sábado, 24 de setembro de 2016

Campeão brasileiro em 2001, Geninho ressurge para o futebol na Série C

Geninho pode ser o primeiro treinador a vencer as Séries A, B e C do Campeonato Brasileiro (Divulgação/ABC FC)São 68 anos, com quase 50 deles dedicados ao futebol. Geninho já tem quase tudo o que qualquer profissional sonhou em conquistar no esporte. Uma carreira de sucesso como goleiro, um início promissor como treinador, títulos, acessos e passagens por muitos dos principais clubes do país, mas ele quer mais. Em sua primeira oportunidade na Série C, o técnico está a dois jogos de subir o ABC e, se levar o título, será o primeiro a obter o feito nas três principais divisões do Brasil.
Classificado em segundo lugar no Grupo A, o time de Natal fará as quartas de final contra o Botafogo-SP e, se avançar de fase, já garante o acesso para a Série B. A partida de ida será no dia 30 de setembro, em Ribeirão Preto.
Geninho quer mais. O comandante garante que segue estudando, se aprimorando, mesmo mantendo a sua filosofia de jogo. Quando está desempregado, o treinador usa o tempo ocioso para fazer viagens à Europa e analisar partidas.
Vencedor do Brasileirão com o Atlético-PR em 2001, do Módulo Amarelo (Série B da época) da Copa João Havelange com o Paraná, o técnico quer levantar o troféu também no seu primeiro trabalho na Série C. Em entrevista ao FOXSports.com.br, o comandante falou dos desafios, das metas e garantiu estar feliz no ABC, mesmo com o sonho de voltar a treinar um time da elite: “Meus trabalhos falam por mim e acho que estou no mesmo nível de treinadores que estão aí”.
Ex-técnico de Santos, Corinthians, Vasco, entre outros, Geninho é o segundo campeão brasileiro a aceitar um trabalho na Série C e lutar pelo título. Antes, apenas Carlos Alberto Parreira agarrou o desafio e conquistou o troféu com o Fluminense, mesma equipe em que já tinha obtido o feito na elite.
Veja entrevista completa concedida a FOX AQUI

Passeatas de Dra. Fernanda impressionam e dão o tom desta campanha

A campanha eleitoral está chegando à reta final e este pleito em Santa Cruz ficará marcado pelas grandes passeatadas realizadas pela candidata Dra. Fernanda Costa (PMDB) e seus aliados. 

 Foram cinco passeatas realizadas durante a campanha, antes do encerramento, que acontecerá quinta-feira, com mais uma caminhada pelas ruas de Santa Cruz.  

A seguir, um resumo das passeatas promovidas pela campanha de Dra. Fernanda Costa e que marcaram a história política de Santa Cruz: 

 PASSETADA DO 15
A primeira passeata promovida pela campanha de Dra. Fernanda e Ivanildinho aconteceu na sexta-feira, dia 27 de agosto e reuniu milhares de pessoas pelas ruas da cidade, caminhando somente em ruas asfaltadas, saindo do Paraíso para a rua Coronel Ivo Furtado, no Centro da cidade. 

 PASSEATA DAS CRIANÇAS
Em um dos atos políticos mais emocionantes desta campanha, milhares de famílias saíram as ruas de Santa Cruz no domingo, dia 4 de setembro, demonstrando carinho por Dra. Fernanda, Ivanildinho e Tomba na Passeata das Crianças, que já se tornou uma tradição das campanhas de Dra. Fernanda e Tomba e leva alegria e emoção as ruas da capital do Trairi.

  PASSEATA DO DESENVOLVIMENTO
As ruas do bairro Maracujá se encheram de eleitores e correligionários de Dra. Fernanda e Ivanildinho no dia 9 de setembro, na Passeata do Desenvolvimento, que foi encerrada na Pracinha do bairro, com um público que impressionou a todos.

  PASSEATA DAS MULHERES
Foi o ápice desta campanha. Segundo estimativas da Polícia Militar, 15 mil pessoas foram as ruas de Santa Cruz no dia do aniversário da prefeita-candidata, 16 de setembro. 

Contando com a presença de Rafael Motta, José Agripino e Henrique Alves, quem deu o tom foi a multidão que saiu do bairro Paraíso até o pátio da Matriz de Santa Rita de Cássia. 

A passeata emocionou a todos e fez as rodas de conversa da cidade só falarem sobre um dos maiores atos políticos da história de Santa Cruz.

  PASSEATA DO TRABALHO
Realizada pelas ruas do Conjunto Cônego Monte, a passeata reuniu mais uma multidão que foram confirmar apoio à reeleição de Dra. Fernanda, além de apoiar cada um dos seus candidatos a vereador. 

Durante a passeata, por onde a prefeita passou, eleitores saudaram e confirmaram que estão apoiando seu projeto político.

