sábado, 30 de dezembro de 2017

Feliz ano novo pedra cell


E o rei do fim de semana é??? O universitário. Já provou? Se não corre no Neto Lanches mais próximo e descubra porque ele é o rei do fim de semana.


Fiscais resgataram 11 trabalhadores em situação de escravidão no Ceará em 2017

Robson Pires
Onze pessoas foram resgatadas de trabalhos degradantes no Ceará neste ano. Em 2016 e 2017, a média de resgates foi bem abaixo dos anos anteriores; entre 2013 e 2015, a média anual foi de 78 trabalhadores retirados dessa situação.
Em geral, trabalhadores em situação análoga à escravidão se submetem a empregos precários por falta de oportunidade e enfrentam uma jornada de trabalho extensa, sem direitos trabalhistas, sem condições de higiene e com alimentação inadequada.

Motoristas enfrentam congestionamento na descida para o litoral paulista

Bruno Bocchini 
Os motoristas que se deslocam da capital paulista para o litoral estão enfrentando congestionamento hoje (30) nas principais rodovias que ligam São Paulo à Baixada Santista. O excessivo movimento nas rodovias é causado pelos feriados prolongados de fim de ano.
Na rodovia dos Imigrantes, o trânsito está parado por cinco quilômetros, do km 27 ao km 32. Na rodovia Anchieta, a lentidão atinge cinco quilômetros a partir do km 27. Segundo a concessionária Ecovias, o tempo está encoberto, com presença de chuvas em pontos isolados, mas a visibilidade é boa.
O deslocamento para o interior - pelas rodovias Bandeirantes, Castello Branco e Raposo Tavares - está normal. Já a via Dutra, no sentido Rio de Janeiro, apresenta lentidão em dois pontos: em Taubaté (km 104), e em Roseira (km 81).
O motorista que trafega pela rodovia Fernão Dias, no sentido Belo Horizonte, encontra oito quilômetros de congestionamento, em Pouso Alegre, do km 857 ao km 849, devido a um acidente. Segundo a concessionária Autopista Fernão Dias, no restante da rodovia o fluxo de veículos é normal.

Supremo russo rejeita recurso de opositor de Putin para disputar eleições

Da Agência EFE
O Tribunal Supremo da Rússia rejeitou neste sábado (30) um recurso do oposicionista Alexei Navalny contra a decisão da Comissão Eleitoral Central (CEC) de proibi-lo de participar das eleições presidenciais de março de 2018 por ter antecedentes criminais.
"O Supremo não vê motivos para satisfazer a reivindicação. A decisão do CEC é legal e fundamentada", afirmou o órgão na decisão.
A instância máxima da Justiça russa confirmou o argumento usado pelo órgão eleitoral ao negar a candidatura de Navalny: uma pessoa condenada por crime grave não pode concorrer em eleições.
O advogado do opositor argumentou na audiência do Supremo que a Constituição russa não impede um condenado de ser candidato. Apenas pessoas presas no momento do pleito não podem disputar eleições.
O representante da CEC respondeu que a norma da legislação eleitoral - não permitir que pessoas com antecedentes sejam candidatas - não contraria a Carta Magna.
Segundo o órgão, Navalny não pode ser candidato porque foi condenado em fevereiro a cinco anos de prisão por apropriação indébita. Dessa forma, ele ficará inabilitado por dez anos.
A defesa de Navalny anunciou que recorrerá da decisão no próprio Supremo e no Tribunal Europeu de Direitos Humanos.
"Sabíamos que haveria uma decisão política, mas continuaremos com todas as fases de recurso", disse Ivan Zhdanov, advogado de Navalny.
A decisão de negar a candidatura do opositor foi condenada pela União Europeia e pelos Estados Unidos. O Ministério de Relações Exteriores da Rússia considerou as condenações como uma "ingerência direta" de americanos e europeus nos assuntos internos do país.

Empresas pedem garantias para colocar ônibus nas ruas do Rio de Janeiro

Cristina Indio do Brasil
O Rio Ônibus (sindicato das empresas de ônibus da cidade do Rio de Janeiro) acionou o Comando-Geral da Polícia Militar e a Secretaria Municipal de Transportes para garantir a segurança na saída dos ônibus das garagens das empresas e o cumprimento da decisão, de sexta-feira (29), do Tribunal Regional do Trabalho da 1ª Região, que proibiu, liminarmente, qualquer paralisação de rodoviários do município do Rio de Janeiro de domingo (31) até as 10h da segunda-feira (1).
De acordo com o sindicato, ao contrário de outros modais, os ônibus têm capacidade de transportar todo o público dos eventos da cidade neste fim de ano, sem limite de passageiros, e uma eventual greve “geraria uma sobrecarga na operação de outros meios de transporte”.
A paralisação, em protesto pelo atraso no pagamento de salários, 13º e outros encargos trabalhistas, foi anunciada pelo sindicato da categoria, o Sintraturb, mas após um pedido do Rio Ônibus contra a greve dos empregados das empresas de ônibus, o desembargador Evandro Pereira Valadão Lopes concedeu a liminar proibindo a manifestação. Em novembro, outra paralisação da categoria foi declarada ilegal pela Justiça, que também acatou pedido do Rio Ônibus.
Na decisão, o desembargador considerou a greve “totalmente abusiva, porque não esgotou a via negocial”. Para o caso de descumprimento, determinou multa diária de R$ 100 mil para o Sintraturb. Além disso, poderão ser aplicadas multas individuais de R$ 10 mil ao presidente e diretores e de R$ 1 mil para demais funcionários do sindicato da categoria.
Segundo o Rio Ônibus, “a crise do setor foi agravada, ao longo de 2017, pelo congelamento da tarifa pela Prefeitura em janeiro, e pelas duas reduções no valor da passagem, determinadas pela Justiça.

Autor de ataque a supermercado em São Petersburgo é detido

Da Reuters
O serviço de segurança da Rússia, o FSB, informou neste sábado (30) que a pessoa que organizou e atacou a bomba um supermercado em São Petersburgo nesta semana, ferindo 13 pessoas, foi detido, segundo agências de notícias do país.
O grupo militante Estado Islâmico reivindicou a autoria do ataque, que ocorreu na quarta-feira (27) em uma unidade da rede de supermercados Perekrestok.

Sábado tem chuvas, acidentes e queda de árvores no Rio

Cristina Índio do Brasil
O Rio de Janeiro continua sofrendo com as chuvas. Desde cedo, hoje (30) houve registro de chuvas fortes e rajadas de vento em vários pontos da cidade.
A previsão para as próximas horas inclui ainda descargas atmosféricas. Tudo está sendo monitorado pelo Sistema Alerta Rio da Prefeitura, que informa - em tempo real - as condições do tempo para a cidade, por meio das redes sociais.
Conforme o Alerta Rio, núcleos de chuva moderada a forte, associadas a áreas de instabilidade em altos níveis, atuam na zona oeste da cidade.
Quedas de árvores na Zona Sul
De acordo com o Centro de Operações (COR) da Prefeitura, os ventos provocaram quedas de árvores em alguns bairros da zona sul e interrupção no trânsito na Rua Prudente de Morais, em Ipanema, e na Rua Marques de São Vicente, na Gávea. Elas já foram liberadas.
As pistas escorregadias causaram acidentes na estrada Grajaú-Jacarepaguá, na altura do Lins, na zona norte, e no quilômetro 14 da Rodovia Washington Luiz na direção da Baixada Fluminense um carro capotou. Não há informações de vítimas.
O Centro de Operações informou ainda que devido ao calor e por conta das áreas de instabilidade, a previsão de chuvas a qualquer momento com pancadas isoladas continua de pé, principalmente para a tarde e noite de amanhã (31), quando três milhões de pessoas devem estar na praia de Copacabana na festa de réveillon.
A temperatura máxima deve ficar em 34º C com a mínima de 22ºC. Também permanece a previsão de ventos. Para a segunda-feira (1º), a previsão aponta tempo nublado a parcialmente nublado com temperatura máxima de 32ºC e mínima de 21ºC.

Pesquisa diz que 46% dos alemães querem renúncia de Merkel

Da Agência EFE
Angela MerkelUma pesquisa realizada pelo Instituto Civey para o jornal Die Welt indica que 46% dos alemães querem a renúncia imediata da chanceler Angela Markel.
Outros 17% dos entrevistados afirmam que Merkel deveria renunciar ao comando do governo do país caso haja fracasso nas negociações de janeiro entre o grupo parlamentar comandado pela União Democrata-Cristã (CDU) e o Partido Social-Democrata (SPD), liderado por Martin Schulz, para a formação de uma nova grande coalizão.
Além disso, 8% dos alemães consideram que Merkel deveria deixar o cargo no meio do mandato. Apenas 15% defendem que a chanceler permaneça mais quatro anos na chefia de governo.
O apoio à renúncia é maior no leste da Alemanha, onde 54% dos consultados pela pesquisa defendem a renúncia da chanceler. No oeste, 44% querem que a líder da CDU deixe o cargo.
Números definem pesquisa
Considerando os partidos com representação parlamentar após as eleições gerais de setembro, os eleitores da Alternativa para a Alemanha (AFD) são, com 87%, os principais defensores da renúncia de Merkel. Na seqüência, vêm os simpatizantes do Partido Democrático Liberal (FPD), com 58%, e os da Esquerda, com 51%.
No entanto, menos da metade dos sociais-democratas (43%) deseja a saída imediata de Merkel do poder. Entre os eleitores dos Verdes, apenas 28% querem a renúncia da chanceler.
Para a pesquisa, com margem de erro de 2,8%, os alemães foram perguntados se Ângela Merkel deveria deixar o cargo. O Instituto Civey ouviu 5.120 pessoas entre 28 e 30 de dezembro.
As negociações entre a CDU e o SPD para a repetição de uma coalizão ocorrerão após cem dias de governo interino. Os diálogos entre conservadores, liberais e verdes, uma aliança batizada como Jamaica por causa das cores dos três partidos, não evoluíram após discordâncias entre os grupos parlamentares.

