Novembro Azul: Urologista alerta cuidados para a prevenção do câncer de próstata

Dr Angelo CamposSegundo estimativas do Instituto Nacional do Câncer (Inca), mais de 61 mil novos casos de câncer de próstata serão diagnosticados no Brasil em 2016. Por ano, são mais de 13 mil mortes: uma a cada 40 minutos. Nesse contexto, anualmente é realizada no mês de novembro, a campanha Novembro Azul, a qual tem o objetivo de orientar os homens sobre a doença e os exames preventivos que devem ser feitos.
Para o Rio Grande do Norte, a estimativa do Inca em 2016 é de 930 casos, o que representa 57,8 homens a cada 100 mil que terão a doença. De acordo com o médico urologista, Dr. Ângelo Campos, o diagnóstico precoce do câncer de próstata aumenta em 90% a chance de cura. “Em geral, a partir dos 50 anos de idade o homem deve fazer uma consulta. Quando existem fatores de risco, a recomendação é realizar a consulta um pouco antes, com 45 anos”, enfatiza.
Além do exame de detecção e da consulta regular ao urologista, a adoção de um estilo de vida saudável auxilia na prevenção. “O homem tem que cuidar da saúde, praticando atividade física e tendo uma vida saudável. Além de prestar atenção na rotina do câncer de próstata. Não custa nada fazer os exames anuais ou semestrais, às vezes basta uma consulta. É melhor fazer isso logo e prevenir do que evitar problemas maiores depois”, conclui.
Novembro Azul
Em 2011 nasceu a campanha Novembro Azul, que tem a missão de alertar os homens sobre a prevenção do câncer de próstata. Em sua 5ª edição com abrangência nacional, a campanha continua crescendo em todo o país.
A edição deste ano vai ampliar sua abordagem. Com o mote “De Novembro a Novembro Azul – Movimento permanente pela saúde integral do homem”, a campanha vai orientar sobre o câncer de próstata e alertar o homem sobre a importância de cuidar de sua saúde.

Related Post