sexta-feira, 14 de julho de 2017

População aprova criação do contra-fluxo da Ponte Newton Navarro, diz Prefeitura

Na tarde de quinta-feira (13), a Ponte Newton Navarro ganhou um contra-fluxo para o transporte público. Com a medida, o tempo de travessia da ponte caiu cerca de 90% – de 40 minutos para 3 minutos. Com esta medida, a Prefeitura do Natal – por meio da Secretaria de Mobilidade Urbana (STTU) – vai beneficiar os usuários do transporte com a garantia do cumprimento do quadro de horários e redução do tempo de viagem.
Segundo Gilberto Nascimento, usuário do sistema de transporte, “não passou nem dois minutos para descermos a ponte e nós estávamos passando 40 a 50 minutos”, pontuou. Para Francisco Canindé Barbosa, motorista de ônibus, “ganhamos tempo e velocidade”. No trecho, passam 8 linhas de ônibus urbanas e 1 intermunicipal, com uma frota total de 56 ônibus e 383 viagens – transportando 942.467 mil passageiros mês.
De acordo com Rogério Leite, diretor de Fiscalização e Vistoria da STTU, não há uma data para o término desta operação. “Somente quando as obras do Viaduto da Redinha estiverem concluídas e o pavimento estiver em boas condições é que vamos encerrar”, informou. O viaduto faz parte do pacote de obras do Pró-Transporte, sob responsabilidade do Departamento de Estradas de Rodagens (DER).
NOVAS FAIXAS
A STTU estuda ainda a implantação de novas faixas para reduzir o tempo de viagem do transporte. “Estamos analisando implantar uma faixa na Rua Dr. Mário Negócio no sentido Alecrim/zona Norte para facilitar o retorno o cidadão para casa”, informa Newton Filho, técnico do Departamento de Estudos e Projetos.
Ainda de acordo com Newton Filho, a STTU está trabalhando conforme a legislação federal determina. “Estamos agindo como determina o Plano Nacional de Mobilidade, que fala que a prioridade é do transporte público”, pontuou.
BG