Rio Grande do Norte passa para o Exército o controle da segurança no estado

Paulo Victor Chagas 
Força NacionalO governo do Rio Grande do Norte transferiu o controle dos órgãos de segurança pública do estado para o Exército. A medida ocorre em meio à paralisação de policiais militares e civis devido ao atraso no pagamento dos salários, e após a autorização do governo federal para uso das Forças Armadas no estado.
Em decreto publicado neste sábado (30) no Diário Oficial do estado, o governador Robinson Faria formaliza o general de brigada Ridauto Lúcio Fernandes como o comandante encarregado das operações militares nas regiões metropolitanas de Natal e de Mossoró, as duas maiores cidades do Rio Grande do Norte. A ação de Garantia da Lei e da Ordem começou sexta-feira (29) e, caso não seja prorrogada, se encerra no dia 12 de janeiro.
Os primeiros 500 integrantes do Exército, da Marinha e da Aeronáutica já estão no estado desde sexta-feira (29), e nas próximas 48 horas mais 1,5 mil militares serão deslocados para o estado.
Desde o último dia 19, membros das polícias militar e civil e do Corpo de Bombeiros paralisaram parcialmente as atividades em protesto contra o atraso no pagamento do décimo terceiro e de salários atrasados.

Mega-Sena paga amanhã maior prêmio da história: R$ 280 milhões

Julia Buonafina
loteriasCom o maior prêmio da história das loterias brasileiras, a Mega-Sena da Virada sorteará um prêmio estimado em R$ 280 milhões neste domingo (31), a partir das 20h, com transmissão ao vivo pelos principais canais de televisão.
Caso somente um apostador leve o prêmio, o novo milionário poderá se aposentar com uma fortuna equivalente a outro prêmio de loteria por mês, cerca de R$ 1,2 milhão, apenas investindo na poupança. O rendimento é suficiente para comprar um apartamento de luxo ou uma frota com 40 carros populares.
A apostadora Nayara Dias, que já ganhou em uma quadra, apostou com confiança na Mega da Virada. Pensando no prêmio, a assistente administrativa torce para ganhar sozinha. “Largar o emprego, viajar e dar um futuro bom para os filhos” são os sonhos dela ela.
Bolão reúne apostadores que sonham com milhões
Para ter mais chances de ganhar na Mega-Sena, um grupo de colegas de trabalho fez um bolão de dez pessoas, entre vigilantes, recepcionistas, seguranças, auxiliares da limpeza e servidores do Fórum Júlio Leal Fagundes, em Brasília, para o concurso de amanhã da Mega-Sena. Eles fizeram 54 apostas. Um dos participantes do bolão, Carlos Alberto de Andrade contou que, se ganhar, irá ajudar parentes.
Em uma lotérica da 306 Norte, em Brasília, a funcionária Rayda Melissa disse que o faturamento das lotéricas durante o fim do ano aumenta muito. “É o triplo do movimento da lotérica e a gente vende muitos bolões”, afirmou. Rayda também participou do bolão dos funcionários da lotérica e do bolão da família. “Assim, eu acredito que possa ganhar”, disse ela.
As apostas na Mega da Virada podem ser feitas até as 14h (horário de Brasília) deste domingo (31) , em qualquer lotérica do Brasil. A aposta simples custa R$ 3,50 e pode ser feita tanto nos volantes específicos da Mega da Virada quanto nos volantes comuns da Mega-Sena.

Repatriação reduziu desigualdade tributária em 2016

Wellton Máximo 
Dólar fecha em altaO programa de regularização de ativos no exterior, também conhecido como repatriação, teve um efeito temporário sobre um dos principais problemas da tributação brasileira. A cobrança de Imposto de Renda (IR) sobre o patrimônio legalmente mantido por brasileiros no exterior reduziu a desigualdade na arrecadação nacional no ano passado, segundo o relatório da carga tributária de 2016 divulgada nesta semana pela Receita Federal.
Um sistema tributário regressivo aumenta a desigualdade porque onera os mais pobres e preserva os mais ricos. Isso ocorre quando a tributação incide mais sobre o consumo do que sobre a renda e o patrimônio. Quando uma mercadoria que custa R$ 5 paga 20% de imposto (R$ 1), essa quantia proporcionalmente pesa mais sobre quem ganha menos porque quem recebe mais pagará o mesmo valor ao governo.
De acordo com os dados oficiais do Fisco da carga tributária de 2016, a tributação sobre bens e serviços, ligada ao consumo, caiu de 15,85% em 2015 para 15,35% do Produto Interno Bruto (PIB, soma das riquezas produzidas no país) no ano passado. Em contrapartida, a tributação sobre a renda subiu de 5,88% para 6,47% na mesma comparação.
A tributação sobre a renda é considerada progressiva porque proporcionalmente onera os mais ricos e promove a igualdade. De acordo com o próprio levantamento da Receita, a alta pode ser atribuída quase totalmente à repatriação. “A categoria Renda [incidência da tributação sobre a renda] foi influenciada, principalmente, pelo RERCT [Regime Especial de Regularização Cambial e Tributária] e pela arrecadação extraordinária de transferência de ativos entre empresas”, destacou o relatório do Fisco.
A primeira etapa da repatriação, de abril a outubro de 2016, arrecadou R$ 46,8 bilhões em Imposto de Renda e em multas. Na ocasião, os contribuintes pagaram 15% de Imposto de Renda (IR) e 15% de multa em troca da anistia do crime de evasão de divisas. A influência dos tributos progressivos não se repetirá na carga tributária de 2017 porque a segunda fase da repatriação, que cobrou 15% de IR e 20,25% de multa, teve baixa adesão e arrecadou R$ 1,61 bilhão, bem abaixo da expectativa inicial de R$ 13 bilhões. A Receita só divulgará os dados de 2017 no segundo semestre de 2018.
Comparação internacional
A carga tributária representa o peso dos tributos sobre a economia. Em 2016, 32,38% de tudo o que o país produziu foi pago ao governo, contra 32,11% do PIB registrados em 2015. Sem a repatriação, no entanto, o indicador teria caído para 32,01% do PIB. O aumento da arrecadação de Imposto de Renda teria efeito apenas marginal na redução da desigualdade tributária em relação a outros países.
O relatório de 2016 apresentou um comparativo da carga tributária por segmento de tributação entre o Brasil e países da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), grupo dos países mais industrializados ao qual o governo brasileiro está em negociações para ingressar. Por causa das defasagens na divulgação de outros países, a comparação é feita com os dados de 2015.
Há dois anos, o Brasil fazia parte do grupo das menores cargas tributárias, em 11º lugar, num total de 34 países. No entanto, ao analisar a estrutura da arrecadação, o país era o que menos arrecadava com a renda (5,88% do PIB). Ao comparar os dados do Brasil de 2016 (6,47%) com a arrecadação de 2015 dos demais países, o país teria subido para a penúltima posição na tributação da renda, à frente apenas da Turquia. Na Dinamarca, que lidera o ranking da igualdade tributária, os tributos sobre a renda equivaleram a 29,2% do PIB.
Em relação ao consumo, no entanto, o Brasil era o segundo país que mais arrecadava com a tributação sobre bens e serviços em 2015 (15,85% do PIB), perdendo apenas para a Hungria, com 17,2%. Ao incluir os dados de 2016 (15,35%), mantendo a arrecadação de 2015 dos países da OCDE, o Brasil seria ultrapassado pela Grécia e cairia para a terceira posição. O país que onerava menos o consumo eram os Estados Unidos (4,4% do PIB).

