quinta-feira, 30 de junho de 2016

AGORA É LEI


A entrada forçada em imóveis deve ser feita por profissional devidamente identificado, em áreas com potenciais focos de mosquitos transmissores. Além disso, para ficar comprovada a ausência de uma pessoa que possa autorizar a vistoria, é necessário que o agente realize duas notificações prévias, em dias e horários alternados e marcados, num intervalo de dez dias. Essas ações anteriores devem ser devidamente registradas em relatório. Saiba mais: http://bit.ly/298NISM #CombateAedes #ZikaZero
secretária municipal de saúde santa cruz