terça-feira, 31 de julho de 2018

Osvaldo Cruz e Rafael Godeiro são condenados à prisão e a devolver R$ 6 milhões; penas ultrapassam 22 anos

Os ex-desembargadores Osvaldo Soares Cruz e Rafael Godeiro Sobrinho foram condenados pela Justiça potiguar por envolvimento em um esquema fraudulento que desviou R$ 14.195.702,82 do Setor de Precatórios do Tribunal de Justiça do RN, no período em que eram presidentes da instituição, segundo investigações do Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) que resultaram na deflagração da operação Judas, em janeiro de 2012. Osvaldo Cruz foi condenado por peculato e lavagem de dinheiro com pena de 15 anos de prisão e Rafael Godeiro por peculato, com pena de 7 anos e seis meses de reclusão. Além da reclusão em regime fechado, os ex-desembargadores também foram condenados a repararem, cada um, o valor de R$ 3 milhões.
Em junho de 2013, o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) já havia aplicado punição máxima a ambos em relação aos desvios de dinheiro praticados na Divisão de Precatório do Tribunal de Justiça do RN. Com a condenação, o desembargador Oswaldo Cruz foi aposentado compulsoriamente e Rafael Godeiro, que já estava aposentado, teve sua aposentadoria por idade convertida em compulsória, que é a punição máxima na esfera administrativa.
Agora, sob a ótica criminal, foi publicada a sentença do Juízo da 6ª vara Criminal de Natal, destacando que Osvaldo Soares da Cruz e Rafael Godeiro Sobrinho “militaram com absoluta violação de deveres para com a administração pública, desde que ostentando a condição privilegiada de Desembargador Presidente do Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Norte, predicativos que lhes facilitou sobremaneira os desvios do dinheiro público destinado ao pagamento de precatórios”.
Peculato é o crime praticado por servidor público ao se apropriar de dinheiro ou bens, ou desviá-los em proveito próprio ou alheio. Já o crime de lavagem de dinheiro se caracteriza por um conjunto de operações comerciais ou financeiras que buscam ocultar ou dissimular a origem ilícita de recursos.
Além deles, foram condenados em 2012, por sentença da 7ª vara Criminal da capital, a ex-diretora da Divisão de Precatórios do TJRN Carla de Paiva Ubarana Araújo Leal, e seu marido, George Luiz de Araújo Leal Costa.
O trabalho teve início com um pedido formal feito pela presidente do Tribunal de Justiça do RN, Judith Nunes, para que o Ministério Público tomasse parte na investigação que havia se iniciado dentro do Tribunal.

Número de desempregados recua 5,3% do primeiro para segundo trimestre

O número total de desempregados no país caiu de 13,7 milhões no primeiro trimestre deste ano para 13 milhões no segundo trimestre. Segundo os dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD-C), divulgados nesta terça-feira (31) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), de um trimestre para outro, houve uma queda de 723 mil pessoas na população desocupada, ou seja, de 5,3%.
Na comparação com o segundo trimestre do ano passado, também houve queda: 520 mil pessoas ou 3,9%.
A taxa de desemprego foi outro indicador que apresentou queda nesta edição da PNAD-C de 13,1%, no primeiro trimestre, para 12,4% no segundo trimestre do ano. No segundo trimestre do ano passado, a taxa era de 13%.
A população ocupada ficou em 91,2 milhões de pessoas, crescimentos de 0,7% (mais 657 mil pessoas) em relação ao trimestre anterior e de 1,1% (mais 1 milhão de pessoas) na comparação com o segundo trimestre de 2017.
Informalidade
Apesar disso, o crescimento do contingente de ocupados foi puxado pelos trabalhadores sem carteira assinada e aqueles que trabalham por conta própria. O número de empregados com carteira de trabalho assinada no setor privado, de 32,8 milhões, manteve-se estável em relação ao primeiro trimestre e caiu 1,5% (menos 497 mil pessoas) na comparação com o segundo trimestre de 2017.
O número de empregados sem carteira (11 milhões) cresceu 2,6% (mais 276 mil pessoas) em relação ao trimestre anterior e 3,5% (mais 367 mil pessoas) em relação ao segundo trimestre do ano passado.
A categoria dos trabalhadores por conta própria (23,1 milhões de pessoas) ficou estável em relação ao trimestre anterior e cresceu 2,5% (mais 555 mil pessoas) na comparação com o segundo trimestre de 2017.
Setores
Entre os dez grupamentos de atividades da economia, apenas dois tiveram crescimento nos postos de trabalho em relação ao primeiro trimestre: indústria geral (2,5%) e administração pública, defesa, saúde e educação (3,8%). Os demais setores mantiveram-se estáveis.
Na comparação com o segundo trimestre de 2017, também houve aumento em dois setores: administração pública, defesa, saúde e educação (3,7%) e outros serviços (6%).
Rendimento
O rendimento médio real habitual ficou em R$ 2.198 no segundo trimestre deste ano, relativamente estável tanto em relação ao trimestre anterior quanto na comparação com o segundo trimestre do ano passado.
Agência Brasil

Posto de coleta de sangue da Zona Norte está em novo endereço

A partir desta quarta-feira (1º) o Posto de coleta de sangue, na Zona Norte da capital, passa a funcionar em novo endereço: na Associação dos Deficientes Físicos do RN (ADEFERN), Rua Cariacica, 2000, Conjunto Santarém.
A unidade tem capacidade para atender 70 doadores e além de reforçar os estoques de sangue do Hemonorte, descentraliza o atendimento, facilitando o acesso da população ao serviço público de saúde.
A unidade vai funcionar de segunda a sexta, das 8h às 16h30, recebendo os candidatos à doação de sangue e realizando cadastro para doadores de medula óssea.
Quem pode doar:
· pessoas que tem entre 16 e 69 anos (menores de 18 anos de idade precisam de consentimento e acompanhamento do responsável legal);
· estar saudável;
· pesar acima de 50 kg;
· ter dormido 6 horas na noite anterior;
· evitar alimentos gordurosos antes da doação;
· não ter ingerido bebidas alcoólicas nas 12 horas anteriores
· apresentar um documento oficial com foto.

WhatsApp libera chamadas coletivas em áudio e vídeo; veja como usar

O WhatsApp prometeu e cumpriu. Depois de revelar em maio deste ano que lançaria chamadas de voz e vídeo em grupo, o recurso finalmente começou a ser liberado ao público na noite dessa segunda-feira, 30.
Até agora, apenas usuários da versão beta do aplicativo para Android poderiam chamar pessoas para participar de uma conversa coletiva. Usuários da versão convencional até poderiam participar, mas não poderiam convidar mais pessoas para um bate-papo. A partir desta segunda, usuários do Android e do iOS não terão mais restrições.
Existe uma limitação de no máximo quatro pessoas participando de uma conversa simultaneamente. Para iniciar uma chamada em grupo, primeiro é necessário iniciar uma conversa com uma pessoa; depois de ela aceitar, outros amigos podem ser incluídos na conversa pressionando o botão destacado na imagem abaixo. Para que ele apareça, é necessário dar um leve toque na tela.
Se você começou uma conversa e não está achando o botão de adicionar outras pessoas, é porque o recurso ainda não chegou para você. Neste caso, só resta esperar mais um pouco, mas não deve demorar muito para que isso chegue até o seu smartphone.
Olhar Digital

PGR recorre de decisão que concedeu liberdade ao ex-ministro José Dirceu

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, apresentou nesta segunda-feira (30) recurso contra decisão da Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) que em junho concedeu liberdade ao ex-ministro José Dirceu.
O ex-ministro foi condenado a 30 anos e 9 meses de prisão por corrupção ativa, lavagem de dinheiro e organização criminosa na Operação Lava Jato. Ele já havia começado a cumprir a pena neste ano.
No recurso apresentado ao Supremo, Raquel Dodge sustenta que há omissão, obscuridade e contradição na decisão que suspendeu a execução provisória da pena.
Raquel Dodge aponta problemas na origem do pedido, que, segundo a procuradora, não usou os meios previstos na lei processual penal. “In casu, todavia, José Dirceu resolveu se valer de meio processual absolutamente exótico ao sistema legal […]”, afirma.
A procuradora argumenta, ainda, que o pedido foi levado à julgamento sem que o Ministério Público Federal fosse intimado a se manifestar sobre o caso. A procuradora aponta omissão na observação do contraditório e da ampla defesa.
“Ocorre que esta decisão judicial acolheu a Petição apresentada pela defesa de José Dirceu de modo atípico, em supressão de instâncias, com fuga ao objeto da Reclamação e violação à competência jurisdicional (como será demonstrado posteriormente), sem, todavia, ouvir-se previamente o MPF, apesar, repita-se, do seu nítido interesse no caso e da sua relevância social”, disse.
De acordo com a procuradora-geral da República, o julgamento apresenta vícios com relação às regras processuais e à fundamentação adotada pela Segunda Turma.
“As consequências da adoção de decisões como a ora embargada (em que desrespeitados ritos, regras e normas, para, com isso, devolver a liberdade a réu condenado em dupla instância a mais de 30 anos de prisão), são graves”, afirma Raquel Dodge.
Segundo a procuradora, a decisão gera “descrença no devido processo legal” e “insegurança jurídica”.
“É que, ao se permitir que decretos prisionais de 1º e 2º grau sejam revistos diretamente por decisão da última instância do Poder Judiciário, como ocorreu neste caso, […] cria-se o senso de descrença no devido processo legal”, argumentou.