Principais cidades do mundo reforçam segurança para receber o Ano-Novo

Alida Juliani 
Agentes de combate ao terrorismo do Departamento de Polícia de Nova York preparam segurança para comemorações do Ano-Novo na Times Square, em Manhattan (REUTERS/Amr Alfiky)As principais capitais do mundo desdobrarão no domingo (31) um grande dispositivo de segurança para evitar possíveis ataques terroristas durante as celebrações para receber o Ano-Novo que, no caso da Alemanha, está destinado também a prevenir os abusos sexuais.
Algumas dessas cidades, alvos durante 2017 de atentados jihadistas, mantêm desde então um nível elevado de alerta terrorista, como é o caso de Nova York e Las Vegas, esta última palco, há três meses, do pior massacre a tiros da história moderna dos Estados Unidos.
Na Europa, a Alemanha será pioneira em destinar uma área delimitada onde será prestada atenção psicológica e de saúde a mulheres que se sentirem acossadas ou que sofreram abusos sexuais.
A medida será colocada em prática em Berlim, onde cerca de 1,4 mil policiais farão a segurança perante o emblemático Portal de Brandemburgo, e também ocorrerá em Colônia, cidade na qual em 2015 foram registrados abusos sexuais em massa que se reproduziram no ano seguinte, embora em menor proporção, tanto nesta cidade como no resto do "Land" da Renânia do Norte-Westfalia.
Na França, o Ministério do Interior anunciou que levará às ruas 139,4 mil membros das forças de segurança durante as comemorações da Réveillon, entre eles bombeiros, resgatistas e artífices.
O total do território francês estará coberto pelo dispositivo antiterrorista Vigipirate, com a atenção posta em grandes shoppings, nas concentrações de pessoas e nas infraestruturas de transportes públicos.
Apesar de ter sofrido quatro atentados terroristas em 2017, que deixaram 13 mortos e 18 feridos, Londres contará com menos agentes do que em outras ocasiões, segundo informou a Polícia Metropolitana (Met), que assegurou, no entanto, que o número de policiais é o "apropriado" para a situação e será combinado com outras medidas de segurança.
As medidas de segurança também ocorrerão na Turquia, onde foi proibida a comemoração de festas em locais emblemáticos de Istambul, como a praça Taskim, em prevenção a possíveis fatos como o massacre perpetrado há um ano na boate Reina na qual um membro do grupo terrorista Estado Islâmico (EI) assassinou 39 pessoas.
Em Ancara não será proibido o tradicional festejo na cêntrica praça de Kizilay, mas haverá um dispositivo policial composto por 9.744 agentes.
Na Espanha, precisamente as cidades de Madri e Barcelona reforçarão a segurança em seus centros urbanos, com a colocação de "elementos de proteção", depois que em agosto um atentado jihadista na capital catalã tirou a vida de 15 pessoas e deixou mais de 100 feridos.
Em Madri, além disso, serão fechados os acessos ao Porta do Sol, a cêntrica praça onde normalmente é dada as boas-vindas ao Ano Novo, cuja capacidade ficará limitada a 20 mil pessoas, ou seja, duas pessoas por metro quadrado.
Em Portugal, onde o nível de ameaça terrorista é moderado, o dispositivo de segurança será semelhante ao do ano passado, com interrupções de tráfego em locais de Lisboa e Porto onde é esperada grande aglomeração de pessoas.
Em outras capitais europeias, como Sófia, Viena, Budapeste e Praga, as especiais medidas de segurança se estenderão desde os centros urbanos, onde será celebrada a chegada do Ano Novo, até aeroportos, estações de trem, estradas e grandes shoppings.
Em todas elas, além disso, está prevista prevê a instalação de blocos de cimento e veículos pesados nos acessos às zonas mais concorridas para evitar eventuais ataques como os ocorridos em outras cidades da Europa.
Os Estados Unidos reforçarão especialmente a segurança em Nova York e Las Vegas, alvos dos terroristas neste 2017.
A vigilância será maior nos acessos à Times Square, onde se reúnem mais de um milhão de pessoas para se despedir do ano, por causa dos atentados de 31 de outubro, que tiraram vida de oito pessoas, e de 11 de dezembro, sem vítimas mortais, mas com vários feridos.
As medidas incluem o fechamento de ruas desde o meio-dia, com caminhões cheios de areia e muros de cimento ao redor da praça.
Las Vegas se blindará com quase 2 mil soldados, com apoio aéreo e de franco-atiradores, para garantir a segurança na comemoração de Ano Novo, três meses depois do massacre a tiros que matou 58 pessoas que assistiam a um concerto ao ar livre.
O aeroporto e outros pontos sensíveis da cidade, como seu famoso calçadão, receberão especial vigilância para que os mais de 330 mil presentes previstos possam celebrar o novo ano sem problemas.

Número de militares que atuarão no Rio Grande do Norte sobe para 2.600

Paulo Victor Chagas 
Para garantir a segurança nas ruas das cidades do Rio Grande do Norte durante o réveillon e os primeiros dias do ano, o governo federal colocará em operação, até este domingo (31), cerca de 2.600 homens das Forças Armadas no estado. A previsão inicial era de que 2.000 integrantes do Exército, da Aeronáutica e da Marinha, além da Força Nacional, reforçassem a segurança no estado após a paralisação de policiais militares e civis.
De acordo com o governo no estado, 1.100 militares já estão atuando na Operação Potiguar III. Nas próximas horas, centenas de homens, procedentes de Pernambuco, Alagoas e Paraíba, devem reforçar os trabalhos. Além de Natal, a região metropolitana de Mossoró também receberá os efetivos militares.
O ministro da Defesa, Raul Jungmann, disse que a ação durará 15 dias e poderá ser prorrogada caso necessário para garantir a “ordem e a segurança”. Desde o último dia 19, membros das polícias Militar e Civil e do Corpo de Bombeiros paralisaram parcialmente as atividades em protesto contra o atraso no pagamento do décimo terceiro e de salários atrasados.
“Podemos afirmar que a virada de ano no Rio Grande do Norte será tranquila, e podemos assegurar também aos turistas que podem vir aproveitar todas as belezas e cultura que o estado oferece”, disse, neste sábado (30), em entrevista coletiva na capital do estado, o ministro da Defesa. Já o governador Robinson Faria voltou a fazer um apelo para que os bombeiros e membros das polícias civil e militar voltem o mais rápido às ruas.
O governo do estado informou que 86% dos policiais receberam os vencimentos de novembro. Os demais devem receber na semana que vem. Após o início da Garantia da Lei e da Ordem no Rio Grande do Norte, o governador transferiu para o Exército o controle dos órgãos de segurança pública do estado.

Governo negocia liberação de brasileiro detido na Venezuela

Paulo Victor Chagas 
O Ministério das Relações Exteriores está em negociação com o governo da Venezuela na tentativa de obter a liberação de um brasileiro preso no país vizinho essa semana. De acordo com o governo brasileiro, o Consulado do Brasil em Caracas mantém contato com as autoridades locais e com a família do jovem detido.
Segundo agências internacionais, a prisão do brasileiro Jonatan Moisés Diniz, de 31 anos, ocorrida essa semana, foi anunciada pelo deputado Diosdado Cabello, um dos principais nomes do governo Nicolás Maduro. De acordo com o ministério das Relações Exteriores, informações pessoais sobre o caso não serão divulgadas em respeito à privacidade do brasileiro.
Jonatan Diniz seria membro de uma ONG filantrópica que atua na Venezuela, mas de acordo com o deputado chavista, a entidade atua, na prática, como uma organização criminosa com “tentáculos internacionais”.
Os governos brasileiro e venezuelano estão em crise diplomática desde a semana passada, quando o embaixador do Brasil em Caracas foi declarado persona non grata pela Assembleia Nacional Constituinte.

Morre criança vítima de colisão esta manhã em Rio Bonito, no Rio

Cristina Indio do Brasil 
A criança de 12 anos, gravemente ferida na colisão entre um Parati e um Ford Fiesta, hoje (30), por volta das 5h40, na BR-101, altura de Rio Bonito, faleceu nesta tarde. Também morreram no acidente os três homens que estavam na Parati e dois homens e uma mulher que ocupavam o outro veículo, onde também se feriu gravemente mais uma criança. Ela permanece internada no Hospital Darcy Vargas, em Rio Bonito.
Inicialmente as crianças foram levadas para o Hospital Darcy Vargas, em Rio Bonito, mas diante da necessidade de atendimento específico, uma delas foi encaminhada para o Hospital Alberto Torres, em São Gonçalo, na região metropolitana do Rio, especializado em trauma, mas não resistiu aos ferimentos e morreu nesta tarde.
O delegado Carlos Eduardo Almeida, titular da 119ªDP (Rio Bonito), instaurou inquérito para apurar as circunstâncias do acidente. De acordo com a Polícia Civil, as vítimas que estavam no Ford Fiesta foram identificados como Irineu da Silva Leal, 64 anos, Leandro Oliveira Leal, 34 anos, Joycilene Reis de Lima, 29 anos. A criança que morreu não teve o nome revelado.
A Polícia Civil informou ainda que os ocupantes da Parati, que também morreram no acidente, foram identificados como Junior dos Santos Oliveira, 24 anos, Charles da Silva Costa, 18 anos e Roberto da Silva Costa, 21 anos.
A batida entre os dois veículos ocorreu depois de perseguição de agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) aos ocupantes da Parati. Ao perceberem que seriam abordados pelos policiais, o motorista entrou em um posto de gasolina, manobrou e voltou na contramão da rodovia, batendo de frente, cerca de 1,5 Km depois, com o Ford Fiesta.

Apostas para Mega da Virada podem ser feitas até 14h do dia 31 de dezembro

Neste domingo, 31 de dezembro, acontece o sorteio da Mega da Virada, prêmio especial de fim de ano da loteria da Caixa. As apostas podem ser feitas até as 14h do dia 31. A aposta simples custa apenas R$ 3,50 e pode ser feita tanto nos volantes específicos da Mega da Virada quanto nos volantes comuns da Mega-Sena.
Em 2017, a Mega da Virada pagará o maior prêmio da história: a previsão é que chegue aos R$ 280 milhões.
Segundo a Caixa Econômica Federal, se um apostador acertar sozinho as seis dezenas e aplicar todo o prêmio na poupança, ele receberá cerca de R$ 1,2 milhão em rendimentos por mês.
G1

