9% não sabem ou não quiseram responder.
Foram 1300 entrevistados nas cidades de Natal, Parnamirim, Nízia Floresta, Mossoró, Assú, Areia Branca, Caicó, Currais Novos, Santa Cruz, São Paulo do Potengi, Pau dos Ferros e São Miguel. A margem de erro de 3%, intervalo de confiança é de 95%.
No perfil extraído, o modo pelo qual as pessoas mais se movimentam é de motoqueiros com 30,2%, seguido de 26,7% motoristas. Ao questionar sobre qual ação de propaganda do Detran deve fazer, para 44,4% dos entrevistados é a ‘Operação Lei Seca’, seguido do ‘Perigo do uso do telefone celular ao volante’, com 28,2%.
A linha de abordagem das campanhas também foi perguntada. A abordagem de forma impactante tem aprovação de 82,6%, contra 12,6% das pessoas que não concordam, com 4,8% que não sabem ou não quiseram responder.
Quando o assunto foram as realizações de eventos e jogos de futebol, se o Detran deve abranger campanhas em eventos que existam consumo de álcool, 86,9% das pessoas acham que sim, já para 9,8% não, seguido por 3,3% que não sabem ou não quiseram responder.
A pesquisa perguntou se as campanhas salvam vidas. Para 90,2%, sim, seguido de 4,4,%, não. Já se a redução de acidentes traz economia ao Estado, 81,1% garante que sim, contra 11,7%, não.
Temas recorrentes nos últimos meses foram indagados, tais como se a polícia deve desenvolver blitzem na sua cidade, e para 85%, sim, contra 9,7%, não. Para 85,8% das pessoas, a blitzem reduz acidentes e para 86% dos entrevistados, elas salvam vidas.
“Os números ratificam a importância das campanhas educativas de trânsito do Governo do Estado, criadas pela agência Executiva e coordenadas pelo Detran-RN, mostrando que o direcionamento, a abordagem da forma criativa e ousada vem agradando a população do Rio Grande do Norte”, disse a secretária de Comunicação do Estado, Maria da Guia Dantas.

Em queda, desemprego no Brasil alcança 11,8% da população, menor percentual para o período desde 2016, confirma Ipea

No trimestre encerrado em julho deste ano, o índice de desemprego no Brasil alcançou 11,8% da população economicamente ativa, segundo dados divulgados nesta quarta-feira(18) pelo Ipea.
Trata-se do menor percentual de desempregados para o período desde 2016.
Ao longo de 2019, a taxa já registrou um recuo de 0,9%.
No fim de agosto, o IBGE também registrou uma queda no desemprego pelo quarto mês consecutivo. A pesquisa mensal de emprego do IBGE foi uma das bases de dados utilizadas pelos pesquisadores do Ipea.
Com informações de O Antagonista e Ipea

“Moro e Dallagnol são chefes de quadrilha”, diz Lula em nova entrevista

Em entrevista concedida à Revista Fórum e ao site Operamundi, o ex-presidente Lula se referiu ao ministro Sergio Moro e ao procurador da Lava Jato Deltan Dallagnol como “chefes de quadrilha”.
“Moro e Dallagnol são chefes de quadrilha e terão que responder por isso”, disse Lula, durante conversa com jornalistas dos dois veículos na superintendência da Polícia Federal em Curitiba, na quarta-feira (18).
A entrevista completa do petista vai ao ar amanhã, em vídeo, nas redes sociais da revista Fórum.
Segundo o editor Renato Rovai, o ex-presidente abordou temas como o impeachment de Dilma Rouseff e a afirmação do também ex-presidente Michel Temer, no Roda Viva de segunda (16), de que o episódio teria sido um golpe.
UOL