Dirceu foi preso em maio e levado para o presídio da Papuda, em Brasília, onde cumpre pena. Ele foi condenado pelo Tribunal Regional Federal da Quarta Região (TRF-4) a 30 anos e 9 meses de prisão, no âmbito da Operação Lava Jato, acusado dos crimes de corrupção passiva, organização criminosa e lavagem de dinheiro.
O processo teve origem na investigação, pela Operação Lava Jato, de irregularidades na Diretoria de Serviços da Petrobras. O Ministério Público Federal (MPF) apontou 129 atos de corrupção ativa e 31 atos de corrupção passiva, entre os anos de 2004 e 2011.
Segundo a denúncia, empresas terceirizadas contratadas pela Petrobras pagavam uma prestação mensal para Dirceu por meio de Milton Pascowitch, lobista e um dos delatores da Lava Jato. Para o MPF, foi assim que o ex-ministro enriqueceu.
De acordo com o MPF, também havia ilegalidades relacionadas à empreiteira Engevix. A empresa, segundo as investigações, pagava propina por meio de projetos junto à Diretoria de Serviços da Petrobras e teria celebrado contratos simulados com a JD Consultoria, empresa de Dirceu, realizando repasses de mais de R$ 1 milhão por serviços não prestados.
O ex-ministro chegou a ficar preso no Paraná entre agosto de 2015 e maio de 2017, quando conseguiu no Supremo Tribunal Federal (STF) um habeas corpus para aguardar o julgamento dos recursos em liberdade – mas com monitoramento por tornozeleira eletrônica.
G1

‘Operação Judas’: Quatro anos depois, sentença é definida em ação penal contra ex-desembargadores do TJRN

Dinarte Assunção
O juiz Ivanaldo Bezerra, da 6ª Vara Criminal de Natal, definiu a sentença na ação penal em que o Ministério Público do Estado denunciou os ex-desembargadores Osvaldo Cruz e Rafael Godeiro.
Os dois foram implicados na Operação Judas, que apurou desvios na ordem de R$ 14 milhões do setor de precatórios do Tribunal de Justiça.
Eles foram originalmente denunciados pela Procuradoria Geral da República ao Superior Tribunal de Justiça em razão do foro privilegiado, mas, quando foram punidos administrativamente pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), com a perda do cargo, tiveram o processo remetido à primeira instância.
O teor da sentença não foi disponibilizado. Em contato com o blog, o juiz Ivanaldo Bezerra confirmou que ela foi prolatada, mas explicou que por questões técnicas do Sistema de Automação Judicial (SAJ) não foi possível incluir o documento no espelho de acompanhamento virtual do caso.
Ivanaldo preferiu não comentar a decisão.
A sentença tem marcação de ‘condenação’ e ‘absolvição’, o que significa dizer que algumas das imputações alegadas pelo Ministério Público do Estado não se comprovaram.
O caso dos dois desembargadores foi recentemente tratado em reportagem do jornal ‘O Estado de S.Paulo’, que chamava a atenção para processos judiciais que se arrastavam no Judiciário quando as partes requeridas eram membros da magistratura.
O caso, na primeira instância, está em apuração desde 2014. Rafael e Osvaldo foram originalmente implicados na Operação Judas em 2012.
Nesta terça-feira (31), o BlogdoBG trará os detalhes da sentença.

“Ele não precisava dessa campanha”, diz Washington Olivetto sobre comercial de Neymar

De férias no Sul da França, o publicitário Washington Olivetto também assistiu ao polêmico comercial de Neymar para a Gillette. Tido como um dos precursores das campanhas de oportunidade no Brasil nos anos de 1970, um dos maiores nomes da propaganda avalia que a ideia não foi boa nem para o craque da Seleção nem para a empresa.
Qual sua opinião sobre a campanha da Gillette?
Atualmente, moro em Londres. Não vi a Copa do Mundo do ponto de vista do Brasil. Mas, claro, acompanhei porque sou torcedor. E difícil analisar quando não se tem o cotidiano, quando não se tem o dedo no pulso do Brasil. Mas, como um profissional da área, acho que o Neymar tem um patrimônio único para recuperar a sua imagem que é o seu talento jogando futebol. Nesse momento, a melhor coisa que ele poderia fazer é se poupar da presença na mídia e se dedicar a jogar futebol. Só assim ele vai recuperar a imagem em pouco tempo.
Mas essa campanha não ajuda a resolver a polêmica do jogador, quando ele se jogava no chão durante a Copa?
A campanha volta diretamente ao tema e realimenta o problema. Isso é natural, pois a gente fica relembrando problema que aconteceu. Ele é um fenômeno de talento e não de mídia. Mas, como ele tem talento, a solução não é a mídia. Com o seu talento, é possível esquecer tudo em três meses. Essa é a sensação que eu tenho, mas na comunicação a gente não tem certeza de tudo.
Mas por que Neymar, então, aceitou fazer essa campanha?
Eu não sei quem orienta o Neymar. Não sei quem sugeriu a campanha. Não sei se ele tinha obrigações contratuais com a marca. Mas, nesses casos, é preciso analisar todo o raciocínio da estratégia de comunicação.
Essa campanha de oportunidade veio no momento certo?
Sou tido como o cara que criou as campanhas de oportunidade. E elas são boas quando são de oportunidade e não oportunistas. Uma coisa é ser de oportunidade. Outra coisa é ser oportunista. Mas nesse caso não foi nenhuma das duas. Eu julgo que nesse momento a campanha não é necessária no caso dele porque faz relembrar o problema. Ele não precisava dessa campanha.
Qual conselho você daria para o Neymar nesse momento?
Que o Neymar exerça seu talento jogando bola e saia da mídia. Eu acho que as pessoas ficarão mais solidárias com o Neymar quanto mais ele exercer seu talento como jogador. Ele não tem obrigação de ir de se desculpar.
E para a marca? A campanha é positiva?
Outras marcas já haviam utilizado esse recurso de oportunidade com o próprio Neymar alguns anos atrás. Não quero criticar quem fez e nem criticar o Neymar. Mas nesse momento a campanha não é boa para ninguém. Nem para ele nem para o anunciante. É ruim porque relembra um problema. É bom ter sua imagem atrelada a coisas boas e não a problemas.
Mas o que uma campanha de oportunidade deve ter?
A campanha de oportunidade é um fenômeno da publicidade mundial. Foi iniciada nos Estados Unidos nos anos 1960 e continuado pelos ingleses em 1970 e muito usado pelos brasileiros. Eu fiz o que foi considerado o primeiro anúncio de oportunidade nos anos 1970 no Brasil. Eu trabalhava na DPZ. Eu tinha a conta do banco Itaú, que tinha criado uma máquina chamada Itaú Cheque para as pessoas tirarem dinheiro quando o banco estivesse fechado (espécie de máquina 24 horas). E o serviço seria muito útil em feriados prolongados. Hoje, é natural porque há um em cada esquina. E fiz um anúncio na Semana Santa que ficou famoso com o título “Itaú aproveita a Semana Santa para vender o seu peixe”. Campanha de oportunidade tem que ter senso de humor e alegria. São coisas que fazem o anúncio ficar legal e ser bem visto. Por isso, eu defendo que o anúncio de oportunidade seja atrelado a momentos de alegrias e vitórias.
O GLOBO

Na França, vídeo publicitário de Neymar é chamado de ‘surrealista’

O vídeo publicitário em que Neymar faz seu mea-culpa sobre sua atuação durante a Copa do Mundo, divulgado em seu perfil nas redes sociais na noite de domingo, foi criticado também na França nesta segunda-feira, às vésperas de seu retorno ao Paris Saint-Germain (PSG). Surpresos com a franqueza do craque, que admitiu simular faltas “às vezes”, jornais e sites de internet constataram a repercussão negativa na opinião pública brasileira e mencionaram o “surrealismo” da mensagem.
Entre os trechos mais mencionados pela imprensa francesa, aquele no qual o astro tenta justificar as simulações de faltas foi o mais reproduzido. Segundo o jornal L’Équipe, o vídeo de “publicidade-confissão”, em que o jogador do PSG admite seus exageros e se apresenta como um novo homem, fez com que Neymar “fosse mais uma vez severamente criticado pelos veículos de informação e uma parte da opinião pública no Brasil”. “A maior parte dos internautas que deixaram comentários na conta no Twitter do astro de 26 anos claramente colocaram em dúvida sua sinceridade”, afirmou o jornal.
Até mesmo veículos de informação de nicho, como a revista masculina GQ, abordaram o tema. “Em um vídeo produzido pela Gillette, um de seus patrocinadores, o jogador mais caro do mundo (€ 222 milhões) aproveitou para se explicar e se confiar de forma muito imagética e romanceada”, diz a publicação, que chama a publicidade de “muito surrealista”. “Neymar reconhece que ele exagera, o que talvez queira dizer que o fará menos daqui para a frente”, diz a revista, que completa: “Mais adiante ele diz, com razão, que leva muitas faltas dos adversários. Mas isso não mudará. Ele deverá continuar a sofrê-las”.
Desde a eliminação no Brasil, a maior parte das menções a Neymar na imprensa europeia não destacaram seu talento ou performance positiva na Copa do Mundo, mas seu comportamento controverso dentro e fora dos campos. Longe dos jogos oficiais, o craque da Seleção Brasileira e do PSG se tornou alvo recorrente de ironias, piadas e desconfianças até dos torcedores de seu clube. Como fez em outras oportunidades até aqui, nesta segunda-feira o clube não se manifestou sobre o vídeo gravado pelo jogador.
Ciente de que o momento do craque é difícil, o treinador do Paris Saint-Germain, Thomas Tuchel, voltou a garantir que dará atenção especial ao brasileiro. Questionado no domingo sobre a situação do astro, o treinador alemão garantiu estar em contato com seu jogador mais célebre, e que suas conversas não serão tornadas públicas. “Eu sou jovem, mas não tão jovem, então sei que qualquer palavra que disser sobre Neymar fará grande barulho. Quando eu falo algo com ele, isso permanece na intimidade”, garantiu, revelando estar em contato com o jogador. “Estou certo de que tenho uma boa conexão com ele, e de que devo ter uma boa conexão com qualquer grande jogador. Ele sabe como administrar grandes vitórias, e derrotas também. É assim que o esporte é. É um grande desafio dar a volta por cima, e eu vou ajudá-lo.”
Neymar retorna ao futebol profissional nessa semana. Ele integrará o grupo do PSG que disputará o título do Troféu dos Campeões contra o Mônaco, jogo oficial – embora de baixo interesse – que será disputado na cidade de Shenzhen, na China. “Esperamos por ele no dia em que chegarmos”, revelou Tuchel, referindo-se à quinta-feira.
O treinador, porém, não quis antecipar se Neymar estará ou não na equipe que entrará em campo. O brasileiro não joga uma partida oficial desde 6 de julho, data da eliminação do Brasil frente à Bélgica. Neymar também não participou da pré-temporada do grupo, nem dos amistosos do PSG nos Estados Unidos – encerrada segunda-feira, com uma vitória por 3 a 2 sobre o Atlético de Madrid, após duas derrotas para o Bayern de Munique e para o Arsenal. Dentre os brasileiros que estavam na Seleção, o astro será o último a se apresentar. Thiago Silva já está com o grupo desde segunda-feira, enquanto Marquinhos deverá se apresentar na quarta-feira, em Cingapura. O PSG estreia no Campeonato Francês em 12 de agosto, em casa, no Parque dos Príncipes, contra o Caen.
ESTADÃO CONTEÚDO

