sábado, 31 de janeiro de 2015

Robinson suspende ajuda a carnavais


 

O governador Robinson Faria reuniu os secretárias das áreas de meio ambiente e recursos hídricos, no começo  da tarde desta sexta-feira (30), a fim de estabelecer um plano emergencial de combate à seca, que o próprio chefe do Poder Executivo definiu como de “curto prazo”. De início, Robinson Faria afirmou que este ano o governo não vai passar recursos financeiros para ajudar o Carnaval no interior, como tradicionalmente pleiteiam os municípios, nem mesmo através a Fundação José Augusto (FJA): “? uma medida amarga, que temos de
enfrentar, vamos dar prioridade ao combate à seca”. Para minimizar esse quadro de escassez de água, o governador garantiu, ainda, que emergencialmente, o governo vai instalar  1.700 poços tubulares que já estão perfurados, mas faltam ser equipados, bem como irá retomar as obras da adutora do Alto Oeste, que deverá abastecer 28 cidades da Região Oeste a partir da barragem de Umari, em Upanema.
O secretário estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos, José Mairton Figueiredo de França, informou que entre os dias 23 e 27 de fevereiro vai à Brasília tentar a liberação de recursos para investimentos contra a seca e explicou que a execução dessas medidas de emergência deve ocorrer no máximo em três meses, período em que será possível saber se consolida ou não o inverno.