Governo recua e STF dará palavra final sobre indulto

Determinação de Cármen Lúcia foi feita por liminarO governo Michel Temer desistiu nesta sexta-feira (29) de publicar um novo decreto de indulto natalino depois de a presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), ministra Cármen Lúcia, derrubar trechos do texto.
Com isso, vale a publicação de 21 de dezembro com as regras do perdão de penas, excluindo três artigos e dois incisos vetados por Cármen. A avaliação era de que esses trechos poderiam colocar em risco a Lava Jato por estender o benefício a condenados por crimes como corrupção e lavagem de dinheiro.
O ministro da Justiça, Torquato Jardim, afirmou ontem que o governo obedecerá ao Supremo e aguardará o julgamento final da Corte. A decisão de Cármen Lúcia foi por meio de liminar (caráter provisório).
Só a partir de fevereiro, após o fim do recesso, o relator do caso, ministro Luís Roberto Barroso, poderá levá-lo a plenário. Torquato divulgou nota depois de se encontrar com Temer no Palácio do Jaburu, em Brasília.
— A decisão impede, neste momento, que milhares de condenados por crimes sem grave ameaça ou violência à pessoa possam beneficiar-se do indulto, contrariando a nossa tradição. O governo federal jamais praticou ato qualquer de restrição ou inibição à Operação Lava Jato.
Ele se referia a um dos itens barrados que previa o indulto a condenados por crime sem violência que já tivessem cumprido um quinto da pena, se não reincidentes, e um terço, se reincidentes. Em 2016, o indulto exigia o mínimo de um quarto.
O projeto original de indulto feito pelo CNPCP (Conselho Nacional de Política Criminal e Penitenciária) a que o Estado teve acesso e entregue pelo conselho ao ministro da Justiça previa a exclusão de indulto dos acusados de crimes contra a administração pública (corrupção, por exemplo) e de lavagem de dinheiro e organização criminosa. A restrição foi retirada do texto do decreto. Também previa a necessidade de uma quarto do cumprimento de pena para se ter o benefício.
Polêmica. Apesar dessas mudanças, o professor de Direito Penal da USP (Universidade de São Paulo) Sérgio Salomão Shecaira, diz que as reações contra o decreto do governo não se sustentam. O documento até podia ter excluído do indulto os corruptos por “oportunidade e conveniência”, pois essa é uma tradição que “remonta a 1821”.
— Mas o presidente não está botando ninguém na rua.
Shecaira explica que o indulto tem caráter genérico, não é dirigido a presos em particular, ao contrário da graça, que é individual. Ele também não é imediato após o decreto.
— A concessão é feita pelo Judiciário, ouvido o Ministério Público.
Os magistrados podem, em cada caso, verificar se há desvio de finalidade, como alegado por Cármen Lúcia para negar o indulto.
Shecaira critica a decisão da ministra por considerar que ela suprime a possibilidade de os juízes se manifestarem nos casos concretos e por impedir, em razão de uns poucos presos por corrupção um direito que podia ser dado a milhares de detentos por outros crimes.
— Indulto não é só questão humanitária, mas também questão de política criminal.
Carmen suspendeu ainda o indulto para os casos de multas e para as penas restritivas de direitos (como o uso de tornozeleira eletrônica). Neste caso, professor afirma que tanto a multa quanto as penas restritivas de direito podiam ser indultadas.
— As multas já haviam sido alvo de indulto em 2009.
Shecaira, que presidiu o CNPCP, diz que o perdão da multa é para acusados de delitos menores e não para a grande corrupção.
— É medida humanitária em 99% dos casos, mas deve ser negada a quem tem recursos para pagar. Mais uma vez, é o juiz que vai analisar o caso concreto.
Limite. Na visão da desembargadora do Tribunal de Justiça de São Paulo Ivana David, o indulto decretado extrapola limites da Constituição. Ela cita, por exemplo, o benefício quando a pena não é definitiva e há recurso pendente do Ministério Público para aumentá-la.
— O limite do presidente é o limite constitucional. A comutação de pena exige trânsito julgado da sentença.
Já o criminalista Gustavo Badaró não vê inconstitucionalidade no decreto do governo, embora considere exagerado o fato de ele não limitar o indulto pelo tamanho da pena do preso — até 2016 o indulto só podia ser concedido para presos que recebiam até 12 anos de prisão. Segundo ele, isso foge da tradição do direito no País.
— A Constituição dá ao presidente o direito genérico de indultar.

R7

Prefeito sanciona lei que cria Secretaria de Segurança Pública em Parnamirim

A Prefeitura de Parnamirim publicou no Diário Oficial desta sexta-feira (29) a criação da Secretaria Municipal de Segurança, Defesa Social e Mobilidade Urbana. A lei que estabelece a criação da nova pasta foi aprovada pela Câmara Municipal e sancionada pelo Prefeito Rosano Taveira.
O documento informa a mudança da Secretaria Municipal de Trânsito e Transporte – SETRA, em Secretaria Municipal de Segurança, Defesa Social e Mobilidade Urbana – SESDE, que englobará, em sua estrutura, tanto os assuntos relativos à segurança pública, quanto aqueles relacionados ao trânsito.
A publicação traz ainda as principais atribuições da nova pasta. Entre elas estão: a propisição de uma política de defesa social do município, com ênfase na prevenção da violência e realização de programas sociais; promoção e articulação nas instâncias federal e estadual e a articulação dos demais órgãos da administração com a sociedade.
Para o Prefeito Rosano Tveira, a criação da Secretaria de Segurança Pública é um passo muito importante para o município. “A área de segurança é uma das prioridades da minha gestão. Acompanhei de perto todos os trâmites necessários para que chegassemaos até a esse momento e posso dizer que Parnamiirm está no caminho certo”, destacou Taveira
Titular da nova secretaria, o Coronel Marcondes Pinheiro declarou que próximo passo será a elaboração de um edital para a abertura de um concurso público e assim, colocar a Guarda Municipal em funcionamento.
BG

Suspeito de atirar em agente penitenciário é morto a tiros dentro de hospital no RN

O suspeito de balear um agente penitenciário durante um assalto em Mossoró, na região Oeste potiguar, foi morto dentro do maior hospital da cidade durante a madruga desta sexta-feira (30). Adson Lincoln Severiano da Silva, de 34 anos, foi executado com sete tiros na cabeça enquanto era levado para a sala de Raio-X da unidade. O assassino fugiu em seguida.
O Rio Grande do Norte vive uma crise na segurança pública desde a última terça-feira (19), quando policiais militares e bombeiros paralisaram atividades em protesto contra atraso de salários. Eles também afirmam que só voltarão às ruas com viaturas e equipamentos em condições adequadas de uso. Desde a quarta-feira (20) policiais civis só trabalham em escala de plantão. Nesta sexta-feira (29), homens das Forças Armadas começaram a fazer patrulhamento em Natal. O reforço também chegará a Mossoró.
Segundo a Delegacia de Plantão de Mossoró, Adson atirou em um agente penitenciário durante uma tentativa de assalto na noite desta sexta (29) no bairro Planalto 13 de Maio. A vítima reagiu e na troca de tiros quatro balas atingiram o agente, que foi socorrido ao Hospital Tarcísio Maia. O suspeito também ficou ferido com tiros nas pernas e chegou a ser espancado pela população antes da chegada da Polícia Militar. Ele foi encaminhado para a mesma unidade hospitalar em que a vítima estava.
No inicio da madrugada, quando Adson era conduzido para a sala de Raio-X, dentro do hospital, um homem se aproximou com o rosto coberto por uma máscara hospitalar e atirou várias vezes.
Nenhum policial acompanhava o suspeito do assalto dentro da unidade. Agentes da Delegacia de Plantão ainda iriam ao local para realizar a prisão em flagrante do suspeito. A reportagem não conseguiu contato com a direção da unidade, porém, segundo a polícia, a unidade conta com segurança armada. Ainda assim, o suspeito conseguiu fugir.

Com informações do G1/RN

Apple Brasil derruba preço para trocar bateria de iPhone antigo

Brasileiros também poderão participar do programa mundial de troca de baterias antigas em iPhones. Na noite desta sexta-feira (29), o escritório da Apple no Brasil anunciou a redução no preço cobrado pela substituição do componente: com desconto de R$ 300, o valor tabelado de R$ 449 cai para R$ 149. A nova cifra passa a valer “a partir do final de janeiro” e decorrerá ao longo de 2018.
A Apple se envolveu em uma polêmica ao admitir que reduziu a velocidade de processamento de iPhones lançados entre 2014 e 2016. De acordo com a companhia, a técnica foi adotada para impedir situações mais drásticas, como a reinicialização inesperada dos celulares.
O programa de desconto na troca de bateria foi anunciado nesta semana. Nos Estados Unidos, o valor passou de US$ 79 (cerca de R$ 260, sem considerar impostos) para US$ 29 (aproximadamente R$ 96). Na ocasião, a matriz da Apple na Califórnia informou que o mesmo programa seria adotado mundialmente, mas a filial brasileira ainda não havia detalhado os valores.
O preço de R$ 449, até então praticado no mercado nacional, era válido para as trocas de bateria fora da garantia realizadas em lojas da marca e assistências técnicas homologadas pela Apple. Reportagem do TechTudo revelou, no entanto, que os clientes têm à disposição preços mais baixos – entre R$ 150 e R$ 250 – quando procuram suporte técnico oferecido por terceiros. Nestes casos, a garantia fica sob responsabilidade do prestador de serviço, com duração de cerca de três meses após a realização do serviço.
Em uma longa carta, publicada na quinta-feira (28), a empresa da maçã pediu desculpas aos consumidores por não informar com a devida transparência sobre uma mudança na forma como o iOS gerencia a capacidade de processamento do telefone. Em modelos antigos, como o iPhone 6, iPhone 6S e iPhone SE, a bateria passa pelo processo de envelhecimento químico, o que, em alguns momentos, poderia causar transtornos ao usuários caso o chip continuasse funcionando em velocidade máxima. Em virtude disso, a fabricante passou a limitar o clock, frequência com que o processador funciona.
Na nota, a empresa destacou, em diversos momentos, que a deterioração da bateria faz parte do envelhecimento do componente. Também lembrou que isto não é exclusivo dos iPhones, mas ocorre em todos os celulares dependentes de bateria de íon de lítio – a maioria esmagadora à venda hoje em dia.
Atualmente, a Apple enfrenta processos judiciais nos Estados Unidos, em Israel e na França por causa da crise envolvendo iPhones antigos. Um grupo francês de defesa de consumidores acusa a fabricante de promover a obsolescência programada, prática considerada crime naquele país.

