segunda-feira, 24 de setembro de 2018

Disputa pega fogo em São Miguel (RN)

A briga entre os deputados estaduais Galeno Torquato (PSD) e Raimundo Fernandes (PSDB) esquenta em São Miguel. Os discursos inflamados trocados entre eles dão o tom da campanha deste ano no município. Apesar de Galeno apoiar Robinson Faria (PSD) e Raimundo pedir votos para Carlos Eduardo (PDT), os candidatos ao governo viraram meros coadjuvantes nesta disputa municipal.

Tomba diz que Carlos está no segundo turno

O deputado estadual Tomba Farias (PSDB) recebeu neste domingo (23), na região do Trairi, o ex-prefeito de Natal e candidato ao governo do RN, Carlos Eduardo Alves (PDT), com quem realizou carreatas pelos municípios de Santa Cruz e Serra Caiada, importantes bases políticas do parlamentar estadual.
O senador e candidato à reeleição, Garibaldi Filho (MDB), e o senador José Agripino Maia (DEM), candidato a deputado federal, também participaram das movimentações políticas.
Em seu discurso, Carlos Eduardo disse ao eleitorado que está “dentro do segundo turno” e que tem a certeza de que será o futuro governador do Rio Grande do Norte.

Carlos Eduardo recebe carta de compromisso do Presidente da FEMURN




O candidato a governador pela coligação 100 %, RN, ex-prefeito de Natal, Carlos Eduardo (PDT) recebeu nesta segunda-feira (24/09), a carta de compromisso das mãos do Presidente da FEMURN e Prefeito de São Paulo do Potengi, José Leonardo Cassimiro de Araújo, ao lado da Prefeita de Riachuelo, Mara Cavalcanti, e o Prefeito de Ielmo Marinho, Cássio Júnior.
O documento aborda pontos importantes para as cidades potiguares no seu relacionamento com o futuro governo, como o compromisso dos repasses do ICMS; parceria com a Federação e Associações Regionais; e temas relacionados a saúde, segurança, economia e turismo das cidades.
“Temos que realizar parcerias do Governo do Estado com as prefeituras, sobretudo na interiorização das políticas públicas”, disse Carlos Eduardo.
Na segurança, o candidato falou que caberá ao Governo fazer bons projetos para captar recursos do Ministério da Segurança para o RN.
Carlos Eduardo volta a defender a criação da agência público privada, sem a criação de cargos, para que tenha como objetivo reter os investimentos no RN, dialogar com a classe empresarial mensalmente para que busquemos soluções e sanar pendências. Vamos realizar uma força tarefa e criar um processo de poupa tempo, para que se licencie os investimentos, vamos convocar os investidores para que possamos ter missões no Brasil e no mundo, para que possamos atrair as indústrias e os investimentos privados. É desta forma que vamos mudar esta triste realidade de 250 mil desempregados no RN.

Agenda do último final de semana do deputado Tomba pelo RN

Na tarde do útimo sábado o deputado #Tomba45123 visitou o município de Coronel Ezequiel/RN. O parlamentar foi recebido na cidade pelo líder político Taú.  

 Noite de reunião no município de Lagoa de Velhos/RN. Novamente a população potiguar recebe o deputado #BomdeTrabalho para falar sobre seu trabalho no Legislativo Potiguar. 

O #BomdeTrabalho também visitou neste final de semana, o município de Sítio Novo/RN. O parlamentar reuniu na frente da prefeitura municipal dezenas de pessoas que foram ouvir as palavras do deputado #Tomba45123.  

Tarde de carreata do deputado #Tomba45123 pelas ruas do município de Serra Caiada/RN. O #BomdeTrabalho esteve acompanhado da líder política Keka, do senador José Agripino Maia e o candidato a governador, Carlos Eduardo Alves. Serra Caiada também vota em Tomba. 

Em passagem pela região Trairi na noite deste domingo, o deputado #BomdeTrabalho também visitou o município de Tangará/RN. A Região Trairi vota #Tomba45123. #Tangará #RN #Trairi

 Noite do domingo de carreata pelas principais ruas de Santa Cruz. O deputado #TombaFarias recebeu no município o senador Garibaldi Alves Filho e o ex-prefeito de Natal, Carlos Eduardo Alves.

