‘Delegacia próxima dava sensação de segurança’, diz gerente de bar após arrastão


(Foto: Google Maps)
Um bar localizado no bairro de Candelária, zona Sul da capital potiguar, foi vítima de um arrastão na noite desta segunda-feira (29). Armado, um homem sozinho invadiu o local e roubou os celulares de 20 clientes que estavam no local no momento do crime, além de uma arma de um policial que estava de folga.
Esta foi a primeira vez que o bar foi assaltado, desde sua inauguração, há oito anos.
O assaltante, que foi flagrado pelas câmeras de segurança do local, não levou pertences dos funcionários ou dinheiro do caixa do estabelecimento.
Por Lara Paiva 
 
O gerente do bar disse que nunca utilizou segurança armado, uma vez que se sentia seguro por ficar próximo da Delegacia do Plantão Zona Sul e ter muitos policiais frequentando o estabelecimento. “Como ficamos perto de uma delegacia e os policias almoçam e jantam no bar, tínhamos uma sensação de segurança”, disse.
“Qualquer coisa pode acontecer com todo mundo, isto foi uma fatalidade”, disse o gerente do bar, que optou em não se identificar.
De acordo com o relato das vítimas, o assaltante estava bastante alterado e chegou a ameaçar atirar contra as pessoas. Inclusive, ele colocou a arma no pescoço do policial e ameaçou atirar, mas fugiu logo em seguida.
“Graças a Deus ninguém ficou ferido, apenas levaram os objetos pessoais, poderia ter acontecido alguma coisa pior”, comentou.
Após o arrastão, o bandido fugiu em um veículo Vectra, que estava estacionado próximo ao bar. De acordo com a polícia, um comparsa estaria dentro desse Vectra para auxiliar na fuga.
“A insegurança acontece em todo os estados brasileiros, principalmente em Natal. Infelizmente fomos mais uma vítima”, comentou o comerciante.
Ao ser questionado se pensa utilizar segurança armado, o comerciante respondeu que não e vai continuar utilizando apenas as câmeras de segurança para monitorar o local. “A gente também não contrata com medo de fazer alguma reação e acontecer coisa pior ainda”, comentou.

Related Post