TechTudo

RN registra 87 mortes violentas desde o início da paralisação de policiais

O Rio Grande do Norte registrou 87 homicídios desde o início da paralisação da Polícia Militar, no último dia 19 de dezembro, até a tarde deste sábado (30). O número representa um aumento de 40,3% em relação ao mesmo período do ano passado, quando foram contabilizadas 62 mortes violentas. Os dados são do Observatório da Violência Letal Intensional – instituto de contabiliza as mortes violentas no estado.
Esta sexta-feira (29) foi o dia mais violento, registrado pelas forças de segurança do Rio Grande do Norte, ao longo dos 12 dias. No site do Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep), foram contadas 15 mortes violentas por arma de fogo, ao longo do dia. De acordo com o OBVIO, foram 17 casos nas 24 horas. Ainda segundo a organização, após a morte de 26 presos na Penitenciária de Alcaçuz, em janeiro, esse foi o dia mais violento do ano, no estado.
Neste sábado (30), tanto o Itep quanto o instituto contabilizaram cinco mortes violentas até o final da tarde.
O reforço de 2,8 mil militares das Forças Armadas começou a chegar no estado nesta sexta-feira (29). Apesar da presença de um efetivo de 720 homens nas ruas de Natal, a noite foi violenta nas ruas da capital.
Até então, o dia com o maior número de homicídios havia sido, tinha sido o sábado (23), que registrou 11 mortos, segundo o OBVIO.
Na madrugada deste sábado (30), um homem foi morto com sete tiros dentro do maior pronto-socorro da região Oeste potiguar, no município de Mossoró. Ele era suspeito de ter atirado em um agente penitenciário durante uma tentativa de assalto, na noite da sexta (29). Também ferido na troca de tiros, ele aguardava um exame de Raio-X no Hospital Regional Tarcísio Maia, quando sofreu sete tiros.
Do dia 19 até as 7h deste sábado (30), o estado teve 586 crimes classificados como arrombamentos, roubos e assaltos, de acordo com dados oficiais da Secretaria de Estado da Segurança Pública (Sesed). Os casos, porém, são apenas aqueles notificados e confirmados pelos órgãos oficiais. Na sexta, o estado registrou 37 roubos e três furtos. Não houve registro de arrombamentos.

Com informações do G1/RN

Odebrecht diz que apoiou políticos peruanos em campanha eleitoral

O empresário Marcelo Odebrecht disse que sua empresa apoiou políticos peruanos em suas campanhas eleitorais, revelou neste sábado o portal de investigações IDL-Reporteros, que publica o áudio e a transcrição das declarações.
“Com certeza apoiamos todos. (Alejandro) Toledo, Alan García, (Ollanta) Humala, Keiko (Fujimori)”, afirmou Odebrecht no encontro realizado em 9 de novembro em Curitiba com procuradores peruanos, indicou o IDL-Reporteros.
Segundo a gravação, o empresário indica que pediu a Jorge Barata, ex-representante da construtora no Peru, para apoiar mais a líder da Força Popular, Keiko Fujimori, que era uma das favoritas nas eleições de 2011.
“Nesse contexto disse (a Barata) para apoiar mais a Keiko”, disse.
Sobre o presidente, Pedro Pablo Kuczynski, disse: “Assisti a umas duas conferências do PPK que ele fez para dirigentes da Odebrecht (…). Eu escutei suas falas e escutei que havia dado essa consultoria econômica”.
Com esta declaração, o empresário ratifica o dito anteriormente de que quando Kuczynski deixou o cargo no governo de Alejandro Toledo (2001-2006), o contrataram para uma consultoria “para curar feridas”.
Segundo o depoimento de Marcelo Odebrecht, quando Kuczynski era ministro de Toledo, foi “uma pedra no sapato” para o projeto da estrada interoceânica.
Ao se referir ao ex-presidente Alan García, disse: “Barata também o apoiava”.
García respondeu, através de sua conta de Twitter: “Odebrecht não menciona nenhum fato concreto, suborno ou contribuição a Alan Garcia. Eles se vendem, eu não”.
“O restante é fumaça (‘Não posso precisar’, ‘Não posso dizer como’, ‘Não sei’)”, acrescentou em outro tuíte.
Em 2016, a construtora admitiu que pagou subornos de 29 milhões de dólares no Peru entre 2005 e 2014, durante os mandatos de Toledo, García e Humala.
Em fevereiro deste ano, foi ordenada a prisão preventiva de 18 meses de Toledo, acusado de ter recebido 20 milhões de dólares em subornos pela construção de uma estrada interoceânica. O juiz pediu sua extradição dos Estados Unidos, onde reside.
Em julho, foi ordenada a prisão preventiva de Humala (presidente entre 2011 e 2016) e sua esposa Nadine Heredia. Há algumas semanas se dispôs a mesma sanção contra quatro executivos e ex-executivos de grandes construtoras peruanas que foram sócias da Odebrecht.

ISTOÉ

Nos 40 anos de Lei do Divórcio, 1/3 dos casamentos acaba em separação

ctv-ynw-epi3514-sorocabasp-27122017Quarenta anos após a instituição da lei do Divórcio no Brasil, um a cada três casamentos termina em separação no País. É o que mostram os dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Um balanço feito com dados do instituto entre 1984 e 2016 aponta ainda que o número de dissoluções disparou com o passar dos anos. Em 1984, elas representavam cerca de 10% do universo de casamentos, com 93,3 mil divórcios. Essa correlação saltou para 31,4% em 2016 – com 1,1 milhão de matrimônios e 344 mil separações.
Apesar de a Lei do Divórcio vigorar desde 1977, os dados sobre o tema só começaram a ser incluídos nas estatísticas anuais de Registro Civil na década seguinte. Até aquele ano, o desquite era o dispositivo legal, mas não possibilitava uma nova união formal. O levantamento aponta mais de 7 milhões de dissoluções registradas no País entre 1984 e 2016, ou 580 divórcios por dia, ante 29 milhões de matrimônios.
No período, os casamentos subiram 17%. Já os divórcios aumentaram 269%. Na prática, o Brasil passou a contar com três gerações de casais legalmente separados. É o caso da família Dias Batista, de Sorocaba, que coleciona três divórcios concluídos e outro em andamento – e ainda assim permanece unida.
Fortalecimento. Para especialistas em Direito da Família, uma das razões do “boom” de divórcios é o recuo do preconceito. “As pessoas desquitadas, especialmente as mulheres, eram extremamente estigmatizadas”, diz Luiz Kignel, sócio da PLKC Advogados. “Houve uma mudança cultural em que se compreendeu que o divórcio não é um mal. Os casais que se separam não optaram pela solidão, mas pela felicidade.”
O avanço da legislação – que permitiu divórcio em cartório e retirou o prazo de separação – é outro motivo para a alta, segundo defende Mário Luiz Delgado, diretor do Instituto dos Advogados de São Paulo (Iasp). “Isso não significa o enfraquecimento do casamento como instituição, mas sim o fortalecimento”, diz. “Com esse cenário, nenhum casamento vai continuar por conveniência, medo ou dificuldade de ser dissolvido.”


Estadão

Parnamirim ganha Secretaria de Segurança Pública

A Prefeitura de Parnamirim divulgou em publicação dessa sexta-feira (29) do Diário Oficial do município a criação da Secretaria Municipal de Segurança, Defesa Social e Mobilidade Urbana. A lei que estabelece a criação da nova pasta foi aprovada pela Câmara Municipal e sancionada pelo Prefeito Rosano Taveira.
O documento informa que fica transformada a Secretaria Municipal de Trânsito e Transporte – SETRA, em Secretaria Municipal de Segurança, Defesa Social e Mobilidade Urbana – SESDE, que englobará, em sua estrutura, tanto os assuntos relativos à segurança pública, quanto aqueles relacionados ao trânsito.
A publicação traz ainda as principais atribuições da nova pasta. Entre elas estão: a propisição de uma política de defesa social do município, com ênfase na prevenção da violência e realização de programas sociais; promoção e articulação nas instâncias federal e estadual e a articulação dos demais órgãos da administração com a sociedade.
Para o Prefeito Rosano Tveira, a criação da Secretaria de Segurança Pública é um passo muito importante para o município. “A área de segurança é uma das prioridades da minha gestão. Acompanhei de perto todos os trâmites necessários para que chegássemos até a esse momento e posso dizer que Parnamiirm está no caminho certo”, destacou Taveira
Titular da nova secretaria, o Coronel Marcondes Pinheiro declarou que próximo passo será a elaboração de um edital para a abertura de um concurso público e assim, colocar a Guarda Municipal em funcionamento.
BG

CVM acusa Gabrielli e Graça Foster por supostas irregularidades

A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) acusou formalmente oito ex-executivos da Petrobras, incluindo os ex-presidentes José Sérgio Gabrielli e Maria da Graça Foster por supostas irregularidades na contratação de três navios-sonda.
A CVM aponta possível “inobservância de deveres fiduciários de administradores da Petrobras” na contratação das sondas Petrobras 10000, Vitória 10000 e Pride DS-5, todos alvo de investigação da operação Lava Jato por conta de acusações de pagamento de propina na contratação.
Foram ainda acusados pelo regulador do mercado de capitais, Almir Barbassa, Guilherme Estrella, Ildo Sauer, Nestor Cerveró, Paulo Roberto Costa e Renato Duque, sendo que os últimos três foram presos pela Lava Jato.
O processo sancionador foi aberto em agosto de 2016, instaurado pela CVM.