TOMBA É 45123




Como municipalista, o deputado estadual #Tomba45123 tem utilizado o seu mandato para melhorar a qualidade de vida da população na Região Trairi, um dos destaques é o crescimento econômico do município de Santa Cruz.

Campanha contra Bolsonaro ganha apoio de celebridades internacionais

A hashtag EleNão, que critica a candidatura presidencial do capitão reformado Jair Bolsonaro (PSL), ganhou o apoio de diversas celebridades brasileiras nas últimas semanas, incluindo nomes como Patrícia Pillar, Bruna Marquezine e Chay Suede.
Nos últimos dias, contudo, o movimento parece ter ganho uma dimensão mais internacional.
Isso porque algumas celebridades internacionais acabaram aderindo à campanha em suas redes sociais, sobretudo no ramo da música. A cantora Nicole Scherzinger, por exemplo, famosa pela sua participação no grupo Pussycat Dolls, tuitou: “Para todos meus fãs no Brasil: Estou mandando tanto amor. Levantem-se pela igualdade, respeito e amor. Não deixem de votar nas próximas eleições presidenciais e sejam ouvidos”.
O cantor Dan Reynolds, por sua vez, vocalista da banda Imagine Dragons, retuitou uma matéria crítica a Bolsonaro publicada no jornal New York Times, com a legenda: “Isso não representa o Brasil que conheço e amo”. A mesma matéria foi retuitada pela cantora e modelo inglesa Dua Lipa e pela cantora e compositora americana de hip-hop Kehlani. Ambas usaram a hashtag EleNão e Kehlani ainda escreveu: “Fique firme Brasil”.
O DJ americano Diplo e a drag queen e participante do reality show “RuPaul’s Drag Race” Shangela também publicaram a hashtag em suas redes sociais. Shangela ainda misturou inglês e português para escrever: “Para todos os meus fãs no Brasil… é importante estar envolvido e deixar sua voz ser ouvida. Não deixe de votar nas próximas eleições presidenciais e defenda a igualdade, o respeito e o amor. Eu amo todos vocês. Te Amo”.
Folhapress

Alckmin: ‘Não vou ser pau mandado de banqueiro, meu senhor é o povo’


O candidato do PSDB à presidência, Geraldo Alckmin, endureceu o discurso contra os bancos neste domingo ao prometer uma maior abertura desse mercado a instituições estrangeiras, como forma de aumentar a oferta de crédito para empreendedores.
“Eu não vou ser pau mandado de banqueiro. O meu senhor é o povo. Vou trabalhar para os mais pobres, fazer o país crescer e ser mais justo”, afirmou Alckmim na zona sul de São Paulo, onde participou de uma carreata.
O candidato tucano afirmou que pretende alterar as regras para a entrada de instituições financeiras no país. Hoje, de acordo com ele, há um decreto pelo qual bancos estrangeiros dependem de aval do presidente da República para ingressar no mercado local.
O candidato disse que pretende rever o papel do Banco Nacional de Desenvolvimento na concessão de crédito a pequenas e médias empresas. “O BNDES não vai ser para os campeões nacionais, para quem é milionário ficar bilionário. Vai ser para fomentar a economia, principalmente pelos médios e pequenos empreendedores”.
Veja

Manifestantes fazem ato pró-Bolsonaro em NY e chamam imprensa de ‘fake news’

Cerca de 30 apoiadores do presidenciável Jair Bolsonaro fizeram uma manifestação de apoio ao candidato à do PSL nas eleições 2018 na Times Square, em Nova York, neste domingo, 23. Os organizadores do encontro se recusaram a dar entrevista ao Estado e pediram aos demais manifestantes que não respondessem a perguntas da reportagem, que foi chamada de “fake news”.
Segundo uma das organizadoras, a imprensa distorce a verdade e por isso não há interesse em dar informações sobre a realização do ato. O grupo de brasileiros que se reuniu em Nova York vestia roupas verde e amarelo. Por volta das 14 horas eles se reuniram para uma foto, com faixas de apoio e imagem de Bolsonaro aos gritos de “mito”.
O brasileiro Ivan Andrade, de Recife, passeava pela Times Square quando parou para observar o grupo. “Quem mora fora do Brasil também quer que o Brasil melhore”, disse Andrade, que é apoiador de Bolsonaro.
Na saída da manifestação, um dos participantes aceitou falar com a reportagem. Jean Favarato mora em New Jersey há dois anos. Ele disse ter ido à manifestação para apoiar Bolsonaro após a facada que o deputado sofreu em ato de campanha, o que o manifestante considerou “um ato antidemocrático”. “Nossa democracia está em jogo. Se qualquer outro candidato que não ele vencer significa a esquerda e o comunismo”, afirmou Favarato. Ele e a esposa não irão votar nas eleições 2018 pois perderam o prazo para registro junto à justiça eleitoral para voto fora do território nacional.
Os manifestantes se organizaram pelo Facebook e grupos de WhatsApp.
Estadão Conteúdo