Ministro Fux: ‘Condenação em 2ª instância é suficiente para barrar candidatura’

Fux: 'Condenação em 2ª instância é suficiente para barrar candidatura'Durante entrevista coletiva sobre o programa Justiça Eleitoral Itinerante, nesta segunda-feira (30), na cidade de Salvador (BA), o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Luiz Fux, foi questionado sobre a estratégia do PT, de registrar a candidatura do ex-presidente Lula à Presidência da República.
O petista está preso na Polícia Federal, em Curitiba (PR), desde o dia 7 de abril, condenado a 12 anos e um mês de prisão, pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro, no caso do triplex no Guarujá (SP). Por causa da sentença em segunda instância, pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), ele foi enquadrado na lei da Ficha Limpa e dependerá da Corte Eleitoral para poder concorrer ao pleito.
“A própria lei entende que é suficiente a condenação em segundo grau para barrar a candidatura, porque o candidato já teve apurada e reapurada sua conduta em segunda instância”, afirmou Fux, que também é ministro do Supremo Tribunal Federal (STF).
No entanto, o ministro preferiu não comentar o caso específico do ex-presidente. “Eu não gostaria de abordar essa questão porque é uma questão que certamente, como integrante do Judiciário, posso ter que apreciar. Isso cria, de antemão, uma pré-compreensão que pode induzir a um entendimento. Como membro do Supremo, eu preciso ter isenção para participar de decisões importantes para o nosso país”, afirmou.
Ao falar sobre as eleições deste ano, segundo informações do site Bahia Notícias, o presidente do TSE disse esperar um pleito “rígido”. “Eu acho é que a expectativa, por parte da Justiça Eleitoral, é realizar uma eleição bastante rígida, combater as fake news, combatendo os candidatos ficha-suja”, declarou.
NOTÍCIAS AO MINUTO

Lula pode ser impedido de aparecer como candidato em programa de TV

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) deve ser impedido pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral) de aparecer como candidato no programa de televisão do PT, mesmo que o julgamento de seu pedido para concorrer ainda não tenha sido finalizado.
Segundo informa a colunista Mônica Bergamo, da Folha de S. Paulo, a primeira sentença sobre Lula deve sair até o dia 31 de agosto, é o que acreditam os ministros ouvidos pela coluna. Neste dia inicia a propaganda eleitoral e já se deve haver um parecer sobre a candidatura do petista.
Lula pode ser proibido de aparecer na TV, embora ainda caibam recursos à decisão, como embargos de declaração.
De acordo com a defesa de Lula, o artigo 16-A da Lei Eleitoral permite que candidato “cujo registro esteja sub judice” participe de “todos os atos” da campanha, inclusive na TV. “Excluir o ex-presidente seria descumprir o rito processual”, explica o advogado Luiz Fernando Pereira.
No entanto, a coluna refere que, se o TSE manter a impugnação de Lula, o ex-presidente teria duas opções: indicar o substituto já no dia 31 ou deixar que o vice (do PT ou de partido aliado) ocupe a maior parte do tempo do PT na TV até que todos os seus recursos sejam julgados.
NOTÍCIAS AO MINUTO

Bem alimentado, Lula terceirizou greve de fome para militantes

POR JOSIAS DE SOUZA
Seis militantes de movimentos sociais iniciam nesta terça-feira, em Brasília, uma greve de fome pela libertação de Lula. Comandante do ”exército do MST”, João Pedro Stédile declarou que o tempo de duração da greve será determinado pela ministra Cármen Lúcia, presidente do Supremo Tribunal Federal.
“Ela foi indicada para respeitar a Constituição”, disse Stédile, ao lado dos companheiros que prometem fechar a boca. “Tem dois recursos aguardando julgamento –uma ADC do PCdoB, que consulta se uma pessoa pode ser presa antes do julgamento de todos recursos; e um outro recurso da OAB, sobre validade da presunção de inocência até o julgamento da última instância. Basta colocar os recursos em plenário para acabar com a greve.”
Em português claro, deseja-se pressionar o Supremo para rever a regra que autorizou o encarceramento de condenados em segunda instância. A questão já foi apreciada pelos ministros da Suprema Corte quatro vezes desde 2016. Na votação mais recente, produziu-se um placar de 6 votos a 5 contra a concessão de um habeas corpus que impediria a prisão de Lula.
Ironicamente, os devotos do líder petista fazem por Lula um sacrifício que ele se abstém de fazer por si mesmo. Lula desenvolveu uma ojeriza por greves de fome. Em fevereiro de 2010, ainda na pele de presidente, o agora presidiário realizou uma viagem oficial a Cuba. Desembarcou em Havana no dia da morte do dissidente cubano Orlando Zapata Tamoyo, que ficara sem comer por 85 dias.
Instado a comentar a privação alimentar do preso político cubano, Lula declarou: “Lamento profundamente que uma pessoa se deixe morrer por uma greve de fome. Eu, depois da minha experiência de greve de fome, pelo amor de Deus, ninguém que queira fazer protesto peça para eu fazer greve de fome que eu não farei mais.”
Na época, o repórter Elio Gaspari rememorou a “experiência” de Lula: “Em 1980, quando penou 31 dias de cadeia que ajudaram-no a embolsar pelo Bolsa Ditadura um capital capaz de gerar mais de R$ 1 milhão, Lula fez quatro dias de greve de fome. Apanhado escondendo guloseimas, reclamou: ‘Como esse cara é xiita! O que é que tem guardarmos duas balinhas, companheiro?’.”
Em março de 2010, já de volta ao Brasil, Lula adicionou ao comentário infeliz que fizera em Havana uma pitada de escárnio. Em defesa da soberania cubana, o então presidente petista comparou os presos políticos da ditadura dos irmãos Castro com os bandidos comuns esquecidos no interior do sistema carcerário de São Paulo.
Eis o que declarou Lula: “Eu penso que a greve de fome não pode ser utilizada como pretexto de direitos humanos para libertar pessoas. Imagina se todos os bandidos que estão presos em São Paulo entrarem em greve de fome e pedirem liberdade. Temos que respeitar a determinação da Justiça e do governo cubano de deter as pessoas em função da legislação de Cuba, como quero que respeitem ao Brasil.”
Quer dizer: considerando-se os critérios de Lula, condenado a 12 anos e um mês de cadeia por corrupção e lavagem de dinheiro, os militantes que se dispõem a deixar de inserir alimentos por sua libertação deveriam respeitar a “determinação da Justiça” brasileira. Sucede, porém, o oposto.
Bem alimentado, Lula patrocina o surgimento de mais uma excentricidade eleitoral. Depois da candidatura presidencial cenográfica de um ficha-suja, depois da campanha presidencial por correspondência, Lula conduz desde a cela especial de Curitiba um inusitado processo de terceirização de greve de fome.

Sem aliança, PT e PSB negociam pacto de neutralidade e RN não entra na negociação

Reunida nesta segunda-feira (30) com o conselho político do partido, a presidente do PT, senadora Gleisi Hoffmann (PR), admitiu como remotas as chances de aliança com PSB para a corrida presidencial.
A senadora apresentou à cúpula petista o esboço de um acordo traçado com dirigentes do PSB. Pelo acerto, o PSB não selaria aliança nacional com adversários do PT para as próximas eleições, deixando de apoiar Ciro Gomes (PDT) ou Geraldo Alckmin (PSDB).
O PSB também abriria mão da candidatura do ex-prefeito Márcio Lacerda para o governo de Minas Gerais, o que poderia beneficiar a campanha pela reeleição do governador Fernando Pimentel.
Em troca, o PT retiraria a candidatura de Marília Arraes ao governo de Pernambuco, hoje um obstáculo à reeleição do governador Paulo Câmara (PSB). Petistas insistem, porém, na celebração de uma aliança formal.
Embora dirigentes do PT e PSB admitam essa articulação, o presidente do PSB, Carlos Siqueira, nega que a proposta esteja à mesa. Segundo ele, o PSB não tem vocação para satélite.
“Tratamos dos nossos interesses e os demais partidos, inclusive o PT, devem tratar dos seus respectivos interesses. Jamais adotaremos essa decisão, o pelo menos no quadro de hoje não é o caso,  para atender a interesse de outro partido, mesmo esse  partido sendo o PT”, afirmou o presidente do PSB.
Ao ouvir a proposta, petistas manifestaram contrariedade, lembrando que a neutralidade já é uma tendência do PSB para a disputa presidencial e duvidando da disposição de Lacerda atender a uma orientação de seu partido em Minas.
Os petistas frisaram ainda que a convenção do PSB acontece no dia 5 de agosto. O encontro do PT é na véspera. Sendo assim, não haveria garantia da desistência de Lacerda em Minas.
Na reunião, petistas insistiram para que o PT formalize convite para que Manuela D’Ávila ocupe a vice da chapa presidencial. Gleisi disse, porém, que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva deveria ser consultado antes dessa oferta.
Com informações da Folhapress e Notícias ao Minuto

PF apura desvio de recursos públicos e lavagem de dinheiro no RN

A Polícia Federal deflagrou na manhã de hoje, (31/07), a Operação Via Trajana com a finalidade de reunir provas de desvio de recursos públicos e lavagem de dinheiro, entre outros delitos, no Estado do Rio Grande do Norte, fatos ocorridos nos anos de 2009 a 2010. A operação decorre de trabalho anterior realizado pela própria Polícia Federal e o Ministério Público Federal quando da deflagração da primeira fase da investigação denominada Via Ápia.
27 mandados judiciais de busca e apreensão estão sendo cumpridos por 120 policiais federais na Grande Natal e em mais 7 Estados da Federação.
Em virtude de novas evidências surgidas durante o trâmite das ações penais em curso restou evidenciada a ação criminosa de outros envolvidos que à época não foi possível apontar. Entre os diversos fatos sob apuração está o pagamento de vantagem pecuniária indevida, propina, em contratos celebrados entre o DNIT/RN e construtoras responsáveis pelas obras rodoviárias no RN.
Via Trajana, também conhecida Via Romana, é a extensão da Via Ápia. Faz-se associação entre as vias romanas e o objeto da investigação que apura corrupção nos contratos de adequação da BR-101 e as obras de manutenção das rodovias federais do RN.
BG

