quarta-feira, 9 de agosto de 2017

Não adianta o Governo fazer a nova Roberto Freire contra a opinião de todos os comerciantes de Ponta Negra: Afirmou Tomba


A recuperação das rodovias do Estado foi o principal ponto de debate na Comissão de Finanças e Fiscalização (CFF) da Assembleia Legislativa realizada na manhã desta quarta-feira (9), em função da precária situação em que se encontra em todas as regiões.
A principal sugestão levantada, que vai ser levada ao Governo do Estado é utilizar os recursos, previstos para a construção da nova avenida Roberto Freire em Natal, em torno de R$ 220 milhões para a recuperação da malha rodoviária e a construção de novas estradas.
“A nossa sugestão é aplicar os recursos nas estradas. Não adianta o Governo fazer a nova Roberto Freire contra a opinião de todos os comerciantes de Ponta Negra e deixar as estradas que geram recursos para o Estado, na situação em que se encontra”, afirmou o deputado Tomba Farias (PSB).
Outro integrante da CFF que manifestou a sua preocupação com a situação das estradas foi o deputado Getúlio Rêgo (DEM). Segundo ele, “as bases das rodovias não aguentam apenas tapa buracos. Elas são feitas para uma utilização de oito anos e muitas têm mais de 20 anos sem recuperação”, disse ele.