sábado, 30 de abril de 2016

Delatores firmam primeiros acordos nos EUA

Delator pioneiro na Lava-Jato, Augusto Mendonça, da Setal, foi o primeiro a fechar acordo de colaboração também com a Justiça dos Estados Unidos. Júlio Camargo, ex-representante da Toyo, é outro que está em tratativas avançadas.
Ambos se reuniram, nos EUA, com promotores e agentes do FBI. Camargo precisou de autorização para a viagem, em março: apesar de seu passaporte não ter sido confiscado pela Polícia Federal, o visto foi cassado pelo consulado americano no início do ano.
Delator pioneiro na Lava-Jato, Augusto Mendonça, da Setal, foi o primeiro a fechar acordo de colaboração também com a Justiça dos Estados Unidos. Júlio Camargo, ex-representante da Toyo, é outro que está em tratativas avançadas.