Troca de confidências e ‘like’ em foto podem ser ‘microtraições’; termo foi cunhado por especialistas para ações de infidelidade nas redes sociais

O impacto negativo das redes sociais só poderá ser medido com precisão a médio prazo, quando as gerações que existem dentro delas de maneira ininterrupta puderem, enfim, servir como base de estudo, mas o estrago que plataformas como Instagram e Facebook exercem sobre os relacionamentos já dá sinais.
A vida virtual tem tanto poder de estremecer um namoro ou casamento que especialistas cunharam recentemente um termo específico para falar de infidelidade neste universo online: microcheating, ou microtraições.
São situações em que o parceiro toma atitudes aparentemente inofensivas, mas que poderiam ser consideradas como adultério em pequena escala caso a outra parte viesse a ficar sabendo.
É o caso, por exemplo, do namorado que enche de likes o perfil de uma colega de trabalho —de preferência nas fotos mais picantes. Ou mesmo quando um dos dois confidencia todos os problemas do relacionamento em mensagens a uma pessoa por quem há um eventual desejo, criando uma atmosfera de intimidade, acolhimento e sedução.
O terreno é escorregadio e gera polêmica. Para a psicanalista e escritora Regina Navarro Lins, o microcheating seria a alternativa que os casais encontram para se libertar da relação, ainda que não definitivamente. “Podemos dar o nome que for, mas essa atitude só reforça que as pessoas estão querendo sair de uma jaula”, afirma.
“Quando elas não têm meios práticos, arrumam meios imaginários para viver aquela fantasia. Não se pode acreditar que é possível juntar segurança, estabilidade e a vontade de ver série abraçados no sofá ao frio na barriga. Isso é incompatível”.
Lins defende que a principal reflexão levantada pelo microcheating seja no hábito de conectar sexualidade e fidelidade, quando, segundo ela, nem sempre os dois conceitos conseguiriam andar de mãos dadas. “O amor romântico sustenta essa ideia de amor exclusivo. Ele prega a fusão e que quem ama não tem tesão por mais ninguém. Daí, quando a outra parte descobre, fica com a certeza de que não é amada”.
Mas será que dá para ser só um pouquinho infiel? “Não existe meia infidelidade; ou a pessoa é confiável ou não é”, responde a psicóloga e coach Adriane Amaral.
“Infidelidade está ligada a uma decisão, o que a torna uma questão de princípios, e não um simples deslize. Quando você trai, toma a decisão de ferir a outra pessoa. E não existe grau ou escala para isso, afinal, quem foi traído sabe a dor que a situação causa”, avalia a profissional.
No caso do controverso “deep liking”, como os psicólogos estrangeiros chamam o excesso de curtidas, a psicóloga entende que é caso para alerta. “Se eu gosto de um determinado assunto sério que alguém posta, eu estou realmente curtindo o conteúdo. Agora, se uma pessoa comprometida começa a curtir publicações direcionadas à exposição do corpo, acredito que possa surgir uma segunda intenção.”
“Toda relação é formada por um triângulo composto de sexo, afeto e objetivos, e os três são importantes. Em um relacionamento maduro, quando há uma crise em alguma dessas áreas, o casal consegue segurar a relação, porque um dos pontos se sobressai, equilibrando tudo”, explica o médico e sexólogo Amaury Mendes Junior.
Em seu consultório, ele diz receber com frequência casais em que há uma “falta de construção deste triângulo”.
“Hoje em dia há um grau muito grande de exigência e baixa tolerância. Ninguém sabe mais lidar com as dificuldades, devido à facilidade que se tem de trocar de parceiro. Então, qualquer coisa faz com que um dos parceiros entre nessa onda de ‘fazer um charme’ para outra pessoa”.
Com isso, diz Mendes Junior, o casal mina a possibilidade de crescer dentro da relação —abrem-se as portas, então, para atitudes como as microtraições. O sexólogo acredita que os sinais são sempre claros. “Só não vê quem não quer. A pessoa chega tarde, vive trocando a senha do celular, esconde o telefone.”
Segundo ele, a solução deve ser subjetiva. “Fingir que não está vendo é enganar a si mesmo. Então, a pessoa tem que decidir o quanto isso está fazendo mal. A atitude vai depender do grau de sofrimento de cada um. E, se está incomodando, é importante lembrar que é preciso gostar mais de si do que de outra pessoa”.
Com a proposta de tratar o adultério no geral, seja ele micro ou macro, de uma maneira mais compassiva e eficaz, a terapeuta e escritora americana Esther Perel publicou recentemente o livro “Casos e Casos ““ Repensando a infidelidade” (editora Objetiva, R$ 44,90).
“Não é plausível que todos os milhões de amantes traidores sejam patológicos”, pondera na obra, reforçando, no entanto, que “entender a traição não significa justificá-la”.
Entre outras questões, em seu livro Perel examina pontos de vista como o de que uma traição seria necessariamente um indicativo de que um casal “falhou”, os papéis de vítima e culpado atribuídos ao fiel e ao traído e a possibilidade de se extrair algo positivo de uma crise de infidelidade.
Para escritora, a sobrevida de um casal após um episódio desta natureza depende de diversas variantes, mas, especialmente, da decisão conjunta e da dedicação de ambos a seguir em frente.
Folha de São Paulo

Potiguares irão desembolsar pouco mais de R$100 com presentes para Dia dos Pais 2018, aponta IPDC da Fecomércio

Em Natal, o gasto médio será de R$ 105,17, valor 3,1% maior do que no ano passado. Em Mossoró, alta será de 2,2%, e gasto médio atinge R$102,49
O Dia dos Pais marca a abertura do calendário de datas comemorativas que movimentam o comércio brasileiro no segundo semestre. O segundo domingo de agosto (que este ano será no dia 12), estimula vários segmentos do comércio na esteira da busca de presentes para pais, avós, maridos, sogros ou alguém que assuma o papel da figura paterna.
Como forma de levantar dados que possam subsidiar os comerciantes de Natal e de Mossoró, o Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento do Comércio da Fecomércio RN (IPDC/Fecomércio RN) foi às ruas no período de 10 a 14 de julho (Natal) 16 a 18 de julho (Mossoró) para saber o que os consumidores procuram, quanto pretendem gastar e fatores que podem garantir a venda.
Na capital, foram entrevistadas 652 pessoas das quatro zonas administrativas do município, e delas 57,5% têm a intenção de presentear, o que representa um aumento de 2,2 pontos percentuais (p.p) em relação à pesquisa realizada no ano passado (55,3%). Neste caso, os natalenses irão desembolsar uma média de R$ 105,17 para comprar o presente para o Dia dos Pais, acréscimo de 3,1% em comparação a 2017 (R$ 101,96). A maioria (79,3%) irá comprar apenas um presente.
Entre os 42,3% de consumidores que não irão presentear na data, 52,8% afirmaram que não têm a quem presentear; 22,4% declararam que estão sem dinheiro; 5,5% não têm o costume de dar presentes na data; 5,1% disseram que o pai mora distante; e outros 5,1% estão desempregados.
Os produtos mais procurados pelos consumidores serão: Artigos de Vestuário (54,2%); Perfumaria e Cosméticos (16,9%); Calçados e Acessórios (13%); Eletrônicos e Celulares (5,6%); e Relógios e Joias (1,3%). Os que serão mais presenteados, segundo o levantamento do IPDC da Fecomércio RN, serão os pais, com 80,3% das respostas, seguido dos esposos (19,7%); sogros (4,6%); mães (3,3%); avôs (2,3%).
Para comprar o presente, o local mais procurado serão os shoppings centers, com 48,2% das intenções. As lojas do comércio de rua aparecem com 39% da preferência. Os empresários devem investir em promoções e descontos para garantir a compra, já que estes foram os itens lembrados por 39,1% e 32,1% dos entrevistados, respectivamente. O atendimento oferecido (24,2%); a facilidade na forma de pagamento (6,4%); o sorteio de prêmios (4,8%); e a distribuição de brindes (4,4%) também foram itens citados pelos entrevistados.
A pesquisa do IPDC demostra que, presenteando ou não, 35,2% dos consumidores irão celebrar o Dia dos Pais deste ano. Outros 62,7% disseram que não pretendem fazer nenhuma comemoração especial durante a data. Dentre os consumidores que pretendem celebrar a data este ano, 22,2% informaram que irão comemorar na casa de familiares; outros 11,3% vão a restaurantes; e apenas 1,2% viajarão para algum lugar especial (1,2%).
Mossoró
De acordo com a pesquisa de intenções de compras para o Dia dos Pais 2018 de Mossoró, onde foram entrevistadas 500 pessoas, a parcela dos que pretendem comprar presentes este ano é de 54,3%, índice 1,4 ponto percentual superior ao de 2017, quando a intenção de compras era de 52,9%. Entre os 45,7% que responderam que não irão presentear, os principais motivos alegados foram: não ter quem presentear (53,1%); e falta de dinheiro (22,8%).
Conforme os dados da pesquisa, o valor médio do presente que os mossoroenses irão comprar para este ano será de R$ 102,49, um aumento de 2,2% se comparado ao valor do ano passado, que foi de R$ 100,28. Serão contemplados não só os pais (82,7%), como também os esposos (14,8%); os avôs (5,2%); os sogros (5,2%); as mães (4,4%); os tios/padrinhos (1,5%); os irmãos (1,1%); entre outros.
Entre as opções de presente, os produtos de vestuário (57,9%) terão preferência. Em seguida aparecem os Perfumes e Cosméticos (14,8%); Calçados, Carteiras e Cintos (11,1%); Eletrônicos e Celulares (3,7%); Relógios e Joias (2,6%).
Na hora de comprar os presentes do Dia dos Pais, a maioria dos consumidores de Mossoró devem escolher o comércio de rua (63,1%); seguidos dos shoppings centers (26,9%); e internet (4,8%). A escolha do local vai depender de alguns fatores como: preço (33,2%); diversidade dos produtos oferecidos (32,5%); e proximidade/localização do estabelecimento (22,5%). Em Mossoró, 77,5% dos entrevistados pretendem fazer pesquisa de preço antes de efetivar a compra. Na opinião dos consumidores, as promoções (43,6%); o atendimento (30,4%); e os descontos (23,4%) seguem sendo os principais atrativos.
Ainda segundo o levantamento, 66,4% das pessoas disseram que não farão nenhuma comemoração especial com o pai. Dos 32,1% dos consumidores que pretendem comemorar de alguma forma, 19,3% devem almoçar ou jantar na casa de familiares; e 10% devem comemorar em restaurantes.
Percepção econômica dos natalenses e mossoroenses
O IPDC também questionou aos entrevistados, tanto em Natal quanto em Mossoró, como eles se posicionam para o consumo no atual momento da economia. Em Natal, 22,9% dos consumidores avaliaram como um momento ótimo ou bom; 49,4% afirmaram que o momento é apenas regular; enquanto 27,6% disseram que a situação é ruim ou péssima. Na mesma pesquisa realizada no ano passado, 23,2% consideravam o momento ótimo ou bom para compra de produtos; 48,2% regular e 28,5% ruim ou péssimo.
Sobre a situação financeira das famílias, 33% dos entrevistados consideram que estão em pior situação do que a do mesmo período do ano passado; 37,4% declararam estar em situação igual; e 29,6% acreditam que suas famílias melhoraram financeiramente em relação ao ano passado. Dados da pesquisa de 2017 mostravam que 37% estavam em pior situação financeira; 36,1% igual e 27% melhor.
Já na capital do Oeste, 18,2% das pessoas acham que o momento é ótimo ou bom para a compra de itens; 47,3% consideram o momento regular; e 34,5% dos consumidores entrevistados classificam como ruim ou péssimo. Na pesquisa do ano passado, 16,2% consideravam o cenário para compra de produtos ótimo ou bom; 46,3% achavam que era regular; e 37,6% avaliavam como ruim ou péssimo.
Em relação à situação financeira das famílias, 36,5% dos consumidores mossoroenses entrevistados declararam estar em situação pior do que a do mesmo período em 2017; 34,5% afirmaram que estão em situação igual; e 29,1% acreditam estar em situação melhor. Na pesquisa realizada em 2017, 40,2% analisavam como pior a situação financeira das famílias em relação ao ano anterior; 34,3% ponderavam como igual; e 25,5% diziam estar em melhor situação.