Dia das Crianças é na pedra cell seu filho vai adorar!


‘The New York Times’ declara apoio a Hillary em eleição nos EUA


hillaryO jornal “New York Times” declarou neste sábado (24) apoio à democrata Hillary Clinton na eleição presidencial dos Estados Unidos, afirmou a agência de notícias Reuters. A informação é do G1. Segundo o periódico, ela é mais qualificada do que o rival republicano Donald Trump para lidar com os desafios enfrentados pelo país.
“O compromisso de uma vida inteira para resolver problemas no mundo real qualifica Hillary Clinton para este trabalho, e o país deve colocá-la para trabalhar”, afirmou o “Times” sobre a ex-secretária de Estado e senadora por Nova York.
Segundo a agência France Presse, o jornal também fez críticas a Trump, que, para o “New York Times”, é o “pior candidato de um grande partido na história moderna americana”. O jornal expressa seu apoio dois dias antes do primeiro debate presidencial, ponto alto da campanha, a seis semanas da eleição. Os dois candidatos se encontrarão na noite desta segunda-feira (26).

Gastos com auxílio-doença crescem R$ 4,2 bilhões em 2016

carteira dinheiroO auxílio-doença, pago pelo Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS) ao trabalhador com alguma enfermidade ou que sofreu algum tipo de acidente, está na mira do ajuste que o governo pretende realizar para diminuir o déficit público. Até o momento, no entanto, as notícias são negativas. Neste ano, as despesas com o benefício subiram R$ 4,2 bilhões.
De acordo com levantamento produzido pelo Contas Abertas, entre janeiro e agosto deste exercício foram gastos R$ 22,3 bilhões com auxílio-doença. No mesmo período do ano passado, os valores atingiram R$ 18,1 bilhões. O crescimento percentual de um ano para o outro é de 23%.
Os dados do Contas Abertas mostram que a maior parcela dos recursos são destinados ao pagamento de auxílio-doença na área urbana: R$ 20,5 bilhões em 2016. O restante é para beneficiários da área rural. Os valores atingiram R$ 1,8 bilhão neste exercício. Os dois tipos de benefícios cresceram de 2015 para este ano.

Corrupção começou com a chegada dos portugueses, diz procurador


deltanPara o procurador da Operação Lava Jato, Deltan Dallagnol,quem veio de Portugal para o Brasil foram degredados e criminosos; quem foi para os Estados Unidos foram pessoas religiosas, cristãs, que buscavam realizar seus sonhos. Para ele, era um outro perfil de colono, daí a vocação do brasileiro para a corrupção e os malfeitos
“O coordenador da Lava Jato tem uma interpretação culturalista da história. Acha que foi a colonização portuguesa quem legou a corrupção à terra natal. Quem veio de Portugal para o Brasil foram degredados, criminosos. Quem foi para os Estados Unidos foram pessoas religiosas, cristãs, que buscavam realizar seus sonhos, era um outro perfil de colono“.
O trecho acima citado é do artigo “O Maluco Solitário e o Ministério Público”, de Maria Cristina Fernandes, onde ela traça um interessante perfil do procurador Deltan Martinazzo Dallagnol na sexta-feira, 23, no Valor Econômico. A jornalista faz um balanço das palestras que o integrante da Força Tarefa da Lava Jato tem feito pelo Brasil em defesa das 10 medidas anticorrupção propostas pelo MPF ao Congresso.
A jornalista ironiza Dallagnol: “O espírito cristão dos colonizadores americanos não os impediu de dizimar a população nativa, colecionar genocídios em sua política externa e conviver com o pesadelo de uma Casa Branca ocupada por Donald Trump. Mas o ex-estudante de Harvard só trouxe admiração pelas instituições americanas. O mesmo fascínio alimenta em muitos de seus compatriotas a ilusão de que o Brasil seria uma grande Amsterdã se os holandeses não tivessem sido expulsos. Não cogitam o Brasil como uma versão ampliada da África do Sul”.

Dia de finados Marmoraria Granforth


 2 DE  NOVEMBRO: Feriado de dia de finados.

A marmoraria Granfoth tem tudo que você precisa pra homenageia seu ente querido.
Passe agora mesmo na nossa loja, lá você também vai encontra cruzes em marmore, casinha para acender velas em muito mais.
Dia de finados Marmoraria Granforth.