Quadrilhas políticas lideram ranking de grupos criminosos

A cada três dias a Polícia Federal (PF) abre dois inquéritos para investigar a atuação de organizações criminosas no País. A política, com 16,4% dos casos, lidera o ranking dessas quadrilhas, empatada com o tráfico de drogas (16,3%). São casos que só existem por causa da lei 12.850, criada há cinco anos, que tipificou esse tipo de delito no País, disciplinando as delações premiadas, as ações controladas, as infiltrações, escutas ambientais e outras medidas que se tornaram fundamentais para resultados de operações como a Lava Jato, que provocaram um terremoto político.
É com base nessa lei ainda que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) – condenado e preso na mesma operação –, o presidente Michel Temer (MDB) e o senador Ciro Nogueira (PP-PI) são alvo de investigações sobre supostas organizações criminosas que teriam sido montadas com a participação de integrantes de seus partidos para desviar recursos da Petrobrás – todos negam as acusações. “A lei foi fundamental. Ela garantiu os instrumentos e deu segurança jurídica para que a Polícia Federal e o Ministério Público Federal pudessem atuar”, disse o procurador da República Rodrigo De Grandis.
Para o cientista político e professor da USP José Álvaro Moisés, há poucas legislações na história da República que tiveram tanto impacto no País. Ele acrescenta três fatores para explicar o alcance da legislação. O primeiro é o fato de a Constituição de 1988 ter dado autonomia e força ao Ministério Público, à PF e à Justiça Federal. “Os mecanismos de controle foram fortalecidos.” Com isso, criou-se as condições para as revelações que mostraram o alcance da corrupção no País a uma população que, desde os anos 1980, acompanhava mais de perto o que acontecia na política.
Balanço da PF
O balanço dos inquéritos da PF abertos com base na legislação contra as organizações criminosas mostra que a corrupção e os demais crimes contra a administração pública levam menos acusados para a cadeia do que o crime organizado. Entre 2013 e 2017, 132 acusados (9,3% do total) foram presos em razão dos inquéritos, enquanto 541 (38,4%) foram parar no cárcere por causa das drogas – aqui não estão incluídos os casos de lavagem de dinheiro e de delitos financeiros, o que faria esse número crescer, pois juntos representam 9,2% dos casos.
Há ainda mais 9,3% do total de inquéritos que se dedicam a investigar a organização em si, enquanto os crimes praticados pelo grupo são alvo de outras apurações, como ocorre na Lava Jatos com as investigações contra o MDB, o PT e o PP. Dos 1.025 inquéritos abertos no período para investigar apenas essas organizações, 48% já foram concluídos. Destes, pouco mais da metade (54%) terminaram sem a identificação ou a prisão de quem quer que fosse.
“Uma das razões para isso é a complexidade dos casos. Se você pegar a maioria dos delegados no País, (cada um) tem em média 500 casos por mês para analisar. Nos Estados Unidos eles cuidam de até cinco casos”, disse o desembargador Roberto Porto, do Tribunal de Justiça de São Paulo. Para o procurador de Justiça Márcio Sérgio Christino, do Ministério Público Estadual, o número de inquéritos concluídos com indiciamento é bom. Isso porque nem sempre, quando uma investigação é aberta, se tem de antemão a certeza da ação de uma organização criminosa, como ocorre em relação ao crime organizado comum.
Pico de ínquéritos abertos acontece entre 2014 e 2016
O balanço dos cinco anos da lei mostra que tanto o número de prisões quanto o de indiciamentos nos inquéritos abertos tiveram pico entre os anos de 2014 a 2016, o que coincide com o auge da Lava Jato. Não é à toa que o Estado com maior número de inquéritos que registraram prisões foi o Paraná, com 39 casos, quase o dobro de São Paulo (20 casos).
O Paraná teve o maior número de inquéritos e de indiciamentos nessas investigações. Só fica atrás de São Paulo no número de indiciados. Há, nos dados da PF, uma queda de prisões e indiciamentos em 2017. Para a desembargadora Ivana David, do Tribunal de Justiça de São Paulo, há uma explicação para o fenômeno: os criminosos aprenderam a praticar crimes sem deixar rastros. “Usam WhatsApp em vez do telefone.”
Por fim, de 2013 a 2017, a PF realizou mais de 2,5 mil operações para deter integrantes desses grupos e apreender provas e bens ilícitos. Para o presidente da Associação dos Delegados da Polícia Federal (ADPF), Edvandir Paiva, esses resultados demonstram que o combate à corrupção virou prioridade. “Descobrimos como fazer a repressão a esse delito.”
ESTADÃO CONTEÚDO