Divulgado resultado final do concurso da Secretaria de Saúde de Natal, com cerca de 45 mil inscritos

O Núcleo Permanente de Vestibulares da UFRN – Comperve – divulgou na tarde desta segunda-feira (30) o resultado final do concurso para provimento de cargos da Secretaria Municipal de Saúde de Natal. Ao todo, foram ofertadas 1.647 vagas para os cargos de níveis médio e superior, com vencimentos básicos que variam entre R$ 998,68 e R$ 4.601,17. Cerca de 45 mil pessoas participaram do certame. O resultado final está disponível em www.comperve.ufrn.br. Agora, a Prefeitura do Natal tem um prazo de 15 dias para homologar o concurso e a partir de então poderá dar início ao processo de convocação dos aprovados.
Todos os aprovados (dentro das vagas) deverão ser convocados e começam a exercer suas funções até o dia 31 de dezembro, seguindo acordo firmado pela Prefeitura com o Ministério Público Estadual e homologado pela Justiça.
As provas foram realizadas no dia 20 de maio e mais de 45 mil inscritos concorreram as 1.647 ofertadas pela Prefeitura do Natal. O prazo de validade do concurso será de dois anos, prorrogável por igual período.
Quando da convocação, os candidatos deverão apresentar os seguintes exames: hemograma – tipo sanguíneo; glicemia – VDRL – EAS – EPF – TSH – colesterol – triglicerídeos; eletrocardiograma (laudo e parecer do cardiologista); eletroencefalograma (laudo/parecer do neurologista); laudo de sanidade mental com parecer do psiquiatra; audiometria com parecer do otorrinolaringologista; e Raio X do tórax com parecer do radiologista.
Os aprovados devem também apresentar estes documentos: laudo médico (emitido pela comissão competente/CPMSHT/SEMAD); 01 foto ¾ recente; carteira de identidade e CPF; título de eleitor; certidão eleitoral de antecedentes criminais; certificado de reservista (sexo masculino); diploma de habilitação para o cargo; registro no conselho (quando exigido); certidão de antecedentes criminais (estadual e federal); certidão de nascimento ou de casamento; cartão do PIS ou do PASEP (caso seja inscrito); comprovante de residência; carteira de trabalho (incluindo folha do contrato assinado ou não); cartão de conta corrente do Banco do Brasil (caso tenha); e ato de exoneração ou cópia do requerimento no ato da posse (se servidor público).

João Maia emite nota e diz estar tranquilo e firme nos seus propósitos; operação resultou em mandado de busca e apreensão em sua residência

O presidente estadual do PR, João Maia, emite nota nesta terça-feira (31), sobre operação que resultou em mandado de busca e apreensão em sua residência:
Nota
À minha família, aos amigos e a todos os conterrâneos do Rio Grande do Norte: Hoje, às seis da manhã, minha família foi acordada com mandado de busca e apreensão. Soube por terceiros, como sempre, que se trata de desdobramento de uma delação sobre um processo que se desenrola desde 2009. Espero que agora possa saber exatamente se sou acusado e, de que sou, para poder me defender na justiça, em quem acredito e sempre vou acreditar. Avisaram-me, muitas vezes, que a proximidade do processo eleitoral poderia ensejar esse tipo de ação, não quis acreditar, mas estranhamente aconteceu. Continuo tranquilo, firme nos meus propósitos, com fé em Deus e na Justiça.
João da Silva Maia

Bolsonaro lidera corrida presidencial; números são de um levantamento inédito do Paraná Pesquisas

Jair Bolsonaro lidera a corrida presidencial em dois cenários sem Lula. No primeiro, com Fernando Haddad disputando pelo PT, o deputado aparece com 23,6% das intenções de voto; Marina Silva aparece em seguida, com 14,4%. Ciro Gomes é o terceiro: 10,7%.
Em um cenário com Jaques Wagner, o resultado é quase igual: Bolsonaro teria em torno de 23,5%, Marina, 14,3%, e Ciro 10,8%.
Nas duas simulações, ambos os candidatos petistas ficam em 2,8% das intenções de votos.
Apenas Lula aparece na frente, com 29%, contra 21,8% de Bolsonaro.
Os números são de um levantamento inédito do Paraná Pesquisas, registrado no TSE sob número BR-00884/2018. Para a realização da pesquisa foi utilizada uma amostra de 2.240 eleitores, entre os dias 25 e 30 de julho de 2018. A margem de erro é estimada em aproximadamente 2%.
Radar On-Line, Veja

segunda-feira, 30 de julho de 2018

Com menos compartilhamentos, Instagram é aposta nas eleições

Com menos compartilhamentos, Instagram é aposta nas eleiçõesAs redes sociais devem ajudar a dar uma cara nova à propaganda nas eleições de 2018. De olho na oportunidade de se tornarem mais conhecidos entre os eleitores, candidatos deixam de lado santinhos, cartazes e panfletos e, agora, apostam em seguidores, likes e compartilhamentos.
Para coordenador do Laboratório de Estudos sobre Imagem e Cibercultura da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes), Fábio Malini, apesar de ocupar o 4º lugar no ranking das redes sociais mais utilizadas no Brasil, atrás do Facebook, Whatsapp e YouTube, o Instagram deve ser a grande aposta dessas eleições no Brasil.
“Existe uma curva de crescimento dessa ferramenta. É um veículo não contaminado por links, portanto muito difícil de colar notícia falsa. É claro que essa característica não exime o Instagram de conteúdos falsos ou distorcidos”, explicou.
Malini também aponta como uma vantagem o fato de o Instagram ser reconhecidamente uma plataforma alegre e com pouca toxidade. “Isso bem trabalhado politicamente faz com que o candidato tenha uma outra perspectiva de mostrar muito mais relações afetivas positivas”, avaliou.
Outra vantagem do Instagram, segundo o professor, é que nessa rede predominam os conteúdos originais, que têm mais credibilidade, enquanto no Facebook e no Whatsapp são mais compartilhamentos.
Quando o assunto é atração de votos, o professor diz que a televisão, cada vez mais conectada às redes sociais, ainda tem um papel muito importante, já que só ela é capaz de falar para milhões de pessoas ao mesmo tempo.
“Juntas, as duas plataformas são capazes de criar clima de opinião”, explica.
De acordo com o especialista, o que conta para o eleitor não é o debate, que tem perdido cada vez mais audiência, mas a repercussão nas redes sociais. Atualmente, o Twitter domina as repercussões do que aparece na TV. Também é importante a exposição do candidato em programas fora do horário gratuito e a repercussão dessas inserções nas redes sociais.
As eleições de 2018 serão as primeiras a permitir que candidatos paguem para publicar propaganda na sua timeline.
Chamado de impulsionamento, a compra de anúncios em plataformas como o Facebook, Instagram, YouTube e o Twitter foi autorizada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e dá aos candidatos a chance de alcançar um número muito maior de usuários do que aqueles que já acompanham suas páginas e veem seus posts.
Os partidos não informam quanto pretendem investir nessa modalidade este ano, mas é certo que a palavra “patrocinado”, acompanhando mensagens políticas e pedidos de voto, vai invadir as redes sociais, a partir de 16 de agosto.
Fábio Malini acredita que a formalização de campanhas na internet pode trazer também como consequência a diminuição do uso de robôs e de perfis falsos para amplificar informações nas redes sociais.
Levantamento da Diretoria de Análise de Políticas Públicas da Fundação Getulio Vargas (DAPP/FGV) com 5.415.492 tuítes avaliados entre 22 de junho e 23 de julho mostrou a ação de robôs na pré-campanha presidencial.
De acordo com o trabalho, as interações motivadas pela ação de perfis automatizados, nesse período, corresponderam a 22,17% dos tuítes de perfis ligados ao campo da esquerda e que compõem tradicionalmente a base do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva; 21,96% relacionados ao campo conservador e alinhados ao deputado Jair Bolsonaro; 16,18% ligados ao campo de centro (não alinhados a nenhum dos “polos” tradicionais); e 3,99% ligados ao grupo de centro-esquerda (sem predomínio de nenhum ator político em particular).
NOTICIAS AO MINUTO

