sábado, 31 de janeiro de 2015

CAERN terá que combater as perdas de água


agua1 

Num cenário de escassez de água, o mau uso torna-se uma grande preocupação dos órgãos responsáveis pela gestão do recurso. A Companhia de Águas e Esgotos do RN (Caern) iniciou ainda em 2013 um trabalho para a redução das perdas de água no sistema, que deve ser continuado pelo novo diretor-presidente, Marcelo Toscano.
“Precisamos reduzir as perdas e este é um trabalho contínuo”, destacou em entrevista ao Novo Jornal. Os números o ciais da companhia dão conta de que apenas 53% do que é retirado dos reservatórios chega às torneiras. Os 47% restantes perdem se no caminho, seja graças a vazamentos, falhas nos sistemas adutores ou roubo de água. A perda equivale a um “prejuízo” médio de 8,9 bilhões de litros por mês.