Candidato preso? Agora só depois da eleição

Começou neste sábado o período que nenhum candidato pode ser preso sem ser em flagrante. Faltando 15 dias para a eleição, nenhum candidato pode ser detidos exceto o caso de flagrante delito. E mesmo assim deverão ser levados imediatamente na presença de um juiz, que irá avaliar a ilegalidade da detenção, se a relaxará e promoverá a responsabilidade do coator.
BR 18 / ESTADÃO

Entre as mulheres, 51% ainda estão sem candidato a presidente

A duas semanas do primeiro turno, o número de mulheres sem candidato a presidente é elevado: na pesquisa Datafolha da última quinta-feira, ao responder de forma espontânea à pergunta “em quem você vai votar?”, 51% delas afirmaram ainda não saber (38%) ou pretender votar nulo ou branco (13%), o que corresponde a 39,4 milhões de eleitoras. Na ponta do lápis, para cada homem sem candidato, há duas mulheres na mesma situação. A pedido do GLOBO, o Datafolha mapeou seu perfil socioeconômico. O resultado revela que 45,3% moram no Sudeste e 54% ganham até dois salários mínimos por mês.
Este grupo, que totaliza 27% de todo o eleitorado, pode definir quais candidatos irão para o segundo turno, o que vai exigir dos postulantes à Presidência esforço redobrado para conquistar sua confiança na reta final. Na avaliação de cientistas políticos, os dados detalhados da pesquisa refletem a frustração com os políticos e o pragmatismo do eleitorado feminino de baixa renda, que ainda não conseguiu identificar entre os candidatos uma resposta a seus anseios.
DECISÃO PERTO DO VOTO
Tradicionalmente, o eleitorado feminino costuma decidir seu voto mais perto do dia da votação, na comparação com os homens. A mesma pesquisa espontânea do Datafolha que apontou percentual de 51% das eleitoras indecisas ou que votarão branco ou nulo, revelou que, entre os homens, o índice era de 29% (20,2 milhões). Em junho, esse percentual era de 80% entre as eleitoras e 58% entre o público masculino.
É um dado que certamente será observado pelos candidatos e deve orientar discursos de quem busca os indecisos. Há uma enorme concentração nas mulheres de faixa de renda mais baixa, para as quais pesam questões práticas da vida, ainda mais num momento de crise econômica. O preço do gás de cozinha, a creche para os filhos, o endividamento pessoal… — analisa o cientista político Ricardo Ismael, da PUC-Rio.
Quanto menor a renda, é maior o número de mulheres que não indicaram um nome na pesquisa espontânea do Datafolha. Do total de mulheres indecisas ou que votarão branco ou nulo, 87% têm renda mensal de até cinco salários mínimos. São poucas as que ganham entre cinco e dez salários (4,6%) e menos ainda as que estão na maior faixa de renda, com ganho mensal superior a dez mínimos (1,6%).
Na radiografia por região, o Nordeste vem em segundo lugar (26,4%), acima da região Sul (14,2%), e das regiões menos populosas, Norte (7,6%) e Centro-Oeste (6,3%). Se observado o grau de urbanização das cidades onde as “sem voto” estão, a pesquisa indica que 60% estão no interior e 40% nas capitais e outros municípios de regiões metropolitanas. Um sinal, para o cientista político Fábio Wanderley Reis, professor emérito da UFMG, de que o discurso dos candidatos não chega às cidades pequenas e médias, onde ainda impera a desinformação.
O GLOBO