Detran leiloa 220 lotes de veículo e visitação pode ser realizada nesta segunda

O Departamento Estadual de Trânsito do RN (Detran) leiloa nesta terça-feira (31), 220 lotes de veículos que foram apreendidos nas ações de fiscalização do Órgão. Os lotes a serem leiloados estão retidos no pátio do Detran, situado na Rua Bom Pastor, 1222, bairro das Quintas (antiga garagem da viação Guanabara), em Natal. Os interessados podem visitar o local nesta segunda-feira (30), no horário das 8h às 14h. Os lotes compreendem veículos que vão continuar em circulação e outros destinados exclusivamente à sucata.
O leilão acontece na terça-feira (31), a partir das 10h, no Rifóles Praia Hotel, Salão Almirante, localizado na Rua Cel. Inácio Vale, 8847, Praia de Ponta Negra, na Via Costeira. Os interessados em participar do leilão podem se cadastrar bastando comparecer ao local do evento levando a documentação exigida, sendo pessoal física, deve apresentar RG, CPF e comprovante de residência, e sendo pessoa jurídica, o contrato social e CNPJ da empresa.
A participação também pode ser feita de forma online, bastando que o interessado tenha seu cadastro validado antes de iniciar o leilão, devendo ainda obedecer às exigências cadastrais especificadas no endereço eletrônico:http://www.lancecertoleiloes.com.br/cadastro.
O candidato que for responsável pelo arremate de qualquer bem deve assinar um comprovante de arrematação contendo número, valor e descrição do lote, como também efetuar o pagamento de sinal correspondente a 20% do valor do lote adquirido e após a data do pregão, em até três dias úteis, concluir a compra quitando os 80% que restarão. O custo de cada lote arrematado deve ser acrescido de 5%, referente à comissão do leiloeiro, além de 0,90% de ICMS, se o veículo for de circulação, ou 18% se o lote for destinado à sucata.
Deverá o arrematante custear ainda licenciamento, IPVA, Seguro DPVAT, tudo que envolva a transferência de propriedade, mudança de município, referente ao exercício de 2018. Já a sucata, o arrematante tem somente a obrigação de pagar as baixas da sucata e de gravame (caso haja), não pagando nenhuma outra taxa ao Detran. Nesse último caso, a arrematação dos veículos classificados como “Sucata” fica restrita as empresas de desmontagem registradas perante o órgão executivo de trânsito do Estado ou do Distrito Federal em que atuar, conforme o Artigo 3º da Lei Nº 12.977, de 20 de maio de 2014.
O valor arrecadado com os arremates deve ser utilizado para custeio com a realização do leilão, despesas de remoção e pátio, para pagar impostos atrasados e multas, e se houver saldo remanescente será repassado ao proprietário. O Edital com todas as informações do leilão, inclusive com a relação completa dos carros e motocicletas com imagem e as especificações de marca, placa, ano de fabricação e valor inicial do bem podem ser conferidas clicando no link: http://www.lancecertoleiloes.com.br/leilao/31072018VE.
Novas Regras
O Detran aproveita a oportunidade para chamar atenção para as regras sobre retenção e leilão de veículos. De acordo com a lei 13.160, os veículos apreendidos e que não forem reclamados em um prazo de 60 dias contados a partir do recolhimento podem ir a leilão. Anteriormente, o Código de Trânsito Brasileiro (CTB) previa um prazo de 90 dias para que ocorresse o leilão.
A mudança na lei se dá também em relação à notificação, que agora pode ser feita apensa durante a remoção do veículo. Ou seja, caso o veículo seja apreendido conduzido pelo proprietário, no momento da autuação ele será notificado dos prazos de retenção e as providências para restituição. Se o proprietário ou condutor não estiver presente na hora da remoção, a autoridade de trânsito tem dez dias contados a partir da apreensão para expedir o comunicado para o endereço do dono do veículo ou por algum meio tecnológico.

Nina Souza espera que Semurb atenda pleito de natalenses e regulamente Bairro Seguro em Natal

Enquanto a violência em Natal só aumenta, um dos únicos projetos do poder público voltado para amenizar o problema está engavetado à espera de sua regulamentação. O Bairro Seguro, de autoria da vereadora Nina Souza (PDT), aprovado e promulgado há meses pela Câmara Municipal de Natal, aguarda um posicionamento da Procuradoria Geral do Município e da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Urbanismo (Semurb) para finalmente poder beneficiar a população.
“O Bairro Seguro é uma medida a curto prazo para que o natalense possa enfrentar a insegurança que só cresce em nossa cidade. O momento é de fazer um apelo para que a Prefeitura possa colocar o projeto em prática o quanto antes e atenda ao anseio do natalense, que deseja apenas se proteger da criminalidade”, disse Nina.
O Bairro Seguro permite que moradores de ruas residenciais de Natal possam fechar suas vias com bloqueios, desde que tenham a autorização de mais de 85% dos proprietários de imóveis do local. Além disso, as vias precisariam ser fechadas apenas em horários específicos. Ruas comerciais ou com tráfego de transporte público estão fora do Bairro Seguro.
Nesta semana, moradores do bairro de Candelária cobraram da Prefeitura a regulamentação da Lei. Em entrevista ao portal Agora RN, um grupo de natalenses disse que o Bairro Seguro pode evitar vários crimes que estão sendo cometidos na região.

Sede da Associação dos Subtenentes e Sargentos da PM e Bombeiros Militares do RN é arrombada e dois computadores são levados

A sede da Associação dos Subtenentes e Sargentos da PM e Bombeiros Militares (ASSPMPMRN) foi invadida na madrugada desae domingo (29). Os bandidos arrombaram as portas de vidro da secretaria e da assessoria jurídica e levaram apenas duas CPUs, onde estão o banco de dados dos associados e outras informações específicas da administração da instituição.
A presidente em exercício, subtenente Márcia Carvalho, diz que o crime não tem características de um roubo comum, já que as pessoas foram diretamente nas salas onde tinham interesse e só levaram os computadores e um teclado, mesmo havendo outros objetivos de valor no local.
O caso teve Boletim de Ocorrência registrado na Central de Flagrantes da PM e a Polícia Civil está investigando o caso.
BG

Tentativa de assalto na entrada de motel na Grande Natal deixa mulher baleada na cabeça

Uma mulher de 25 anos foi baleada na cabeça durante uma tentativa de assalto na entrada de um motel na BR-101, nas proximidades da comunidade Taborda, em São José de Mipibu, na Grande Natal. De acordo com a Polícia. dois carros estavam chegando ao local quando uma dupla armada abordou  um dos veículos, anunciando um assalto. Na ocasião, um motorista deu a marcha-ré no carro e um dos bandidos atirou, atingindo a jovem de 25 anos que estava no outro veículo.
Segundo a Polícia, após a ação criminosa, a vítima foi socorrida ao Hospital Deoclécio Marques, em Parnamirim e transferida ao Hospital Walfredo Gurgel, em Natal, onde passou por cirurgia. Seu estado de saúde é desconhecido até o momento. Ainda segundo a Polícia, as vítimas identificaram que um dos criminosos estava com tornozeleira eletrônica. A dupla conseguiu fugir com destino ignorado.
BG

Na Grande Natal, bandidos invadem granja da PF, roubam armas e explodem cofre de posto

A noite desse domingo(29) foi de ações criminosas ousadas na cidade de Macaíba, na Grande Natal. De acordo com a Polícia, tudo começou com a invasão de três homens a granja da Polícia Federal no município. Na ocasião, os marginais renderam o caseiro, levaram seis armas, dentre elas espingarda calibre 12, duas carabinas 22 e três pistolas, e munições do estande de tiro da PF – e depois passaram a praticar assaltos na região.
Segundo a Polícia, após sair da granja, os bandidos explodiram o cofre de um posto de combustíveis e levaram o dinheiro. Logo após, fugiram com destino ignorado.
BG

Cade aprova compra da rede Ale pela Glencore

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou sem restrições a aquisição, pela Glencore Oil, de 78% de participação societária indireta na Alesat, de acordo com despacho no Diário Oficial da União desta segunda-feira. A compra havia sido concluída no início do mês de julho.
A Alesat é controladora do Grupo Ale e atua na compra, armazenagem, venda e distribuição de combustíveis e lubrificantes, além de exploração de lojas de conveniência. Já a Glencore Oil pertence à gigante internacional Glencore, que tem operações em diversos mercados, como commodities agrícolas, mineração e petróleo.
Segundo o Cade, trata-se de uma aquisição de controle que abrange todas atividades econômicas do Grupo Ale no Brasil.
Em documentos enviados ao órgão concorrencial, a Glencore avaliou que a operação está inserida no contexto de entrada e expansão das suas atividades no mercado de combustíveis no Brasil e na América Latina.
Já a Alesat disse que o negócio operação garantirá a utilização eficiente de recursos para promover o crescimento futuro da empresa e “permitirá que parte de seus acionistas deixem o negócio e invistam em outras oportunidades”.
Em seu parecer, o Cade destacou que a operação “não gera sobreposições horizontais”, já que ambos os grupos não atuam nos mesmos mercados, e não “enseja preocupações concorrenciais”.
Exame

Prefeitura do Natal efetua o pagamento de todo o funcionalismo referente a julho

O salário referente ao mês de julho de todas as categorias do funcionalismo público municipal entre ativos, inativos e pensionistas será depositado nesta segunda-feira (30) e estará disponível para a movimentação dos servidores nesta terça-feira (31). Com isso, a Prefeitura do Natal injeta mais de R$ 57 milhões na economia da capital potiguar, efetuando o repasse para os quase 22 mil funcionários que compõem os quadros da administração direta e indireta de Natal.