Secretaria suspeita de queimada criminosa em Alter do Chão

Gilberto Costa
Incêndio em Alter do ChãoA Secretaria de Meio Ambiente (Sema) de Santarém, no Pará, tem suspeitas de que os incêndios ocorridos desde sábado (14) na Área de Proteção Ambiental (APA) de Alter do Chão foram provocadas por ação humana, com o propósito de liberar pedaços de terra para exploração turística às margens do Rio Tapajós, em um ponto afluente que os nativos chamam de Lago Verde.
“Queimada é crime”, afirmou Vânia Portela, secretária de Meio Ambiente, em áudio enviado pela Sema à Agência Brasil. “A população precisa entender o mal que está causando a si, ao meio ambiente. [Quem faz queimada irregular] tem pena de multa alta, responde administrativamente e criminalmente”, disse a secretária.
Conforme divulgado pelo Ministério Público (MP) do Estado do Pará, foram encontrados na terra incendiada “vestígios de fogueira” e latas queimadas. Ainda não há evidência de ação intencional (dolosa).
A Delegacia de Conflitos Agrários de Santarém está investigando as causas do incêndio. As promotorias de Justiça Ambiental e Agrária instauraram procedimento para acompanhar a apuração e as ações de prevenção e revitalização da área atingida.
O MP vai expedir recomendações reiterando a necessidade de atuação preventiva e também recomendando que “pessoas que venham a ser identificadas cometendo crime ambiental de queima ilegal de áreas florestais não tenham a regularização da área por não estarem cumprido a função socioambiental da terra”, conforme assinalou a promotora de Justiça Yone Nakamura.
A ocupação e o desenvolvimento de atividades econômicas e de subsistência na APA de Alter do Chão estão previstas em plano de uso aprovado há sete anos.
No total, 11,7 quilômetros quadrados (km²) da APA foram atingidos pelo fogo, uma área equivalente a 1.647 campos de futebol, ou 7,34% do tamanho de toda área de proteção ambiental. O Corpo de Bombeiros anunciou que o fogo já está controlado.
Os incêndios se estenderam dessa área até a proximidade da comunidade de Ponta de Pedras. Segundo informação do Ministério Público do Pará, no domingo (15) foram identificados 30 focos de incêndio. Após os primeiros focos de sábado (14), outros foram surgindo. O vento, a estiagem na região nesta época do ano e a facilidade de combustão da mata rasteira podem ter favorecido o alastramento.
Além de Alter do Chão, que fica no oeste do Pará, o governo estadual informa que o Corpo de Bombeiro combateu nesta semana focos de incêndio em Novo Progresso,na região sudoeste do estado, e também próximos a Marabá, a leste.

Janaina Paschoal: Temer “sempre foi aliado do PT”

Em entrevista ao Estadão, Janaina Paschoal foi perguntada a respeito da declaração de Michel Temer sobre o “golpe” durante o Roda Viva, na última segunda-feira.
Na ocasião, o ex-presidente afirmou: “Jamais apoiei ou fiz empenho pelo golpe” — os petistas fizeram um carnaval nas redes sociais. Ontem, como registramos, Temer disse à Rádio Gaúcha que “só foi golpe se a Constituição for golpista”.
“Olha, ele sempre foi aliado do PT. Os diálogos do Intercept mostram que, em meio ao processo de impeachment, ele estava em altas conversas com Lula, objetivando minar Moro e salvar Dilma. Para ele, pessoalmente, foi péssimo virar presidente. Os ‘negócios’ dele ganharam visibilidade. Só os petistas insistem em culpá-lo. Ele não teve nenhuma participação no impeachment. Havia um grande acordo entre os partidos, para manter seus esquemas. Talvez por isso ele fale em golpe”, disse Janaina.
A deputada estadual do PSL-SP, uma das autoras do pedido de impeachment que derrubou Dilma, também afirmou que parte da oposição, à época, não se entusiasmou com a ideia logo no início do processo.
“Foi a luta do povo. A pressão. O meu trabalho técnico, a pressão popular e alguns políticos mais jovens. Foi bem mais complexo do que tentam fazer crer. Os políticos tradicionais, inclusive FHC, não queriam. O impeachment abriu a caixa de pandora, que eles querem fechar.”
Perguntada se teria feito a coisa certa ao pedir o impeachment de Dilma, Janaina disse que “faria tudo de novo”. “Os crimes precisam ser punidos, não importa quem os cometa. Vamos limpando aos poucos. O que você queria? Que eu me conformasse?”, questionou.
O Antagonista