Em 2 de novembro, muitas pessoas comemoram o Dia de Finados, data criada para homenagear os entes queridos que já faleceram.
No início da história da Igreja, os cristãos rejeitavam totalmente a ideia de relacionamento com mortos. Nessa época, os mesmos pensavam que as almas simplesmente ficariam adormecidas, até o momento do julgamento final. Contudo, após a difusão do cristianismo, a religião acabou anexando certos aspectos de outras culturas. Acredita-se que a tradição do Dia de Finados tenha surgido a partir dos celtas, povos que acreditavam na vida após a morte e separavam uma data anual para homenagear e evocar os mortos.
Assim, da mesma forma que faziam certas sociedades da antiguidade, os cristãos passaram a rezar pelas almas dos falecidos, acreditando que estes necessitariam de orações, já estavam passando pelo processo de purificação conhecido como Purgatório. A partir do século V, a Igreja destinou uma data específica para isso, embora tais preces não fossem uma prática muito corriqueira.
De fato, pode-se dizer que o grande responsável pela popularização do costume de orar pelos entes que já se foram foi o monge beneditino Odilo de Cluny, o qual determinou no ano de 998 que todos os membros de sua abadia deveriam realizar preces por essas pessoas. Nascida na França, a tradição acabou se propagando por toda a Europa, até que o Dia de Finados foi oficializado durante o século XI, por meio dos papas Silvestre II, João XVIII e Leão IX. Já a data, dia 2 de novembro, foi estabelecida mais tarde, no século XIII.
Curiosidade: No Brasil, o Dia de Finados é uma data triste, afinal, as pessoas lembram de seus entes e sentem saudades. Já no México, é tudo diferente! Os mexicanos realizam festas com muitos banquetes, pois acreditam que nesse dia as almas de seus entes voltariam para fazer uma visita a seus familiares e amigos.


Nino,s Bar



Escândalos de corrupção despertam desinteresse em eleitores, dizem especialistas


Em eleições municipais o debate eleitoral gira em torno, normalmente, dos problemas do dia a dia dos cidadãos, como a falta de asfalto das ruas, a infraestrutura dos bairros e das cidades. Este ano, contudo, os temas locais têm disputado espaço com a repercussão das investigações da Operação Lava Jato, o impeachment da presidente Dilma Rousseff, a cassação do deputado Eduardo Cunha, ex-presidente da Câmara dos Deputados, e a denúncia do Ministério Público Federal contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. As informações são da Agência Brasil.
O resultado disso, na avaliação de especialistas ouvidos pela reportagem, é o aumento da desconfiança do eleitor em relação aos partidos políticos e na política como um todo. Neste cenário, estudiosos do processo eleitoral preveem um alto índice de abstenção, crescimento do voto nulo e o fortalecimento dos candidatos “antipartidários”.
“Há um descrédito total das pessoas nos partidos político. Pela experiência que eu tenho, dificilmente alguém, tirando os militantes mais identificados, vai votar pela escolha partidária. A população em geral está desacreditada dos partidos políticos. A tendência vai ser a opção pelo voto carismático, na pessoa, que é o voto efetivamente pessoal”, avalia o professor de direito eleitoral da FGV (Fundação Getúlio Vargas) Marcos Ramayana.
De acordo com a professora da UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais), cientista política e especialista em comportamento eleitoral, Helcimara Telles, pesquisas recentes mostram que, a pouco mais de uma semana das eleições, a maioria do eleitores, especialmente nos grandes centros, ainda não definiu seus candidatos. Comportamento diferente do verificado em eleições passadas.
“Em Belo Horizonte, por exemplo, a gente tem por volta de 50% dos eleitores que não sabem em quem votar ou não querem votar porque ainda não escolheram. O que explica esse cenário de indecisão: primeiramente, há uma questão clássica no Brasil, que é uma baixa estruturação programática dos partidos. Ao mesmo tempo, temos uma coisa que é bastante conjuntural que são os escândalos midiáticos de corrupção e a disseminação bastante negativa do que é a política e a quase criminalização da política que recentemente tem sido oferecida ao público, sobretudo, pela Operação Lava Jato”, disse Helcimara Telles.
Para ela, a “espetacularização” e a “criminalização” da política tem aberto caminho para candidatos “outsiders”, aqueles com estilo e discursos antipartidários, que participam das eleições sem o apoio de grandes partidos nacionais e têm como lema que não são políticos.
“Há um cenário de altíssimo desinteresse na política e as pessoas, no chavão, não querem políticos [nos postos políticos]. Querem políticos que dizem que não são políticos. Do meu ponto de vista, tem a ver com a percepção alterada, reenquadrada e sobrerepresentada de que hoje o principal problema do Brasil seria a corrupção”, avalia Helcimara.
Já para a cientista política e professora da UFScar (Universidade Federal de São Carlos) Maria do Socorro Sousa Braga, os escândalos envolvendo políticos têm impactado diretamente na forma como a população avalia a classe política.
“Isso é ruim. Temos uma campanha muito mais personalizada por conta dos problemas por trás dos partidos. Vamos chegar ao ápice da personalização. Com isso não se discute a grande política, grandes projetos, alternativas de políticas públicas que viriam com a orientação partidária. Quando se individualiza, não se trabalha a conjuntura”, disse Maria do Socorro.
Para Helcimara, inconscientemente, o eleitor descrente, revoltado, que pratica o “voto de protesto”, acaba trocando projetos de longo prazo por outros de curto prazo. Ela ressalta que o enfraquecimento das siglas enfraquece também a própria democracia. Além dos próprios partidos, Helcimara Telles atribui o atual momento de descrença dos eleitores na política à forma como a Justiça e o Ministério Público têm atuado nos escândalos de corrupção.
“O modo como a Lava Jato, especialmente, se apresenta, como o setor virtuoso, como se ela fosse patrimônio nacional. Não as investigações, nem as operações, mas o modo como ela se apresenta, se colocando no lugar da política e disputando capital político, como se a política fosse o reino exclusivo da corrupção, tirando da política qualquer virtuosismo e levando o eleitorado a descrer cada vez mais da política”, avalia
“O efeito disso, no geral, pode ser também negativo na medida em que se criminaliza e se descrimina os partidos enquanto atores relevantes para a democracia. Isso pode gerar, como gerou em outros países como Portugal, Itália, Grécia, Espanha, nos anos de 1990, um alto índice de antipartidarismo”, acrescentou a professora mineira.
COMPRA DE VOTOS
Outro efeito negativo do momento delicado da política e da economia brasileira, na avaliação do professor de direito eleitoral da FGV, é a troca do voto por vantagens. “Como estamos diante de um quadro de eleição municipal e temos uma carência econômica social muito grande, a tendência sempre é aumentar a compra de votos”, afirmou Ramayana.
“Muita gente vai vender o voto para trabalhar na campanha, carregando bandeira, fazendo um bico, uma atividade complementar. Tenho visto isso aqui na baixada fluminense no Rio de Janeiro. Mesmo com a proibição da doação de pessoas jurídicas existem algumas campanhas que estão usando ainda um dinheiro bem significativo, distribuindo material caro. Continua havendo o financiador laranja”, diz o professor.
Marcos Ramayana avalia que episódios como o impeachment e a cassação de Cunha podem provocar uma reflexão interna nos partidos que aperfeiçoe o processo de seleção das candidaturas. Se historicamente os partidos preocupam-se em investir em candidatos “bom de voto”, a partir de agora deve haver também a preocupação com o histórico do candidato.
“Qual é o reflexo do impeachment e [da cassação] do Cunha? Fez o povo pensar em não eleger pessoas que tenham problemas com a Justiça. Pessoas que estão com esse problema geram antagonismo com quem não tem. Quem é ficha limpa explora isso na campanha, um lado que antes não era tão explorado”, pontuou Ramayana.
“Um candidato fala assim: ‘vou melhorar a saúde e a educação’. Sim, mas além dessas melhoras o povo também quer saber se essa pessoa tem processo na Justiça. Passou a ter mais valor, coisa que o brasileiro não via muito. É um lado bom, positivo. Pelo menos o eleitor está mais esclarecido, até as pessoas mais humildes estão prestando atenção nisso.”
Folha