TJRN publica 10 editais de remoção para juízes de 1ª, 2ª e 3ª entrâncias

A Presidência do Tribunal de Justiça do RN publicou 10 editais para abertura de processos de remoção para juízes de 1ª, 2ª e 3ª entrâncias, pelos critérios de antiguidade e merecimento. Os juízes interessados em concorrer a promoção deverão formular pedido, por escrito, exclusivamente por meio do Sistema Eletrônico de Inscrições (SEI), no período de 4 a 10 de outubro.
Pelo critério de merecimento, para juízes de 3ª entrância, está disponível a 2ª Vara de Macau.
Pelo critério de merecimento, para juízes de 2ª entrância, estão disponíveis as Varas Únicas das comarcas de São Miguel e de Parelhas. Já pelo critério de antiguidade, está disponível a Vara Única de Patu.
Para os juízes de 1ª entrância, pelo critério de antiguidade, estão disponíveis as Varas Únicas das comarcas de Baraúna, Portalegre e Ipanguaçu.
Já pelo critério de merecimento, para os juízes de 1ª entrância, estão disponíveis as Varas Únicas das comarcas de Upanema, São Bento do Norte e Campo Grande.
Saiba mais
A remoção é uma forma de movimentação dentro da carreira da magistratura, ao lado da promoção. Pode se dar pelos critérios de antiguidade ou merecimento. A doutrina denomina o processo de promoção como sendo a transferência no plano vertical da carreira (por exemplo, um juiz de 1ª entrância, que assume a titularidade de uma unidade de 2ª entrância, ascendendo na carreira). Já a remoção seria a transferência no plano horizontal (uma mudança de titularidade de unidades de mesma entrância, por exemplo).
A entrância seria a classificação das comarcas de acordo com o seu porte. Assim, as comarcas de primeira entrância seriam as de menor porte, enquanto as de segunda e terceira seriam as de maior porte. Não há, no entanto, hierarquia entre as entrâncias, ou seja, uma entrância não está subordinada a outra.
TJRN

Caixa começa a cobrar a partir desta segunda juros menores para financiamento imobiliário

Começam a valer nesta segunda-feira (24) as novas taxas de juros de financiamento imobiliário da Caixa Econômica Federal.
No último dia 14, o banco informou que reduziu em 0,75 ponto percentual as taxas de juros do crédito para compra de imóveis enquadrados no Sistema de Financiamento Imobiliário (SFI).
A redução vale para imóvel de até R$ 1,5 milhão. As taxas mínimas do SFI passam de 9,5% ao ano para 8,75% ao ano. E a taxa máxima cai de 11% para 10,25% ao ano.
A Caixa também informou também que, a partir de novembro, oferecerá um novo serviço de avaliações de imóveis, disponibilizando laudo diretamente para pessoas físicas e jurídicas.
Segundo o banco, o Caixa Avalia é uma plataforma que vai permitir a venda de avaliações pelo site com contratação 100% digital.
Reduções de juros
Em abril, a Caixa reduziu em até 1,25 ponto percentual as taxas de juros do crédito imobiliário para operações com recursos do Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE).
O limite de cota de financiamento do imóvel usado subiu de 50% para 70%. A Caixa também retomou o financiamento de operações de interveniente quitante (imóveis com produção financiada por outros bancos) com cota de até 70%.
Em julho, o banco reduziu em média de 1 a 2 pontos percentuais ao ano as taxas do crédito imobiliário para pessoa jurídica.
Em agosto, promoveu uma redução de até 0,5 ponto percentual das taxas de juros do crédito imobiliário para operações com recursos do SBPE.
O limite de cota de financiamento de imóveis usados para pessoa física subiu de 70% para 80%.
A Caixa tem R$ 85 bilhões disponíveis para o crédito habitacional este ano. No primeiro semestre, foram contratados mais de R$ 40 bilhões.
O banco tem cerca de 70% das operações para aquisição da casa própria.
Operado com recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), o SFH financia imóveis de até R$ 800 mil em todo o país, exceto para Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais e Distrito Federal, onde o teto corresponde a R$ 950 mil.
Os imóveis residenciais acima dos limites do SFH são enquadrados no SFI, que financia imóveis com recursos de poupança.
Agência Brasil