Governo deve anunciar ‘choque de emprego’ em outubro, diz Rogério Marinho

O governo pretende anunciar, em outubro, um pacote de iniciativas que resultarão num “choque de emprego”, segundo o secretário especial de Previdência e Trabalho, Rogério Marinho.
“Deveremos apresentar uma série de medidas no sentido de dar uma dinamizada no mercado de trabalho”, afirmou durante participação no IV Fórum Nacional do Comércio, em Brasília, sem entrar em detalhes.
O ponto principal do plano, segundo ele, é a desoneração da folha, um objetivo do governo duramente atingido com a desistência de se criar um tributo sobre transações. Na terça-feira, o Valor informou que a proposta saiu das discussões técnicas no Ministério da Economia.
Questionado se é possível encontrar outras formas de financiamento para compensar a desoneração, Marinho disse que é necessário ter “muita criatividade”.
Também estão previstas iniciativas nas áreas de qualificação, microcrédito e mediação para o mercado de trabalho.
Normas de saúde e segurança
O secretário afirmou que a revogação de Normas Regulamentadoras (NRs) que tratam de saúde e segurança no trabalho proporcionam uma economia estimada em R$ 15,5 bilhões ao ano para as empresas.
As NRs balizam a atuação de fiscais. Atualmente, há 35 normas em vigor. Elas permitem 6.970 diferentes tipos de multas, disse. “É motivo de perplexidade”, comentou.
Essas normas dão base a 40 tipos de multas aplicáveis a um banheiro de lanchonete, por exemplo, pois tratam de pontos que vão desde a temperatura da água até a posição da papeleira, citou. A nova versão tem apenas três exigências, disse.
Segundo o secretário, até o momento, sete NRs foram atacadas pelo atual governo. A revogação de uma delas, que determinava a elaboração de planos de segurança de trabalho, permitirá economia de R$ 2,5 bilhões ao ano, afirmou. “As empresas não sabem fazer esse plano e precisavam contratar técnicos”, disse.
Outra NR, de número 12, obrigava a adaptação de equipamentos importados. Marinho citou como exemplo fatiadoras de frios, que exigiam gastos adicionais de 30% a 40% para adaptação. Ele informou que a economia estimada é de R$ 60 bilhões em 10 anos.
Adaptações na NR 13, que trata de embargos e interdições, proporcionarão economia de R$ 7 bilhões ao ano, segundo ele.
Além da revogação e adaptação das NRs, a agenda do governo para mudanças nas regulamentações trabalhistas prevê a revisão de normas que tratam de insalubridade, trabalho a céu aberto, trabalho agrícola e cotas de trabalhadores, algumas delas em vigor há cerca de 70 anos, segundo o secretário.
Marinho esclareceu que não é intenção do governo reduzir as cotas. No entanto, segundo ele, muitas vezes, as vagas criadas para cumpri-las não são preenchidas. Por isso, uma das propostas é promover a requalificação dos trabalhadores para que possam ocupar essas vagas. E também formas alternativas para empresas cumprirem as cotas.
O secretário disse que estão em andamento quatro grupos temáticos de trabalho. Um trata da convergência entre as normas da Previdência e do trabalho. Outro analisa a consolidação da legislação. Um terceiro proporá medidas para adaptar normas, trabalhadores e empresas para o mercado de trabalho que haverá daqui a 15 anos. “A Amazon é só a ponta do iceberg”, disse. “Ou nos adaptamos, ou seremos tragados.”
A tendência, segundo ele, é que 60% dos empregos atuais sejam ceifados com o avanço da tecnologia. “Temos de ter coragem de enfrentar o problema e buscar uma solução”, disse.
Ele citou como exemplo a reforma trabalhista, que trouxe novas formas de emprego como o trabalho remoto, o intermitente e o por tempo indeterminado.
O quarto grupo trata da reforma sindical. Marinho voltou a dizer que a atual legislação para o tema foi inspirada no fascismo. “Estabeleceu uma relação espúria entre o Estado e o sindicalismo”, porque é o Estado que autoriza o funcionamento de um sindicato, argumentou. Essa proximidade teria gerado uma relação promíscua que há pouco tempo virou alvo de investigação da Polícia Federal, segundo ele.
Valor