‘Crise do ensino médio significa que modelo faliu”, diz secretária do MEC


O Globo
A Medida Provisória que reforma o ensino médio no país atende a uma necessidade urgente de reverter o fracasso desse segmento escolar. Foi desta maneira que a secretária-executiva do Ministério da Educação (MEC), Maria Helena Guimarães, defendeu a inicitiva do governo federal que, anunciada nesta quinta-feira, propõe mudanças como a flexibilização do currículo, favorecendo o aprofundamento do estudante em áreas de conhecimento com as quais ele se identifica, possibilitando mais ênfase no ensino técnico. A medida também promove a extensão da carga horária na etapa, incentivando escolas e redes de ensino a ampliar o número de seus alunos no regime de período integral.
Maria Helena foi a primeira palestrante do encontro Educação 360. Realizado pelos jornais O GLOBO e “Extra”, em parceria com o Sesc e com apoio da Coca-Cola Brasil, da TV Globo e do Canal Futura, o evento acontece nesta sexta e sábado na Escola Sesc do Ensino Médio, em Jacarepaguá, no Rio. Na ocasião, ela rebateu críticas dirigidas ao anúncio da medida. Educadores elogiaram a atitude do MEC de dinamizar o ensino médio, mas alguns profissionais da área não gostaram da possibilidade, descrita na MP, de excluir disciplinas como educação física e artes da lista de conteúdo obrigatório. Outros criticaram o fato de a reforma estar sendo realizada por meio de medida provisória, sem um amplo debate na sociedade.
– A criação da MP não significa falta de debate e de conhecimento, mas, sim, o caráter de urgência dessa questão. Sabemos que o fracasso do ensino médio brasileiro é um dado apontado por especialistas na área. A crise significa que o modelo não funciona, faliu. O ensino médio brasileiro é o único do mundo engessado com 13 disciplinas obrigatórias. O jovem precisa ter a possibilidade de se aprofundar em áreas de conhecimento, faz muito mais sentido para ele – explicou.
Segundo a secretária, a terceira versão da Base Nacional Comum Curricular (BNCC) do ensino médio, que vai determinar os conteúdos obrigatórios de 50% da carga horária do ensino médio, começa a ser discutida em seminários e debates com as secretárias estaduais em 15 de outubro, para, até o fim de novembro, levantar todas as necessidades dos estados, professores e especialistas em ensino médio. O MEC vai, então, elaborar uma proposta da BNCC que deverá ficar pronta em março ou abril. Depois disso, o texto será encaminhado para exame do Conselho Nacional de Educação (CNE). A flexibilização do currículo só se tornará obrigatória quando a BNCC for aprovada.