BlogdoBG divulga pesquisa Seta nesta segunda às 18h

O BlogdoBG divulga nesta segunda às 18h mais uma rodada de pesquisa do instituto Seta para a eleição deste ano no Rio Grande do Norte.
O levantamento traz as intenções de voto para governador e senado em pesquisa que considerou todas as áreas do Estado.
Será o quarto levantamento que o blog divulga do instituto Seta. A margem do erro da pesquisa é de 3% para mais ou para menos e o intervalo de confiança é de 95%.

Pai e filho morrem em acidente de trânsito na BR-304

Um trágico acidente na BR-304, nas proximidades da cidade de Santa Maria, distante 65 km de Natal, resultou na morte de pai e filho, que estavam em uma motocicleta, na manhã desta segunda-feira (24).
Segundo a Polícia Rodoviária Federal, as vítimas se envolveram em uma colisão com um Logan na altura do Km 278. O pai tinha 42 anos e o filho, 23, teriam saído de Itajá com destino a capital potiguar.
BG

“Derretimento de Ciro Gomes” em pesquisa e tão falado “voto útil” podem eleger Bolsonaro no 1º turno

O derretimento de Ciro Gomes na pesquisa FSB/BTG mostra que o presidente pode ser eleito no primeiro turno.
Só sobraram Jair Bolsonaro e Fernando Haddad, com mais de 60% dos votos válidos.
Agora depende dos 16% de eleitores de Geraldo Alckmin, João Amoêdo, Henrique Meirelles e Alvaro Dias,  no cenário tão falado nos últimos dias: “o voto útil”.
Com informações de O antagonista

Entenda como funciona o empréstimo por penhora de joias na Caixa Econômica Federal

A Caixa Economia Federal é a única instituição do país que realiza empréstimos a partir da penhora de joias e anuncia a redução de juros de 2,10% para 1,99% na modalidade tradicional até o dia 30 de setembro. Com o desemprego e a crise financeira, o penhor tem se tornado atrativo para muitos brasileiros.
Esse tipo de empréstimo existe há 50 anos e tem crescido no Brasil, muito em função da crise, mas também como alternativa a um empréstimo mais barato. De acordo com a Caixa, entre janeiro e março foram 2,2 milhões de contratos. Em termos de valores, a modalidade movimentou R$ 3,47 bilhões em todo o Brasil.
Clayton Rosa, superintendente regional da Caixa, diz que essa é uma modalidade atrativa por ter uma taxa de juros baixa se comparada a outros tipos de empréstimo financeiro como o cartão de credito que beira os 300% ao ano e pela facilidade. “Basta levar a joia, CPF, RG e um comprovantes de endereço”, explica. “A pessoa até pode ter restrição no nome, isso não é levado em conta. A joia é avaliada e a pessoa sai com o dinheiro no mesmo dia”. O valor do empréstimo chega a 80% do valor de garantia.
A Caixa entende joia como qualquer objeto que tenha ouro, o que vai além de colares e brincos, por exemplo. “Canetas, relógios, pratarias, ouro em barra, diamante valem”. Outra característica desse tipo de empréstimo: não é necessário comprovar que a peça é da pessoa que pedirá o empréstimo. “Pode ser um objeto da mãe ou de família”.
Todas as joias ou peças são avaliadas pelo valor do grama do ouro e a pessoa sai com o dinheiro na hora. “Temos duas modalidades para esse tipo de empréstimo a tradicional, que pode ser renovada mensalmente e é a mais comum” — explica Rosa — “e a parcelada, que pode ser renovada em 60 meses, mas a pessoa não se beneficia com a flutuação do valor do grama do ouro”.
“Muitas pessoas ficam inseguras ao deixar uma joia no banco, mas não é necessário ter receio porque a peça fica guardada em um cofre de alta segurança”, diz Rosa. “E a joia só vai para leilão se não houver o pagamento do empréstimo após os 30 dias”.
R7

sábado, 22 de setembro de 2018

Deputado Tomba mostra mais uma vez sua força colocando milhares de pessoas em passeata nas ruas de Santa Cruz