Operação no Complexo do Alemão deixa quatro mortos e um PM ferido

Vladimir Platonow
Uma operação da Polícia Militar (PM) nesta quarta-feira (18), no Complexo do Alemão, deixou pelo menos quatro suspeitos mortos e um policial gravemente ferido. As informações foram divulgadas pelas assessorias da PM e da Secretaria Estadual de Saúde.
A operação começou no início da manhã e contou com o apoio de um helicóptero. Foram mobilizados efetivos do Comando de Operações Especiais (COE), das Unidades de Polícia Pacificadora (UPP), dos batalhões de Ações com Cães (BAC) e de Polícia de Choque (BPChq), do Grupamento Aeromóvel (GAM) e do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope).
“Houve confronto. Um agente ficou ferido e [foi] socorrido no Hospital Getúlio Vargas. Cinco homens também foram feridos e socorridos. Três criminosos com mandados de prisão em aberto por tráfico de drogas foram presos”, informou a PM, em nota.
Foram apreendidos um fuzil, quatro pistolas, 47 artefatos explosivos, 13 carregadores, munições e coletes táticos, além de 141 quilos de maconha, 177 trouxinhas de maconha, 860 pinos de cocaína, 4 quilos de cocaína e 68 pedras de crack.
O objetivo da operação era reprimir o tráfico de drogas e reposicionar as cabines blindadas da Polícia Militar instaladas na região.

Procon fiscaliza aumento irregular nos preços de combustível no DF

Kamilla Cerbino
O Instituto de Defesa do Consumidor do Distrito Federal (Procon-DF) está notificando postos de combustível da capital que aumentaram o preço do litro da gasolina e do diesel sem justificativa. Os postos notificados têm dez dias para prestar esclarecimentos ao Procon, com planilha de custo e notas fiscais, para justificar a alta, sob risco de sanção. Os postos que não explicarem o motivo do aumento poderão ser multados.
O diretor-geral do Procon, Marcelo de Souza Nascimento, disse que os recentes ataques a refinarias da Arábia Saudita não justificam a alta dos preços, uma vez que, embora o preço do barril de petróleo tenha aumentado, a Petrobras comunicou ontem que não há previsão para reajuste no valor dos produtos negociados pela estatal. “A Petrobras havia informado ontem que não ia fazer repasse imediato aos postos de combustíveis e aqui no Distrito Federal a gente observou que já houve majoração nos preços praticados”, disse.
De acordo com Nascimento, os postos do DF estavam praticando aumento desde a semana passada: “Da semana passada pra cá, alguns postos estavam praticando até R$ 4,24, a gasolina. Neste patamar de R$ 4,24, R$ 4,25 até R$ 4,29. Alguns postos chegaram a R$ 4,41, R$ 4,42 e hoje reduziram para R$ 4,39 e R$ 4,38."
O técnico em tecnologia da informação Flauneir Renier diz que, além do preço abusivo, há também a questão de cartelização dos postos, quando vários estabelecimentos praticam o mesmo valor, deixando o consumidor sem opção: “O preço está muito abusivo. Por mais que procure um preço mais barato não vamos encontrar, porque vários postos têm o mesmo valor e temos que nos sujeitar a esse valor”.