ISTOÉ

sexta-feira, 29 de dezembro de 2017

Réveillons das principais capitais turísticas devem movimentar R$ 5 bilhões

Jonas Valente 
As festas de Réveillon das quatro capitais com maior movimento turístico do país nesse período – Rio de Janeiro, Salvador, Fortaleza e Florianópolis – devem ter impacto econômico de R$ 5 bilhões nas economias locais. A estimativa é do Ministério do Turismo, a partir do levantamento de expectativa dos órgãos públicos da área de turismo de cada uma das prefeituras.
São Paulo, que também está entre os destinos mais procurados, não foi incluída no estudo por não ter elaborado projeções neste sentido. O montante estimado pelas prefeituras envolve gastos com hospedagens, alimentação, ingressos para festas e eventos, compras em comércios locais e outras formas de dispêndio dos turistas no período de virada do ano.
Na capital carioca, a previsão da Empresa de Turismo do Município do Rio de Janeiro (Riotur) é de uma movimentação de cerca de R$ 2,2 bilhões gerada pela presença de cerca de 2,7 milhões de turistas. Um exemplo da alta temporada é a ocupação da rede hoteleira, que deve atingir até 90%. A capital carioca foi eleita pelo site de viagens Kayak o destino preferido dos brasileiros para o fim de ano.
Em Salvador, a perspectiva é que as atividades dos visitantes resultem em R$ 405 milhões na economia local. É esperada a participação de 2 milhões de pessoas, sendo 410 mil turistas, para os cinco dias de festa previstos para o feriado. A prefeitura acredita que os hotéis ficarão lotados durante o período.
Em Fortaleza, a estimativa é da participação de 1,3 milhão de pessoas nos festejos no aterro da Praia de Iracema, sendo 650 mil visitantes. A expectativa da prefeitura é que a injeção de recursos nas empresas e comércios da cidade chegue a R$ 1,5 bilhão. Assim como no caso da capital baiana, a ocupação da rede hoteleira deve beirar os 100%.
A prefeitura de Florianópolis espera que a temporada da virada do ano, com a festa na Avenida Beira Mar, reúna 1 milhão de turistas e acresça R$ 780 milhões à economia local. A programação vai trazer 12 minutos de queima de fogos e bandas de estilos diversos.

Rodrigo Maia diz que trabalha para votar reforma da Previdência em fevereiro

Akemi Nitahara
Brasília - O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, fala sobre a expectativa de votações da Casa (Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse hoje (29) que trabalha para ter condições de votar a reforma da Previdência até 19 de fevereiro, como prevê o governo. Segundo o deputado, é necessário explicar com calma para que a sociedade entenda a questão.
“Vamos trabalhar e explicar com calma para o trabalhador. É só prestar atenção: quem ganha um salário mínimo no Brasil se aposenta com 65 anos. Quem ganha R$ 20 mil a R$ 30 mil se aposenta com 55 anos. A gente quer acabar com essa distorção. Não queremos tirar um real de ninguém, não queremos tirar a aposentadoria de ninguém. Mas não é justo o trabalhador brasileiro financiar a aposentadoria dos que ganham mais no serviço público e dos que ganham mais também no regime geral, porque esses são os que aposentam mais jovens", afirmou Maia. O deputado reforçou que é preciso acabar com essa distorção e ressaltou que há "um passivo muito grande e crescente”.
Maia conversou com a imprensa após participar da cerimônia de assinatura da liberação de recursos do Ministério da Educação para escolas das redes estadual e municipal do Rio de Janeiro, nesta quinta-feira (29) no Palácio Guanabara, sede do governo do estado.
Sobre o deputado Paulo Maluf (PP-SP), preso em Brasília, Maia disse que o Departamento Jurídico da Câmara está analisando o caso e que o plenário vai deliberar sobre o mandato do parlamentar paulista na volta do recesso.
Questionado sobre a polêmica a respeito do decreto de indulto natalino, assinado na semana passada pelo presidente Michel Temer e parcialmente suspenso pela presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, o presidente da Câmara disse que faltou uma explicação prévia sobre a questão. O decreto sofreu críticas de diversos setores.
“Tudo que você tem que explicar é ruim. E tudo que você coloca, que é polêmico, sem explicar antes, gera confusão. Acho que foi isso que aconteceu. Se tivesse explicado antes, com calma, com tempo, não teria gerado essas dúvidas. Eu tenho certeza que, de forma nenhuma, o presidente Temer está querendo beneficiar ninguém, é apenas uma linha jurídica em relação a um dever do presidente, que dá o indulto”.
Eleições
Rodrigo Maia afirmou que o DEM, partido a que é filiado, não tem intenção de sair da base do governo. De acordo com Maia, o projeto político e econômico do Democratas converge com as reformas em andamento.
“O DEM tem o ministro da Educação [Mendonça Fiilho], que faz um ótimo trabalho. O Brasil vem passando por uma grave crise, passando por um ponto muito importante com o impeachment [da presidenta Dilma Rousseff, em 2015], processo no qual o DEM teve papel ativo. Nossa responsabilidade, do meu ponto de vista, é participar, como estamos participando, dessa transição do impeachment até a próxima eleição. Não vejo motivo para o DEM não continuar colaborando com o Brasil por meio do Ministério da Educação”, acrescentou Maia.
Segundo o deputado, o partido está trabalhando para ter candidato próprio à Presidência da República em 2018, mas, antes de definir o nome, será preciso construir um projeto para o país e uma base de apoio nos estados. “Em momentos de crise e de mudança, quem conseguir se organizar melhor gera as condições para disputar a eleição nacional com chances de vitória. O DEM tem três ou quatro ótimos nomes, o meu é um deles, com certeza, mas o importante agora é o DEM organizar a sua base, porque não adianta ter candidatura sem apoio nos estados.”
Maia disse que a convenção do partido será em fevereiro, para depois se definir a renúncia de prefeitos que queiram disputar o pleito e a saída de ministros do governo. Aí, então, destacou o deputado, será possível “consolidar e anunciar um candidato nacional”, com um “arco de alianças”, já que, “no quadro pulverizado do Brasil, ninguém consegue vencer uma eleição sozinho”.

Odebrecht
Sobre a acusação de envolvimento com a Odebrecht, o deputado disse que a doação recebida da empreiteira consta da prestação de contas como doação oficial e que “não tem nenhuma contrapartida dita por ninguém”. “Está lá, registrado em 2010 e 2014. Estou com muita tranquilidade explicando tudo aquilo que vem a meu respeito.”

O Neto Lanches quer saber: Qual seu sanduíche preferido? Conta aí pra gente.


Força Nacional tem operações prorrogadas em quatro estados

Jonas Valente 
Brasília - Força Nacional protege o prédio do Ministério do Planejamento após manifestantes contra Reforma da Previdência quebrarem duas vidraças no Ministério da Previdência Social (Fabio Rodrigues Pozzebom/AO governo federal prorrogou a presença da Força Nacional em quatro estados: Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul e Sergipe. As equipes vão permanecer nesses estados até junho de 2018. Organizada pelo Ministério da Justiça, a Força Nacional é formada por agentes das instituições de segurança dos governos estaduais, como policiais civis e militares, além de bombeiros.

Os integrantes da força recebem treinamento específico e ficam em uma base centralizada em Brasília, denominada Batalhão Escola de Pronto Emprego (Bepe).
Em Aracaju, Natal e Porto Alegre, a permanência da força está sendo prorrogada pela segunda vez. Os agentes contribuem em ações de policiamento nas ruas, na polícia judiciária e em atividades de perícia. Segundo o Ministério da Justiça, a motivação para a manutenção das tropas é o combate a assassinatos e a casos de violência contra a mulher.
Como a presença da Força Nacional nesses locais teria contribuído para a redução de índices de criminalidade, os governadores dessas unidades da Federação solicitaram a permanência dos agentes. O Ministério da Justiça, contudo, não informou o comparativo dos índices.
Rio de Janeiro
O Rio de Janeiro apresenta quadro diferente. O estado recebe o reforço não apenas da Força Nacional, mas também das Forças Armadas. Hoje (29) o ministro da Defesa, Raul Jungmann, informou que o apoio do Exército será estendido até o fim do ano que vem. Jungmann justificou a presença de mais agentes no estado pelo que chamou de “um passo adiante em termos de criticidade de [falta de] segurança, do nível de degradação em nível de violência”.
A ação da Força Nacional será focada em contribuir com as polícias e demais instituições do Rio de Janeiro no combate ao crime organizado, ao tráfico de drogas e armas e contrabando. O reforço já vem desde maio e ganhou o auxílio da Polícia Rodoviária Federal em agosto.

TRT do Rio proíbe greve de ônibus no Réveillon e fixa multa de R$ 100 mil

Vladimir Platonow
O Tribunal Regional do Trabalho (TRT) proibiu liminarmente, nesta sexta-feira (29), a deflagração de greve dos funcionários de empresas de ônibus do município do Rio no próximo dia 31, como havia sido decidido pela categoria há um mês. O juiz Evandro Pereira Valadão Lopes considerou a realização da greve como abusiva, pois foi marcada para ocorrer justamente durante o Réveillon, quando a cidade recebe milhares de turistas e milhões de pessoas se deslocam para Copacabana.
“No caso em exame, por mais límpido que possa ser o direito ao exercício de greve, soa oportunista e irresponsável sua deflagração no dia 31 de dezembro. O movimento paredista, em tais dias, impedirá a livre locomoção de pessoas. Está-se diante da clássica hipótese de abuso de direito”, escreveu o juiz em sua decisão.
Valadão atendeu, parcialmente, ao pedido do Sindicato das Empresas de Ônibus da Cidade do Rio (Rio Ônibus), mas permitiu que a greve ocorra, a partir das 10h do dia 1º de janeiro, desde que respeitadas algumas exigências, como manutenção de 80% da frota nos horários de pico e 60% nos demais horários.
Caso a decisão não seja atendida, o juiz estipulou multa de R$ 100 mil ao Sindicato Municipal dos Trabalhadores em Empresas de Transporte Urbano (Sintraurb), R$ 10 mil a cada dirigente do sindicato e R$ 1 mil a todo trabalhador vinculado ao Sintraurb.
Recurso
O vice-presidente do Sintraurb, José Carlos Sacramento, disse que a entidade já ingressou na Justiça com pedido para suspender a decisão e justificou os motivos da greve. “Várias empresas estão com os salários atrasados, sem pagar o 13º salário, e não cumprem a nossa convenção coletiva. Todas as categorias tiveram aumento de salário, mas nós não. Aumenta tudo, o arroz e o feijão, mas não aumenta o nosso salário. Como é que a gente faz?”, questionou o dirigente.
Sacramento lembrou que as empresas de ônibus estão, desde o início do ano, em uma queda de braço com o prefeito Marcelo Crivella e também com a Justiça, que não só impediu o aumento das passagens em 2017, como determinou a redução de R$ 3,80 para R$ 3,40. Por conta disso, segundo o vice-presidente do Sintraurb, oito empresas já fecharam as portas no Rio, sendo a mais recente delas a São Silvestre, que anunciou ontem (28) o encerramento das atividades.
Segundo a prefeitura, as empresas receberam em anos passados aumentos extras na tarifa para equiparem toda a frota com ar-condicionado, o que não ocorreu.