Polícia Civil encontra carros roubados e mercadorias saqueadas em depósito em Felipe Camarão

Policiais civis da Delegacia Especializada em Defesa da Propriedade de Veículos e Cargas (Deprov) estouraram um depósito no bairro Felipe Camarão, na Zona Oeste de Natal, na manhã desta segunda-feira(30), e recuperaram mercadorias saqueadas e dois carros roubados. Ainda no local, os policiais encontraram parte de uma carga de copos, que os policiais ainda estão tentando rastrear para saber a procedência.
Segundo a Polícia, parte do muro do galpão foi derrubado pelos criminosos, provavelmente no momento da fuga com destino ignorado. No depósito, os policiais constataram que um dos carros recuperados havia sido roubado no mês passado no bairro Bom Pastor. Já a situação do segundo veículo ainda está sendo levantada. Quanto às mercadorias, foi verificado que parte do material, uma carga de sacolas, foi saqueada há duas semanas na BR-226, em Macaíba. Esse material era transportado de Caicó para Natal.

domingo, 29 de julho de 2018

Convenção do PSDB vai lançar hoje a maior chapa proporcional para deputados

Hoje (29) no Hotel Holiday Inn, próximo ao Arena das Dunas em Natal, o PSDB vai homologar em convenção estadual a maior chapa proporcional desta eleição. Os nomes filiados ao PSDB estão atuando em todas as regiões do Rio Grande do Norte, fortalecendo a disputa tanto para deputado estadual, como também para a Câmara dos Deputados.
O partido é representado pela liderança do deputado Tomba Farias, na região Trairi. Gustavo Carvalho reúne apoio no Potengi e Grande Natal. Gustavo Fernandes e Raimundo Fernandes no Alto Oeste. Larissa Rosado no Oeste/Mossoró. Márcia Maia na Grande Natal e demais regiões. José Dias no Agreste, Mato Grande, Vale do Açu e Natal. O jovem médico Tiago Almeida sai bem posicionado do Seridó. E Ezequiel Ferreira de Souza tem atuação no Seridó, Grande Natal, Agreste, Trairi-Potengi, Mato Grande e Região Salineira.
Para a Câmara dos Deputados, além do atuante Rogério Marinho, hoje único deputado federal do PSDB potiguar, o partido também tem no nome da mossoroense Sandra Rosado, uma aposta para 2018. Sandra já foi deputada federal por três vezes. Rogério sai fortalecido da Grande Natal e ampliou apoios no Agreste, Central, Trairi-Potengi, além do Mato Grande e Seridó. Já Sandra Rosado que tem bases em Mossoró, amplia apoios no Alto, Médio e Oeste Potiguar, além do Vale do Açu e Região Salineira.

Problemas no acesso ao Navio-Escola Brasil se deram pelo limite da embarcação; visitação do domingo é antecipada pras 13h30

A Marinha do Brasil emitiu uma nota de esclarecimento explicando os transtornos provocados na visitação ao navio-escola Brasil na tarde deste sábado (27). Confira a nota na íntegra
Nota de esclarecimento
Natal, 28 de julho de 2018.
Com relação à nota publicada por este blog, a Marinha do Brasil, por intermédio do Comando do 3º Distrito Naval, informa que a cidade de Natal atendeu ao convite para a visitação pública do Navio-Escola “Brasil”, que recebeu o número recorde de 1.200 pessoas neste sábado. No entanto, mesmo tendo prorrogado o horário enquanto as condições de luminosidade permitiram, foi impossível atender a todos os visitantes, em virtude das precauções de segurança, visando evitar acidentes com as pessoas a bordo.
No sentido de atender o maior número de pessoas, o NE “Brasil” abrirá a visitação pública neste domingo a partir das 13h30.

MDB oficializa candidatura de Skaf ao governo de SP

O MDB lançou neste sábado (28) o nome do empresário Paulo Skaf como candidato ao governo do estado de São Paulo. A decisão foi divulgada durante convenção partidária realizada em um bairro da Zona Sul da capital paulista. No evento, também foi anunciado o nome da tenente-coronel da Polícia Militar Carla Basson, como candidata a vice-governadora.
Essa é a terceira vez que Paulo Skaf tenta a cadeira do Palácio dos Bandeirantes. Nome conhecido do eleitor paulista, o empresário destacou seu currículo como gestor e prometeu que, se eleito, fará com que São Paulo seja referência não só para o Brasil, mas também para o resto do mundo.

Motorista de aplicativo, jornalista relata quatro horas de pavor sob mira de armas em sequestro em Natal

O jornalista Rafael Araújo passou por momentos de pânico neste sábado, quando ficou quatro horas sob a mira de armas e sequestrado por bandidos, que utilizaram seu carro para realizar assaltos em Natal e região metropolitana.
Rafael é jornaslita, mas está atualmente na ocupação de motorista de aplicativo.
“Me liberaram aqui no matagal perto de uma festa e me deram 50 reais para voltar para casa e mandaram eu vazar, sem olhar para trás”, descreveu ele em mensagem de áudio no WhatsApp.
A última localização de Rafael, antes do ocorrido, havia sido em Neopólis, quando ele acionou o código de ajuda da Uber.
BG

Por áudios e fotos, entenda como Lula controla o PT da prisão


Mesmo preso há mais de cem dias em Curitiba, Lula continua dando as cartas em todas as movimentações políticas do PT.
Graças a uma estrutura montada pela legenda para permitir rapidez na troca de informações entre a cela na Superintendência da Polícia Federal e os líderes em São Paulo e Brasília, Lula consegue delegar tarefas e participar de todas as decisões importantes, do posicionamento do partido nas eleições estaduais às negociações com aliados na disputa presidencial.
Até gravações de reuniões da sigla ele recebe na prisão.
Lula tem uma rede de advogados autorizados a visitá-lo. Oito o fazem com regularidade. Participam desse grupo não só os defensores que atuam no processo criminal, mas também aliados políticos que têm registro profissional de advogado como ex-ministro da Justiça Eugênio Aragão e o coordenador de seu programa de governo, Fernando Haddad.
Nas quintas-feiras, Lula recebe a visita de dois políticos. Além de dirigentes petistas, já estiveram com ele nesse dia, entre outros, João Pedro Stédile, do MST, e o ex-presidente do Uruguai Pepe Mujica.
Essa rede ampla faz com que o entre e sai na sala do petista seja intenso ao longo do dia. Pela manhã, um advogado costuma levar ao petista um resumo do que foi publicado de mais importante naquele dia nos jornais e sites de internet.
É por ali que o ex-presidente começa a tomar conhecimento da conjuntura e das movimentações de potenciais aliados e adversários.
Sempre que uma visita deixa a Superintendência da PF, mensagens escritas a mão pelo ex-presidente são entregues a Marco Aurélio Ribeiro, de 32 anos, funcionário do Instituto Lula, que fotografa os bilhetes e os despacha ao destinatário por aplicativo de troca de mensagem de celular.
Em pequenos bilhetes, Lula pede a lideranças petistas que escrevam relatórios sobre negociações e conjuntura política de determinado estado. A estrutura montada permite que, algumas vezes, na tarde do mesmo dia, o relatório já esteja com o chefe.

Programa do PSDB discute descriminalização das drogas

Coordenador do capítulo de saúde do programa de governo do ex-governador Geraldo Alckmin nas eleições 2018, pré-candidato do PSDB à Presidência, o médico infectologista David Uip incluiu a descriminalização das drogas entre as possíveis propostas a serem apresentadas ao tucano.
Filiado ao PSDB e ex-secretário de Saúde do Estado de São Paulo, Uip é cuidadoso ao tratar do tema, mas admite que a ideia entrou no radar de sua equipe. “Dentro do grupo do plano de governo há uma proposta de aceitar isso. Estamos discutindo internamente. Quando eu me sentir confortável vou apresentar para o governador. Estamos na fase de aprofundar o programa”, disse Uip ao Estado.
O médico reconhece que esse é uma tema polêmico dentro do PSDB e entre os partidos que formam a coligação que apoia Alckmin. “É por isso que temos todo esse cuidado. Estou fazendo o levantamento extenso de toda a literatura sobre o tema: onde deu certo, onde não deu e quais são os limites. É um assunto extremamente polêmico. Quando chegarmos a um consenso entre nós, vamos levar ao candidato. Quem vai ser eleito é ele. A decisão final é do Alckmin”, afirmou Uip.
A proposta ainda não estará entre as diretrizes gerais do programa que serão apresentadas na convenção do PSDB no próximo dia 5, em Brasília. A descriminalização das drogas é um tema que divide os tucanos. Alckmin faz parte do grupo que resiste à ideia e costuma dizer que não conhece um lugar onde tenha sido provado que a experiência deu certo.
Já o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso é um entusiasta da proposta e faz campanha por ela. FHC considera que o assunto deve ser tratado pela perspectiva da saúde pública, com redução de danos, sem criminalizar o usuário.

SUS gasta R$ 500 milhões com complicações por aborto em uma década

Em uma década, o SUS gastou R$ 486 milhões com internações para tratar as complicações do aborto, sendo 75% deles provocados. De 2008 a 2017, 2,1 milhões de mulheres foram internadas.
No intervalo, embora o número de internações tenha caído 7%, as despesas hospitalares subiram 12% em razão da gravidade dos casos. Em quase um terço deles, houve sérias complicações após o aborto, como hemorragias e infecções. Ao menos 4.455 mulheres morreram de 2000 a 2016.
O levantamento inédito obtido pela Folha consta de relatório do Ministério da Saúde que deve subsidiar o STF (Supremo Tribunal Federal) em ação que pede a descriminalização do aborto até 12ª semana de gestação.
*Folhapress*

Ministros do STF dizem que caso Lula ‘precisa decantar’ e descartam liberdade em 2018

O imbróglio em torno de eventual concessão de prisão domiciliar para Lula fez com que ministros do STF favoráveis à medida passassem a vê-la como inadequada. O pedido instalou um embate entre advogados do petista. Nesse clima, magistrados que viam a alternativa com bons olhos já descartam a hipótese de o ex-presidente ir para casa neste ano. Se a decisão viesse antes da eleição, seria avaliada como gesto para colocá-lo na disputa. Depois, como manobra para deixá-lo fora do páreo.
Os ministros do Supremo também avaliam que a repercussão da decisão do juiz federal Rogerio Favreto, que mandou soltar Lula em um domingo de plantão no TRF-4, assustou integrantes do STJ. A corte vai analisar um recurso especial do petista.
O enredo indica que Lula tem poucas chances de deixar a carceragem da PF neste ano pelas mãos de tribunais superiores. O caso dele “precisa decantar” e o ideal seria deixar a discussão para meados de 2019, dizem os ministros do STF.
Programada para começar dia 31, a greve de fome de militantes pela libertação de Lula não deve impactar o Supremo. Integrantes da corte apostam que a manifestação não terá apelo.
Folhapress

sábado, 28 de julho de 2018

ANIVERSÁRIO DA MORTE DE LAMPIÃO HÁ 80 ANOS


Hoje (28 de julho de 2018) completa 80 (OITENTA) anos da morte de lampião, Maria Bonita, nove cangaceiros e um soldado volante, na Grota do Angicos em Porto da Folha no Estado de Sergipe, (atualmente pertencente ao município de Poço Redondo/Se).

Por volta das cinco horas da manhã do dia 28 de julho de 1938 o bando cangaceiro é atacado pela Força Policial Volante de Alagoas. O ataque surpresa não proporcionou aos cangaceiros formar um contra ataque organizado. O saldo do confronto foram onze Cangaceiros e um Soldado, mortos.