Aluno arremessa porta-lápis e fere vice-diretora no rosto


Um aluno da Escola Municipal de Ensino Fundamental Altino Arantes, na Zona Leste de São Paulo, arremessou um porta lápis que feriu a vice-diretora, Shirlei Maia, na última segunda-feira.
Nas redes sociais circula a informação de que Shirlei havia sido agredida com uma tesourada por um aluno de 8 anos. A assessoria de imprensa da Secretaria Municipal de Ensino, no entanto, afirma que, ao arremessar o objeto, o menino não tinha “intenção de atingir qualquer pessoa”. A pasta diz ainda que a professora foi atendida imediatamente após o ocorrido e a responsável pelo aluno foi chamada à escola onde tomou ciência do episódio”.
O filho de Shirlei, o advogado Anselmo Maia, afirma que a família não vai se pronunciar sobre o caso. “Preferimos resguardar nossa mãe. Foi um acidente no âmbito escolar e não tudo isso que vem sendo dito pelas redes sociais. Minha mãe está se recuperando.”
Abaixo, post divulgado por uma página no Facebook.

Blog do BG

Juiz defere ação do MP pedindo suspensão da venda de ingressos para o jogo Brasil x Bolívia

O Juiz Sérgio Roberto N. Maia deferiu ação do Ministério Público do Rio Grande do Norte que pedia suspensão da venda de ingressos para o jogo Brasil x Bolívia, que será realizado na Arena das Dunas.
Por cautela, o juiz pede explicações da CBF e da empresa responsável pela aprovação dos pagamentos por tantos problemas, antes de uma medida que possa causar uma instabilidade em uma quantidade muito grande de pessoas. Será resguardado o direito de quem já comprou.
Veja decisão na íntegra AQUI

Blog do BG

Vídeo registra momento em que avião ‘cai de bico’ e entra no solo no Paraná

Vídeo flagrou momento em que avião cai em Maringá (Foto: Reprodução/RPC)Um vídeo flagra o momento exato em que um avião cai na 19ª Feira Internacional De Aviação, em Maringá, no norte do Paraná. O acidente aconteceu por volta das 17h deste sábado (24). O piloto Luiz Carlos Basson Dell’Aglio morreu na hora.
Veja o VÍDEO AQUI
O acidente aconteceu enquanto o piloto fazia um show de acrobacias. Segundo o sargento do Corpo de Bombeiros Roni Carlos Costa, o avião “caiu de bico” e entrou completamente no solo, onde ficou cravado.
Testemunhas relatam que o avião começou a fazer um movimento “de parafuso” no ar antes de cair e que a queda aconteceu cerca de cinco minutos depois da decolagem.
O Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa) informou que vai investigar o acidente.
O acidente aconteceu no bairro Parque Industrial Bandeirantes, próximo ao aeroporto de Maringá, onde a feira é realizada.
O piloto
Luiz Carlos tinha 62 anos e era de Ponta Grossa, na região dos Campos Gerais do Paraná. A informação da morte do piloto foi confirmada pela assessoria de imprensa da feira, que enviou, em nota, um breve currículo do piloto. Veja abaixo:
“Piloto Agrícola com mais de 19.000 horas de voo, Luiz Carlos Basson Dell”Aglio é considerado um dos grandes nomes no segmento, tendo atuado durante 11 anos como Coordenador Geral e Instrutor do CAVAG – Curso de Piloto Agrícola na cidade de Ponta Grossa, Paraná, onde reside e administra a sua empresa AGROVEL – Agro Aérea Vila Velha Ltda. Atualmente voando agrícola no Estado de SC em regiões de Bananais e Arroz
Na acrobacia, seu esporte predileto, possui mais de 1600 horas de voo de alta performance, sendo o atual Presidente da CBA – COMITÊ BRASILEIRO DE ACROBACIA E COMPETIÇÕES AÉREAS.
Dell”Aglio iniciou na acrobacia pilotando um Decathlon, na Categoria Esporte, onde chegou ao terceiro lugar no ranking nacional. No ano de 1998, com a compra do Extra 230 matriculado PT-ZUN, com aproximadamente 700 horas, entrou para a Categoria Intermediária, com ótimo desempenho. No ano seguinte, já estava competindo na Categoria Avançada, onde vem disputando os torneios de acrobacia de nível nacional, também com excelentes resultados”.
G1/PR