Onda de frio extremo atinge EUA e sinaliza Ano-Novo gelado

Da Agência Reuters
Nevasca em Nova YorkUma corrente de ar ártico que fluiu por muitas partes dos Estados Unidos nesta semana se fortaleceu nesta sexta-feira (29) e levou um frio recorde para vários locais. Meteorologistas alertaram visitantes e moradores de sul a norte do leste do país para esperarem condições congelantes na véspera do Ano-Novo. A informação é da Reuters.
Em lugares tão ao sul quanto Charleston, na Carolina do Sul, uma chuva congelante revestiu o campanário da histórica igreja da cidade, enquanto uma capa de gelo cobriu rochas próximas de Niagara Falls, conforme as trovejantes cataratas na fronteira do estado de Nova York com o Canadá congelavam no ar intensamente frio.
Pelo segundo dia consecutivo, os estados da Dakota do Norte e Minnesota ficaram entre os locais mais frios do país, fazendo com que o Serviço Meteorológico Nacional dos EUA emitisse um alerta para a região. As temperaturas na Dakota do Norte, no norte do país, são esperadas para variar em torno de -34,4 graus Celsius neste sábado, com uma sensação térmica de cerca de -45,5 graus, disse o meteorologista Ken Simosko, do Serviço Meteorológico na Dakota do Norte.
As centenas de milhares de pessoas que vão para a Times Square, em Nova York, para celebração de Ano Novo no domingo podem testemunhar a segunda noite mais fria já registrada, disseram meteorologistas. A expectativa é de temperaturas em torno de -12 graus Celsius ou ainda mais frio no centro de Manhattan, segundo meteorologistas.

Motoristas de São Paulo encontram lentidão em rodovias rumo ao litoral

Camila Boehm
A Rodovia dos Imigrantes, que dá acesso à Baixada Santista, estava congestionada em vários pontos no começo da noite por causa do excesso de veículos, segundo a Ecovias, concessionária que administra os trechos.
No mesmo horário, por volta das 19h, a Via Anchieta registrava lentidão no sentido litoral, do quilômetro (km) 26 ao km 31, também por excesso de veículos. O sistema está em Operação Descida (7x3), em que a descida para o litoral é feita pelas duas pistas da Via Anchieta e pela pista sul da Rodovia dos Imigrantes. A subida para São Paulo é realizada apenas pela Imigrantes.
Na Baixada Santista, a Rodovia Padre Manoel da Nóbrega tem tráfego lento no sentido Praia Grande, do km 280 ao km 292. O tempo está encoberto e a visibilidade é parcial.
Desde as 0h de terça-feira (26), quando se iniciou a contagem do feriado de Ano-Novo, mais de 431 mil veículos desceram a serra em direção à Baixada Santista. No sentido da capital paulista, a concessionária registrou a passagem de mais de 224 mil veículos. Entre 18h e 19h de hoje, desceram mais de 6,8 mil veículos e subiram mais de 3,1 mil.
Interior
As condições de tráfego nas rodovias Ayrton Senna e Carvalho Pinto, que ligam a capital paulista ao interior e dão acesso a estradas que levam ao litoral, estão boas, segundo a concessionária Ecopistas. Na região de Caçapava, o tempo está chuvoso. Nos demais trechos, o tempo está encoberto, mas com boa visibilidade.
Entre 29 dezembro e 1º de dezembro, a estimativa da Ecopistas é que entre 710 e 835 mil veículos passem pelas quatro praças de pedágio do corredor Ayrton Senna/Carvalho Pinto, nos dois sentidos.
Entre 18h e 19h de hoje, mais 8.658 veículos passaram pelas vias no sentido interior. Desde a 0h de hoje, mais de 132 mil veículos utilizaram as vias para sair da capital.

Morre no Rio o escritor e roteirista José Louzeiro

Paulo Virgilio
O escritor, roteirista e jornalista maranhense José Louzeiro, de 85 anos, morreu hoje (29) em sua residência no Rio de Janeiro. A causa da morte ainda é desconhecida, mas, segundo parentes do escritor, ele enfrentava há anos problemas de saúde, em função do diabetes.
Nascido em São Luís, em 1932, José de Jesus Louzeiro ingressou no jornalismo aos 16 anos de idade, como estagiário no jornal O Imparcial, na capital maranhense. Com 21 anos, veio para o Rio de Janeiro, onde se radicou e trabalhou por mais de 20 anos como repórter policial, em importantes jornais e revistas como Diário Carioca, Correio da Manhã, Última Hora e Manchete.
A estreia na literatura foi em 1958, com o conto Depois da Luta, mas o reconhecimento veio mesmo em 1976, quando Louzeiro lançou Lúcio Flávio, o Passageiro da Agonia, o primeiro título no gênero literário que o consagrou, o romance-reportagem, narrativas biográficas baseadas em casos famosos da crônica policial.
Foram quase 40 livros no gênero, entre os quais destacam-se Infância dos Mortos, que mais tarde serviu de argumento para o filme Pixote, a Lei do Mais Fraco, de Hector Babenco, que teve Louzeiro como roteirista; Aracelli, Meu Amor, e Em Carne Viva, que reviveu o drama da estilista Zuzu Angel e de seu filho Stuart Angel, morto pela ditadura militar, na década de 70.
No cinema, além de Pixote, Louzeiro assinou o roteiro de outros nove filmes, entre os quais O Homem da Capa Preta, Sergio Rezende, Os Amores da Pantera, de Jece Valadão, e Amor Bandido, de Jeff Nichols. Foi também autor de telenovelasm como Qorpo Santo, Guerra sem Fim e O Marajá. Esta última, uma comédia inspirada no governo de Fernando Collor, foi censurada antes de ir ao ar.

Governo encerra folha de novembro nos próximos dias; mais de 80% dos servidores foram pagos

O Governo do RN concluiu nesta sexta-feira, 29, o pagamento dos servidores ativos, inativos e pensionistas que ganham até R$ 4 mil, o que correspondente a  80% da folha de pagamento total e 86% da folha das polícias.
Os servidores que recebem acima de R$ 4 mil, ativos, inativos e pensionistas, serão pagos na próxima semana.
O Governo do RN mantém todos os esforços para quitar também o décimo terceiro e a folha de dezembro no mês de janeiro, para todos os servidores, conforme já anunciado.
Até o momento, os servidores da Educação e dos órgãos da administração indireta que arrecadam recursos próprios, entre eles CAERN, Potigas e Idema, já receberam os salários de novembro, dezembro e 13º, totalizando mais de 23 mil servidores sem pagamentos pendentes.
BG

Governador convoca bancada federal para discutir solucões para a crise

O governador Robinson Faria convocou a bancada federal para reunião na Governadoria no dia 4 de janeiro, às 10h.
A reunião vem após uma série de conflitos públicos entre o governo e a bancada. Com reunião, proposta inclusive pelo deputado federal Beto Rosado na quarta (27), mas no auge da crise entre os políticos do RN, serão buscadas ações coordenadas para o enfrentamento da crise.
BG

Velejadores brasileiros presos com R$ 800 milhões em cocaína em Cabo Verde dizem ter sido enganados


Foram 18 dias navegando em alto-mar, entre Natal (RN) e Cabo Verde, enfrentando princípio de incêndio, furacões, problemas elétricos, hidráulicos, motor de barco fundido, ondas gigantes, água entrando no casco, telefone via satélite quebrado e doenças.
O relato dessa viagem turbulenta foi registrado no Facebook pelo gaúcho Daniel Guerra, de 36 anos, assim que pisou em terra firme, em 22 de agosto. “Para muitos, ler isso poderá ser um sofrimento, mas para mim é uma alegria, ‘it’s my job’ (é o meu trabalho), que me motiva e me deixa mais vivo com gana de quero mais”, escreveu.
E completou: “Agora descansar? Hahaha. Que nada! Bora carimbar o passaporte e consertar o que tem para fazer, e vamos para o surf em mama África. E, se der um tempo, tomar uma cerveja e desfrutar da cultura local.”
Não deu tempo. Horas depois da postagem, Guerra e outros dois marinheiros brasileiros – os baianos Rodrigo Dantas, de 25 anos, e Daniel Dantas, de 43 -, mais o capitão francês Olivier Thomas, foram presos em Cabo Verde.
A polícia diz ter recebido uma denúncia anônima e foi inspecionar o veleiro Rich Harvest. Encontrou sob o assoalho, em um esconderijo coberto de cimento, mais de uma tonelada de cocaína – uma carga avaliada em aproximadamente 200 milhões de euros (cerca de R$ 800 milhões).