Na noite de ontem (21), o povo foi as ruas de Santa Cruz mais uma vez dizer sim ao deputado que mudou a história de nossa cidade. Em mais uma passeata, o povo caminhou com a certeza na mente que não que mudança, quer, a continuação do desenvolvimento, dizendo sim a reeleição do deputado Tomba 45123. Com concentração no pátio da matriz, a passeata percorreu varias ruas do centro, 3a1, conjunto Cônego Monte, e tendo seu encerramento na vila de todos. Lá, ouvimos as palavras da prefeita Fernanda, e do deputado Tomba, que agradeceram a todos os presentes, e se disseram felizes com mais uma prova que estão fazendo a coisas certa em nossa cidade. Essa é sem duvida a prova que o blá blá blá da oposição não passa apenas de blá blá blá........  TOMBA É 45123 VIU!!!!!!!!!!!!!!! 

Tomba Farias reforça campanha em Currais Novos; Carlson Gomes acredita em “votação consagradora”

carlsontomba
Na reta final da campanha, o deputado estadual Tomba Farias (PSDB) vem reforçando a sua presença em Currais Novos, município onde morou nos anos 80 e mantém até hoje fortes laços de amizade.
na última quarta-feira, o parlamentar caminhou pelas ruas da cidade, ao lado do secretário de Habitação de Natal, Carlson Gomes, que é filho do saudoso ex-prefeito Geraldo Gomes e líder politico no município.
Nesta quinta-feira, dia 20, Tomba faz um novo corpo-a-corpo com o eleitorado residente no bairro Paizinho Maria.
Carlson Gomes, que na última eleição para prefeito de Currais Novos foi o segundo candidato mais votado, obtendo 9.628 votos, acredita que o parlamentar terá no município o que chamou de 'votação consagradora'. "Estamos trabalhando para fazer de Tomba o deputado mais votado de Currais Novos, pois ele é como se fosse um filho da terra", revela.
Segundo ele, o contato direto com o eleitorado fortalece cada vez mais a candidatura de Tomba Farias. Para Gomes, ao longo do seu mandato, o parlamentar tem beneficiado Currais Novos com ações em áreas como recursos hídricos, serviços urbanos, saúde e economia.

Projeto de educação de Trânsito na Escola desenvolve ações em Santa Cruz dentro da Semana Nacional de Trânsito



FOTO-SEDEPREFEITURA-SITEO projeto Educação de Trânsito na Escola, desenvolvido em Santa Cruz numa parceria entre a Prefeitura do município e a Companhia de Trânsito Estadual, realizou nesta quinta-feira uma ação com estudantes dentro da programação da Semana Nacional do Trânsito.
Alunos das escolas municipais Rita Nely e Palmira Barbosa, que são as instituições que participam desta etapa da formação, estiveram na Praça Coronel Ezequiel Mergelino de Souza em uma aula prática de como deve ser o comportamento do pedestre no trânsito.
Esta é a segunda etapa de escolas participantes da formação. Até o final do ano, seis instituições de ensino serão formadas no projeto e os alunos recebem noções de educação no trânsito e se tornam multiplicadores da informação.
A formação em sido bem aceita na rede municipal de ensino, garantindo que os alunos, do 4º e 5º ano do ensino fundamental, se tornem mais responsáveis no trânsito e ajudem seus pais e amigos e respeitar a legislação vigente.