Um verdadeiro toque nordestino do Neto Lanches

Toque do Nordeste parte 02. Trazendo todo o sabor nordestino num sanduíche só. O Nordestino é uma deliciosa opção. Funcionamos a partir das 17:30 até às 00:00
Toque do Nordeste, é isso mesmo que o Neto Lanches trouxe pra você. O delicioso Matuto é um dos nossos sanduíches com o sabor bem nordestino. Já provou? Ainda não, então venha provar e aprovar.

TRAIRY TINTAS: AVENIDA RIO BRANCO EM FRENTE A FACISA


S.A Acessórios


Dá só uma olhada nas ofertas do Atacado N.M Azevedo









Palmeiras faz 'dever de casa', vence Coritiba e garante mais uma rodada na liderança


A tarde de sábado teve um primeiro tempo fraco e alguma emoção no fim, mas o Palmeiras precisou de apenas 12 minutos na segunda etapa para vencer o Coritiba e garantir a lideraça do Campeonato por pelo menos mais uma semana.
Jogando no Allianz Parque com público superior a 30 mil torcedores, a paulista venceu por 2 a 1, com gols de Leandro Pereira e Mina, para chegar a 10 rodadas de invencibilidade no campeonato e, com 54 pontos, abre quatro pontos de vantagem para o Flamengo, vice-líder que enfrentará o Cruzeiro neste domingo.
Já o Coritiba, com 33, volta a torcer contra rivais no complemento da rodada para evitar uma reaproximação da zona do rebaixamento.
uma chance e nada mais
O Coritiba deixou claro que a ideia era sair do Allianz Parque com pelo menos um ponto. Com uma postura totalmente defensiva, os visitantes não finalizaram nenhuma vez na primeira etapa, e tiravam os jogadores do Palmeiras do sério com faltas para evitar que o perigo rondasse a área.
A única chance do time da casa foi aos 46 minutos, quando Gabriel Jesus recebeu pelo lado esquerdo e, quase na pequena área, finalizou em cima de Wilson, que saiu bem para fechar o ângulo.
Outro jogo!
O Palmeiras voltou para o segundo tempo com Leandro Pereira no lugar de Erik e com uma postura diferente. Logo aos dois minutos, Gabriel Jesus acertou o travessão de Wilson, e o primeiro gol não demoraria a sair.
Aos cinco minutos, em cobrança de falta, a bola foi alçada. Com um desvio na entrada da área, ela sobrou para Leandro Pereira dividir com Wilson e mandar para o gol. O goleiro ficou reclamando de falta, que não houve.
Sete minutos depois, em jogada ensaiada, a bola sobrou para Roger Guedes, pela direita, que esperou a saída do goleiro para cruzar. Na cara do gol apareceu o zagueiro Mina, que marcou seu quarto gol no Brasileirão.
Parecia que era o começo de uma goleada. Wilson voltou a atrapalhar os planos de Gabriel Jesus aos 24, quando o atacante tentou de cabeça e o goleiro do Coritiba foi buscar no cantinho. 
Então, aos 30, o Coritiba diminuíu. Evandro recebeu lançamento pelo chão, Jaílson saiu para o corte, mas a bola sobrou para Iago, de primeira, bater de fora da área, com categoria. O gol assustou os torcedores no estádio, mas a "reação" não passou disso.
próximos compromissos
O Palmeiras agora muda seu foco para a Copa do Brasil. Na quarta-feira, em Porto Alegre, a equipe de Cuca faz o primeiro jogo das quartas de final contra o Grêmio, às 21h45 (de Brasília). Já pelo Brasileiro, o próximo jogo será no dia 3 de outubro, contra o Santa Cruz, no Arruda.
Para o Coritiba a programação é parecida. Na quarta-feira, enfrenta o Belgrano na Copa Sul-Americana, também fora de casa, às 21h45. Na outra segunda-feira, dia 3, vai receber o América Mineiro no Couto Pereira.
ESPN