Terra

Governador pede apoio dos poderes e anuncia plano de recuperação econômica para o RN

O governador Robinson Faria anunciou há pouco em seu Twitter que apresentará medidas para redimensionar as finanças do Rio Grande do Norte por ocasião de pacto assumido com o governo federal no Plano de Recuperação dos Estados.
Ao fazer o anúncio, apelou a todas as estruturas do Rio Grande do Norte que se somem para um esforço conjuntos.
“É hora de nos unirmos: poderes, órgãos fiscalizadores e classe política, para tirarmos o Estado da crise. Esse é um trabalho de todos nós. Vamos firmar um pacto pelo Rio Grande do Norte”, anunciou o mandatário.
Robinson também antecipou que já conversou com os presidentes dos poderes e acordaram uma reunião para os primeiros dias de janeiros para informar sobre as providências que estão sendo tomadas para o enfrentamento da crise.
Além disso, antecipou que haverá convocação extraordinária da Assembleia Legislativa para que sejam apreciadas e votadas as medidas de recuperação econômica.
BG

Médico descarta câncer de próstata no presidente Michel Temer

Com histórico recente de problemas urinários, Michel Temer, 77, foi submetido a uma biópsia no hospital Sírio Libanês e, segundo um médico que o acompanha, está descartada a possibilidade de que o presidente pudesse estar com um um câncer de próstata.
“O presidente não tem câncer de próstata. Todos os dados clínicos iniciais e os exames realizados, incluindo biópsia da próstata, descartaram essa possibilidade”, afirmou ao UOL o médico, que pediu para não ser identificado.
Na quarta-feira (20), Temer viajaria para Alagoas, para inaugurar unidades habitacionais do programa Minha Casa, Minha Vida. No entanto, foi orientado a cancelar a viagem e acatou. Por ter feito uma cirurgia recentemente e estar usando uma sonda, os médicos indicaram a ele que poderia sentir um desconforto.
Antes de Alagoas, ele também desistiu de viajar para o sudeste Asiático, pelo mesmo problema. Sentindo incômodo pela sonda urinária, Temer desistiu de passar a virada do ano no Rio de Janeiro, como estava programado anteriormente. No entanto, ele disse que não iria por causa da previsão de chuva. O presidente deve passar o Ano Novo em Brasília com a família.
Com informações do UOL

Justiça proíbe acampamentos do MST em área de julgamento de Lula em Porto Alegre


A Justiça Federal de Porto Alegre determinou, na noite da última quinta-feira, a proibição de acampamentos do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) em áreas próximas ao Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) durante o período em que ocorre o julgamento da apelação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no caso do tríplex do Guarujá, marcado para 24 de janeiro.
Na decisão, o juiz Osorio Avila Neto, da 2 ª Vara Federal de Porto Alegre, determinou, desde já e até três dias após o julgamento, a proibição de acampamentos no interior do Parque Maurício Sirotski Sobrinho, também conhecido como Parque Harmonia, localizado a menos de 300 metros do Tribunal. O texto também diz respeito a terrenos estacionamentos e áreas próximas ao local.
O juiz também acatou pedido feito pelo Ministério Público Federal (MPF) para que a área determinada para manifestações a favor do ex-presidente seja isolada para não prejudicar o tráfego de veículos no dia do julgamento.
“Não sou especialista em tráfego de trânsito, mas até um leigo pode perceber que manifestações de massa em dia útil na cidade de Porto Alegre e que envolvesse simultaneamente estes locais colocaria a cidade em caos”, escreveu no despacho.
Em nota, a comissão executiva nacional do PT afirmou que a decisão criminaliza o MST “colocando-o como réu em uma ação de cunho autoritário e antidemocrático” e anunciou que deve recorrer da decisão.
“Utilizaremos todas as medidas judiciais cabíveis e reafirmamos a grande mobilização popular em Porto Alegre, como em todo o Brasil, em defesa de eleições livres e do direito do maior líder popular brasileiro, líder também nas pesquisas de intenção de votos para a presidência da República, Luiz Inácio Lula da Silva, de reafirmar sua inocencia e de ser candidato nas eleições de 2018”, escreveu.
Desde que a data do julgamento foi determinada pelo Tribunal, o partido vem convocando a militância para comparecer a Porto Alegre como forma de pressionar as autoridades. No início do mês, o ex-ministro José Dirceu chegou a charmar a data de “dia da revolta”.
Não é a primeira vez que militância e legenda criticam a Justiça pelas medidas de segurança envolvendo o ex-presidente. Em maio deste ano, às vésperas do depoimento de Lula ao juiz federal Sergio Moro em Curitiba, a 5ª Vara da Fazenda Pública determinou a proibição da montagem de acampamentos e estruturas em qualquer rua ou praça da cidade. Na ocasião, movimentos sociais realizaram diversas atividades no centro do município em apoio ao petista.
O Globo

2018 começará com Super Lua já no 1º dia do ano e terá Lua Azul no final de janeiro

Carl Sagan cunhou uma frase que ficou mais famosa que ele, talvez. Ele disse, umas duas décadas atrás, que somos feitos de poeira estelar, ou material estelar dependendo da tradução. A ideia, corretíssima, é que cada átomo que compõe nosso corpo passou por uma estrela. Tirando o hidrogênio criado no Big Bang, todo átomo foi criado dentro de uma estrela. Depois disso os átomos se combinaram em moléculas cada vez mais complexas que se organizaram em organismos cada vez mais complexos e cá estamos nós.
Em escala um pouco maior isso também é verdade. O Sistema Solar que habitamos foi formado há mais ou menos 5 bilhões de anos. Da nuvem original saíram o Sol e todos os corpos celestes que fazem parte do sistema, como os planetas, asteroides e cometas, por exemplo. Essa nuvem era composta dos restos de milhares de outras estrelas mais antigas que explodiram e espalharam seu material enriquecido de átomos pesados pela galáxia.
De acordo com a teoria mais aceita para a formação do Sistema Solar, a nuvem original sofreu um “empurrãozinho” externo para iniciar o seu colapso. Esse empurrão foi, na verdade, uma onda de choque produzida por uma explosão de supernova relativamente próxima à nós. A explosão também colaborou para dar uma pitada de elementos químicos, como por exemplo alumínio-26 e ferro-60.
Os dois elementos são isótopos usados para estudar justamente a possibilidade de ter mesmo havido uma supernova por perto e não é de hoje que os resultados são controversos. O banho de elementos químicos provocados por supernova teria temperado a nuvem do Sistema Solar com os dois isótopos acima, mas estudos de meteoritos mostram outra coisa.
Os meteoritos são testemunhos químicos do material que compunha a nuvem que formou o sistema todo. Eles foram formados em regiões distantes de onde o Sol se formou e por isso não tiveram alteração química relevante. A análise da composição de meteoritos recuperados na Terra mostra uma grande deficiência de ferro-60, sugerindo que a hipótese de supernova possa não ser a correta.
Então o que poderia ter dado origem ao Sistema Solar?
Uma estrela massiva chamada Wolf-Rayet, como essa da foto. Uma Wolf-Rayet é uma estrela com mais de 40 ou 50 vezes a massa do Sol e que já está em seus estágios finais de evolução. Além da massa e alta temperatura, estrelas deste tipo se caracterizam por emitirem fortes ventos estelares. O interior das Wolf-Rayet tem condições de temperatura e pressão para produzir elementos pesados e o intenso vento pode espalhar essa produção toda pelas vizinhanças. Todavia, a fornalha estelar não consegue produzir elementos mais pesados que o ferro e toda vez que uma estrela tenta fazer isso ela se colapsa para, em seguida, explodir em supernova. Da explosão de supernova é que saem os elementos químicos mais pesados que o ferro.
Um estudo publicado essa semana no “Astrophysical Journal” dá uma explicação no mínimo curiosa para a ausência do ferro-60, esperado nos meteoritos se a tudo tivesse começado com uma explosão de supernova mesmo. O nosso Sistema Solar, e por consequência nós mesmos, teríamos sido formados de uma bolha ejetada de uma estrela Wolf-Rayet. É mais ou menos isso, somos feitos de uma golfada de estrela.
O material produzido por essas estrelas não possui ferro-60 já que ele só é criado em explosões de supernovas, mas possui o alumínio-26 que está nos meteoritos estudados. O estudo liderado por Nicolas Dauphas, da Universidade de Chicago, mostra através de simulações que o intenso vento estelar pode formar bolhas em regiões mais distantes da estrela. As bolhas poderiam ir se acumulando, tanto com outras bolhas quanto com o material interestelar e, ao se esfriar, produziria a poeira necessária para formar futuramente os planetas.
As simulações do time de Dauphas conseguem mostrar que até 16% das estrelas do mesmo tipo do Sol poderiam ser formadas por esse mecanismo, além de dar conta do problema da falta do ferro-60. Por outro lado, deixa uma questão importante em aberto. Ao final de sua vida, uma Wolf-Rayet termina seus dias, ou virando diretamente um buraco negro, ou em uma explosão de supernova. No primeiro caso, pouco ou nenhum ferro-60 é produzido, mas no segundo voltamos ao problema da produção igual de ferro e alumínio. Enquanto o trabalho mostra que existem mecanismos que possam blindar a poluição de ferro, ele não fala nada sobre como seria a formação de um sistema planetário tão perto de um buraco negro. Fica aí o questionamento!
Super Lua
E 2018 já começa bem! No primeiro dia do ano teremos uma super Lua, ou seja, quando a Lua Cheia se dá no ponto de maior aproximação com a Terra, chamado de perigeu. Como consequência de uma Lua Cheia logo no dia primeiro de janeiro, dia 30 teremos outra Lua Cheia e neste caso será uma Lua Azul!
Observatório – G1