Entre os mortos estavam; Lampião e sua companheira, Maria Bonita. Era o fim do maior cangaceiro de todos os tempos. Era o início da derrocada do cangaço.

Igreja Batista Fundamentalista realiza neste final de semana Conferência de Aniversário



igrejabatistasantacruzA Igreja Batista Fundamentalista de Santa Cruz realiza neste final de semana a 36ª edição da Conferencia de Aniversário da igreja. Até o próximo domingo uma vasta programação foi preparada para comemorar a data.
A Conferência de Aniversário da Igreja Batista se tornou uma das programações religiosas mais tradicionais e reúne, não só participantes da Igreja Batista, mas de outras igrejas e curiosos em saber como é o trabalho de evangelização da instituição religiosa em Santa Cruz.
A programação teve inicio nesta sexta-feira com culto no Templo principal, localizado no bairro três a Um, e se desenrolará com cultos sempre a noite, estudo bíblico, batismo de fiéis e outros momentos que acontecerão nos outros templos existentes em Santa Cruz, nos bairros Paraíso e Maracujá.

Solidariedade fecha apoio a Alckmin e defende Aldo Rebelo como vice

Da Agência Brasil 
O Solidariedade homologou hoje (28) apoio ao pré-candidato do PSDB à Presidência da República Geraldo Alckmin. Realizada pela manhã na capital paulista, a convenção do partido referendou, por unanimidade entre os delegados presentes, a aliança com o PSDB na corrida presidencial.
O Solidariedade apresentava na disputa eleitoral o nome de Aldo Rebelo, ex-presidente da Câmara dos Deputados e ex-ministro dos governos de Lula e Dilma, como pré-candidato à Presidência.
Presidente nacional do partido, o deputado federal Paulo Pereira da Silva, informou que trabalhará pela indicação do nome de Aldo, que ocupou os cargos públicos filiado ao PC do B, como candidato a vice-presidente na chapa de Alckmin.
Pacificação
“Vou trabalhar até sábado que vem, quando acontece a convenção nacional do PSDB, pela indicação do nome do Aldo, que considero um homem de esquerda e que pode defender o emprego e o desenvolvimento no próximo governo”, disse o presidente do partido.
Ao discursar, Aldo afirmou que percorreu nos últimos meses vários estados, propondo uma agenda da “pacificação” do país a empresários, representantes da classe média e dos trabalhadores.
“Cumpri minha missão de levar a bandeira do partido pelos estados, defendendo a geração de empregos e a necessidade de reformas para defender o direito dos mais necessitados e dos nossos trabalhadores.” Aldo Rebelo acrescentou que agora coloca-se como “soldado” do partido.
Bloco
O Solidariedade forma um bloco partidário com outras quatro siglas: PRB, DEM, PR e PP. De acordo com Paulo Pereira, se o pré-candidato do Solidariedade à Presidência tivesse mais tempo de exposição na televisão conseguiria se viabilizar como candidato à Presidência.
“Os cinco partidos decidiram retirar suas candidaturas para apoiarmos o Geraldo Alckmin. Passo a defender o nome do Aldo junto aos demais presidentes para o indicarmos como candidato a vice na chapa”, afirmou.
Segundo Paulo Pereira, o bloco partidário das cinco legendas terá 28% de todo tempo do horário eleitoral gratuito na televisão e no rádio, além de uma bancada já eleita de 164 deputados federais.

Após ataques, empresas atingidas tiram ônibus de bairros em Fortaleza

Pedro Peduzzi
O Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros (Sindiônibus) do Ceará informou ter retirado de circulação neste sábado (28), em bairros de Fortaleza, as linhas contra as quais foram feitos ataques na noite de ontem (27). De acordo com o sindicato, oito ônibus foram queimados em diferentes bairros da capital cearense.
Por meio de nota, o sindicato acrescentou que as linhas 122, 393, 610, 649 e 820 foram temporariamente retiradas de operação com o objetivo de “preservar a integridade de trabalhadores e usuários do transporte”.
Ainda de acordo com a nota, o Sindiônibus está trabalhando de forma conjunta com a Empresa de Turismo de Fortaleza (Etufor) e com a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) para restabelecer a total normalidade na prestação dos serviços de transporte.
Segundo a mídia local, há registros de artefatos explosivos jogados contra agências dos Correios, bancos privados e um prédio da prefeitura de Fortaleza. Até o momento não há registro de feridos por conta desses atos.

Convenção do PSD oficializa apoio a Alckmin nas eleições presidenciais

Da Agência Brasil
A convenção nacional do PSD referendou hoje (28) apoio ao pré-candidato à Presidência pelo PSDB Geraldo Alckmin. Reunidos na capital paulista na manhã desta sábado, os delegados nacionais do partido aprovaram a aliança com o PSDB, rejeitando a proposta de candidatura própria, que tinha a indicação de Guilherme Afif Domingos para presidente.
O presidente nacional licenciado do PSD, Gilberto Kassab, ressaltou que o apoio do partido ao candidato Geraldo Alckmin é importante, por consolidar uma “candidatura de centro e conciliadora”. “É uma candidatura que procura isolar as propostas radicais, seja as de esquerda ou as propostas conservadoras de direitas. É o rumo que o Brasil precisa”, afirmou Kassab.
Na opinião do presidente licenciado do PSD, o país precisa de “tranquilidade, e de líderes que tenham condições de somar todas as correntes políticas para que possam ser concluídas as reformas para retomada do crescimento e desenvolvimento do país, além da estabilidade econômica, política e social.
“Vamos apresentar nossas propostas de retomada do desenvolvimento, com a expectativa de uma campanha de bom nível para nos consolidarmos como um quadro de renovação na vida pública”, ressaltou Kassab.

Escolha de vice mobiliza negociações políticas em corrida presidencial

Há pouco tempo sem muita atenção dos partidos, a escolha do vice virou um dos elementos centrais nas eleições presidenciais de 2018. Até o momento, somente o PSOL e o PSTU lançaram chapas completas na corrida presidencial. Paulo Rabello de Castro (PSC), Jair Bolsonaro (PSL) e Ciro Gomes (PDT), já confirmados em convenções nacionais, Geraldo Alckmin (PSDB), Marina Silva (Rede) e Henrique Meirelles (PMDB), ainda na condição de pré-candidatos, correm atrás de nomes capazes de ampliar suas bases e levá-los ao segundo turno do pleito.
Disputado por sua condição de empresário, Josué Gomes da Silva, filho do ex-vice-presidente José Alencar, morto em março de 2011, é o mais cortejado. Já foi cogitado para ser companheiro de chapa do petista Luiz Inácio Lula da Silva – posto que seu pai ocupou nos dois mandatos do ex-presidente no Palácio do Planalto –, de Ciro e de Alckmin. A família, especialmente a mãe Mariza Gomes da Silva, resiste.
Alckmin chegou a se reunir com o empresário, mas Josué Gomes recusou oficialmente o convite. Os tucanos agora garimpam no Centrão – grupo político integrado pelo DEM, PP, PR, PRB e SD – um nome para compor a chapa presidencial. Surgem como opções Ana Amélia Lemos (PP-RS), Aldo Rebelo (SD-SP) e Mendonça Filho (DEM-PE), com maiores chances para os dois últimos nomes. Nas últimas horas, ganhou força a vice-governadora do Piauí, Margarete Coelho (PP).
Para o cientista político David Fleischer, do Instituto de Ciência Política da Universidade de Brasília (UnB), os partidos buscam nomes que agreguem apoio não só de outras legendas, mas também de setores representativos da sociedade. “Vemos o PSDB falando em escolher uma mulher. Vemos o nome da senadora Ana Amélia, uma jornalista, bem articulada. É assim, precisa ser um nome com aval dos partidos, da coligação, mas que some apoio e seja bem articulado para defender a chapa”, argumentou.
Nessa busca frenética, nos bastidores da pré-campanha tucana, surgiu o nome do senador Álvaro Dias (PR), pré-candidato a presidente pelo Podemos, cuja convenção nacional está marcada para 4 de agosto, em Curitiba. Dias rechaçou a possibilidade de aliança com o PSDB.
Outro pré-candidato cogitado para compor a chapa de Alckmin foi Henrique Meirelles (MDB). Tanto Meirelles como o MDB rejeitaram a possibilidade, e hoje a tendência é que o partido dispute a eleição presidencial sem coligação e busque entre os filiados o vice do ex-ministro da Fazenda e ex-presidente do Banco Central.
A pré-candidata a presidente pelo PCdoB, Manuela D’Ávila, é disputada entre os partidos de esquerda. Tanto o PDT quanto o PT gostariam de tê-la como vice. Manuela tem repetido que sua candidatura será mantida, mesmo que não haja unidade da esquerda.
O PT e o PDT também disputam o PSB, que deixou para o último dia de convenções (5 de agosto) a decisão sobre a eleição presidencial. No PSB, ainda há quem acredite que Joaquim Barbosa, ex-presidente do Supremo Tribunal Federal, possa reavaliar a decisão e voltar à corrida presidencial.
“O PT vive uma situação atípica, pois não sabe se o ex-presidente Lula poderá concorrer. Então, terá que escolher um vice do próprio partido que possa assumir a cabeça da chapa”, avaliou o cientista político Leonardo Barreto. “Além disso deixar o PCdoB e o PSB em stand by para eventualmente indicar o vice. É uma situação complexa”, completou.
Bolsonaro, candidato pelo PSL, já recebeu pelo menos três nomes: do senador Magno Malta (PR-ES), do general da reserva Heleno Pereira e da advogada Janaina Paschoal. Ligados ao partido, o príncipe Luiz Philippe de Orleans e Bragança e o astronauta Marcos Pontes também estão cotados para compor a chapa.
A Rede ainda não homologou a candidatura de Marina Silva, mas já há especulação sobre quem será o vice. Os mais citados são Eduardo Bandeira de Melo, presidente do Flamengo, e Miro Teixeira, deputado federal. O PSOL formou uma chapa puro sangue, com Guilherme Boulos e Sônia Guajajara, mas terá o apoio do PCB. Sem aliança, o PSTU disputará a eleição presidencial com Vera Lúcia e Hertz Dias.
Segundo Barreto, as articulações dos candidatos a vice-presidente estão ganhando destaque este ano devido também ao encurtamento do calendário eleitoral. “Antes esse debate ocorria no primeiro semestre. Neste ano, acabou a Copa do Mundo, começaram as convenções, e os vices ainda não estavam escolhidos.”
Agência Brasil