TCU QUER BLOQUEAR BENS DE DILMA

Fabio Fabrini, do Estadão, obteve parecer da área técnica do TCU que pede a responsabilização de Dilma Rousseff e dos integrantes do conselho de administração da Petrobras que aprovaram a compra da Refinaria de Pasadena, no Texas.
Além de Dilma, estão na lista Antonio Palocci, José Sérgio Gabrielli, os empresários Cláudio Haddad e Fábio Barbosa, além do general Gleuber Vieira. O TCU quer que todos sejam solidários na restituição aos cofres públicos de US$ 266 milhões, cerca R$ 860 milhões.
O pedido de bloqueio ainda será submetido ao Ministério Público de Contas e, depois, será levado a plenário.
O ANTAGONISTA

Novo governo: Novo presidente da EBC, Laerte Rimoli inicia reestruturação da estatal


Justiça arquiva representação contra Moro por grampos a Dilma


Sergio Moro durante evento realizado pela revista "The Economist" no Hotel Grand Hyatt em São PauloO Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) manteve arquivada uma representação contra o juiz Sergio Moro por causa da divulgação de grampos envolvendo autoridades com foro privilegiado, como a ex-presidente Dilma Rousseff. A decisão foi proferida nesta quinta-feira, por 13 votos a 1. No caso em questão, um grupo de dezenove advogados havia feito reclamação sobre a conduta do magistrado à Corregedoria em abril deste ano, mas o pedido foi arquivado em junho. A decisão da Justiça desta semana mantém a decisão do corregedor-regional da 4ª Região.
Para o relator do processo no TRF4, desembargador federal Rômulo Pizzolatti, não há indícios de prática de infração disciplinar por parte de Moro. Em sua decisão, o desembargador afirmou que, por seu caráter inédito, a Lava Jato escapará das regras dos “casos comuns” em algumas situações.
“É sabido que os processos e investigações criminais decorrentes da chamada operação ‘lava jato’, sob a direção do magistrado representado, constituem caso inédito (único, excepcional) no Direito brasileiro. Em tais condições, neles haverá situações inéditas, que escaparão ao regramento genérico, destinado aos casos comuns.”
Os advogados pediam o afastamento de Moro e instalação de processo disciplinar contra ele por considerarem que ele agiu de forma ilegal ao não preservar o sigilo dos envolvidos ao divulgar áudios da Lava Jato. Parte dos grampos da investigação haviam sido anulados pelo ministro Teori Zavascki, do Supremo Tribunal Federal (STF), em junho deste ano.
Entre eles uma gravação em que a ex-presidente Dilma Rousseff discutia com o ex-presidente Lula o envio de um termo de posse como ministro da Casa Civil “em caso de necessidade” . Na mesma decisão, Teori determinou o envio de processos e investigações envolvendo o petista à 13ª Vara Federal de Curitiba, onde atua o juiz Sergio Moro.
Veja

Fabrício Torquato dá show em debate promovido no IFRN

Na noite desta sexta-feira, 23, o candidato à reeleição, Fabrício Torquato (PSD), participou de debate realizado por grêmios estudantis e diretórios acadêmicos no auditório do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRN), campus Pau dos Ferros, ocasião em que esteve na plateia a candidata a vice, Lara Figueiredo (PMDB).
Sereno, o atual gestor do município falou com propriedade a respeito dos mais variados assuntos, como também rebateu com firmeza falas dos seus opositores no pleito deste ano, Juscelino Rêgo (PMB) e Leonardo Rêgo (DEM), a ele direcionadas.
Fabrício teve um desempenho positivo durante toda a discussão, lembrando, logo em suas considerações iniciais, a importância das instituições educacionais realizadoras do debate (IFRN, UERN, UFERSA e FACEP) e elencando os principais avanços da sua administração, a exemplo de novas unidades de saúde, dezenas de pavimentações e valorização profissional.
Ainda no primeiro bloco, o nome majoritário da coligação “Pau dos Ferros de Todos” teve a oportunidade de discorrer sobre o tema “cultura”, comum aos três candidatos. Ele citou a inauguração da Casa de Cultura Popular Joaquim Correia e suas muitas atividades e a criação da Cavalgada, evento de comemoração do aniversário da cidade. Como proposta para o próximo mandato, expôs a ideia de construção da Arena do Vaqueiro.
Na segunda parte da realização, com perguntas feitas entre si pelos candidatos a prefeito mediante temáticas sorteadas, Fabrício falou de desenvolvimento rural, esporte e educação, áreas em que seu governo teve resultados significativos, garantindo: perfuração de mais poços artesianos no campo, conclusão da reforma/modernização do Ginásio Municipal 9 de Janeiro e a continuidade da atenção à classe docente.
“Hoje, nós temos uma folha salarial, que só pela aplicação do Plano de Cargos e Carreira [do Magistério Público], onerou o município em quase R$ 300mil. Eu não considero isso, de maneira nenhum, gasto. Eu considero investimento, porque são os professores que vão cuidar das nossas crianças e do nosso futuro”, disse.
O terceiro bloco trouxe à tona o funcionamento do prédio da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) por alunos da Faculdade Evolução Alto Oeste Potiguar (FACEP). “Nós temos os nossos pareceres aprovados, aguardando, tão somente, que o ministério libere esses recursos [para compra de equipamentos]”, declarou Fabrício, ao frisar que os custos com uma UPA devem ser de responsabilidade do município, Estado e da União.
A última resposta do gestor esteve relacionada à mobilidade urbana, a partir da qual pôde comentar acerca da finalização do Plano Diretor Participativo, que contemplará a readequação do fluxo de veículos. “Já temos contato com o Detran para sinalizar todo o trânsito central”, acrescentou.
Em sua fala final, Fabrício afirmou que todas as obras estruturantes da sua gestão estão em andamento, com contratos dentro do prazo legal. Também destacou a garantia de direitos apesar da crise, o respeito às pessoas e o gerenciamento do município pensando no hoje e no amanhã.