Deputado Tomba e prefeito Jodoval levam multidão às ruas de Japi



tomba_jodovalmultidao6O deputado estadual Tomba Farias participa nesta noite de sexta-feira de grande movimentação política em Japi promovida pelo prefeito Jodoval Pontes.
Uma verdadeira multidão saiu às ruas para declarar apoio aos candidatos apoiados pelo prefeito, em especial o legislador estadual. No comício em praça pública, Tomba Farias agradeceu a Jodoval pelo apoio e destacou que continuará lutando por Japi em seu próximo mandato.
O prefeito de Japi agradeceu a parceria com Tomba Farias e pediu para que a população da cidade reconheça o trabalho do deputado estadual por Japi, garantindo emendas e apoio político para os pleitos do município.

sexta-feira, 21 de setembro de 2018

Segurança de supermercado é morto a tiros em Parnamirim após perseguição

A Polícia Civil investiga o assassinato de um segurança de um supermercado em Parnamirim na noite dessa quinta-feira(20), vítima de disparos de arma de fogo após ser perseguido por ruas durante tentativa de fuga em sua motocicleta. O trabalhador foi morto na avenida Paulo Afonso, no bairro Santos Reis.
Segundo testemunhas, antes de ser morto, o segurança, de 26 anos, ainda abandonou a motocicleta e tentou escapar dos assassinos. Não conseguiu, tombando metros.
A polícia apura se a vítima estava armada, pois os criminosos podem ter levado a arma de fogo que o segurança usava no trabalho. A polícia ainda destaca que há câmeras de segurança próximas ao local do crime que podem ajudar nas investigações.

BG

MP recomenda anulação de edital de remoção da UERN

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) recomendou à Fundação Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (Fuern) que anule um edital de remoção e portarias removendo dois servidores, por violarem direitos constitucionais. A recomendação, formulada pela 11ª Promotoria de Justiça de Mossoró, deve ser atendida no prazo de 20 dias.
O problema verificado no edital é que houve restrição de vagas em favor dos servidores lotados apenas no Campus de Mossoró, sem qualquer respaldo jurídico. Dois servidores, inclusive, já tiveram expedidas e assinadas as portarias de remoção.
Impedindo que os servidores dos demais campus pudessem concorrer à remoção, a Fuern está violando o princípio da isonomia, além do princípio da eficiência por restringirem a seleção do melhor candidato para as vagas no Campus de Natal.
O direcionamento do edital decorreu da concentração de 75% do número total de técnicos da universidade em Mossoró. Para o MPRN, esse fato não justifica o tratamento desigual conferido aos demais servidores públicos, inclusive porque há possibilidade de abertura de edital único de modo que as remoções se realizem no Estado todo, sem prejuízo do interesse público e da continuidade do serviço.
Além de Mossoró, a Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN) possui outros cinco Campus Avançados (Assu, Caicó, Natal, Patu e Pau dos Ferros) e 11 Núcleos de Ensino Superior (Alexandria, Apodi, Areia Branca, Caraúbas, João Câmara, Macau, Nova Cruz, Santa Cruz, Touros, Umarizal e São Miguel).
Tramita na 11ª Promotoria de Justiça de Mossoró um inquérito Civil instaurado para investigar a restrição da remoção dos servidores públicos efetivos da UERN em favor daqueles lotados no Campus de Mossoró.
A desobediência ao que foi recomendado pode sujeitar o MPRN a adotar medidas legais até mesmo por ajuizamento de ação civil pública de responsabilização pela prática do ato de improbidade administrativa em face dos gestores responsáveis pelos atos mencionados.

BG

Grave acidente na BR-110, na região Oeste do RN, deixa três mortos e um ferido Acesse a Postagem Original: http://www.blogdobg.com.br/#ixzz5Rk24g7b7

Um grave acidente na noite dessa quinta-feira(20), por volta das 18h, na BR-110 entre Mossoró e Upanema, na região Oeste potiguar, resultou na morte de três pessoas e ainda um ferido.
De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, um dos veículos trafegava no sentido Mossoró e o outro na direção oposta. Na ocasião, o veículo que seguia para Upanema invadiu a contramão ocasionando a colisão frontal. Os ocupantes dos veículos não resistiram aos ferimentos durante a tentativa de socorro médico. Já o motorista do veículo atingido, foi levado para o Hospital Regional Tarcísio Maia em Mossoró, e não se tem informação do seu quadro.
BG

É HOJE: A PASSEATA DA VERDADE E DA VITÓRIA

Nesta sexta-feira, o deputado Bom de Trabalho fará sua quarta passeata. A concentração será no largo da Igreja Matriz, no Centro, às 19h30.  Tomba é 45123.