Blog do BG

MPRN pede suspensão da venda de ingressos para jogo do Brasil x Bolívia


O Ministério Público do Rio Grande do Norte, por meio da Promotoria do Consumidor, ajuizou Ação Civil Pública pedindo a suspensão da venda de ingressos para o jogo Brasil x Bolívia. De acordo com o documento, o sistema Pagseguro injustificadamente recusou o pagamento de milhares de compras efetuadas pelos consumidores esta semana quando abriram as vendas online.
Os ingressos dessas compras recusadas seriam colocados à venda na segunda-feira (26). Outro ponto dentro da ACP é que a empresa responsável pelas vendas online faça uma nova análise de todas as compras recusadas e somente deverão justificar a recusa.
Orienta ainda que os consumidores devem enviar cópia da mensagem enviada por email pela empresa PagSeguro para o endereço consumidor.natal@gmail.com, com a finalidade de colaboração para levantamento de provas que possam melhor subsidiar o processo.

Blog do BG

Cientista revela qual é a música mais feliz do mundo


musica mais felizSão Paulo – Um neurocientista da Universidade de Groningen (Holanda) resolveu assumir uma tarefa complexa, mas bem divertida: descobrir qual é a músicque suscita as melhores sensações no cérebro de quem a escuta.
E para a surpresa de muitos e para o prazer de tantos outros, essa canção é o famoso hit de 1978 “Don’t Stop Me Now”, da banda britânica Queen.
A pesquisa foi realizada por Jacob Jolij a pedido da Alba, uma empresa britânica que produz produtos eletrônicos. Para tanto, foi primeiro realizada uma consulta com 2 mil pessoas que selecionaram 126 músicas dos últimos 50 anos que consideravam as mais felizes.
Evidentemente, explicou o cientista ao site Huffington Post, os sentimentos suscitados por uma música são fruto da experiência de vida de uma pessoa. No entanto, ele considera que existem três aspectos que estão sempre presentes em canções que são consideradas alegres: um ritmo rápido (150 batidas por minuto), letras positivas e acordes maiores.
Outras músicas que também se encaixaram muito bem a tríade foram “Dancing Queen”, do ABBA, “Good Vibrations”, do grupo Beach Boys, e “Uptown Girl”, do músico Billy Joel. Mas foi o clássico da banda de Freddie Mercury que recebeu o maior número de menções entre os entrevistados.

Escândalos de corrupção despertam desinteresse em eleitores, dizem especialistas

Em eleições municipais o debate eleitoral gira em torno, normalmente, dos problemas do dia a dia dos cidadãos, como a falta de asfalto das ruas, a infraestrutura dos bairros e das cidades. Este ano, contudo, os temas locais têm disputado espaço com a repercussão das investigações da Operação Lava Jato, o impeachment da presidenta Dilma Rousseff, a cassação do deputado Eduardo Cunha, ex-presidente da Câmara dos Deputados, e a denúncia do Ministério Público Federal contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.
O resultado disso, na avaliação de especialistas ouvidos pela Agência Brasil, é o aumento da desconfiança do eleitor em relação aos partidos políticos e na política como um todo. Neste cenário, estudiosos do processo eleitoral preveem um alto índice de abstenção, crescimento do voto nulo e o fortalecimento dos candidatos “antipartidários”.
“Há um descrédito total das pessoas nos partidos político. Pela experiência que eu tenho, dificilmente alguém, tirando os militantes mais identificados, vai votar pela escolha partidária. A população em geral está desacreditada dos partidos políticos. A tendência vai ser a opção pelo voto carismático, na pessoa, que é o voto efetivamente pessoal”, avalia o professor de direito eleitoral da Fundação Getúlio Vargas (FGV-RJ) Marcos Ramayana.