sábado, 22 de junho de 2019

Está confirmada para a próxima terça-feira, dia 25

Está confirmada para a próxima terça-feira, dia 25, às 14 horas, na Assembleia Legislativa, a audiência pública para discutir a “Interiorização do Turismo Religioso no Rio Grande do Norte”. A audiência pública, de iniciativa do deputado estadual Tomba Farias (PSDB), reunirá empresários e entidades do “trade” turístico potiguar, representantes do governo do Estado e Prefeitura de Natal, além de prefeitos e secretários de turismo de municípios potiguares vocacionados para o turismo religioso, como Santa Cruz, São Gonçalo do Amarante, Açu, Patu, Mossoró, Caicó, Canguaretama, Carnaúbas dos Dantas, entre outros. Participe!
#Turismo #Religioso #RN #BomdeTrabalho #TombaFarias

LABOCLINICA TRAIRI participa de Congresso Brasileiro de Análises Clínicas da SBAC

LABOCLINICA TRAIRI participa de Congresso Brasileiro de Análises Clínicas da SBAC. Nos dias 16 a 19 de Junho aconteceu em Belo Horizonte o 46 Congresso Brasileiro de Análises Clínicas , o evento acontece anualmente , e o mais importante da área na América Latina . O congresso teve como objetivo oferecer diversas palestras e cursos na área de análises clínicas bem como vc conhecer novas tecnologias , equipamentos automatizados onde melhora e agiliza a liberação de resultados de exames com mais precisão e qualidade.
                                             
A Laboclinica esteve representada pelo Farmacêutico Bioquímico Dr Aderson Leão e sua Filha Larissa Leão acadêmica do curso de Farmácia da Unp. Neste congresso foi adquirido novos equipamentos para Laboclinica  entre eles um equipamento automatizado para leitura do sumário de urina e um equipamento coagulômetro para realização dos exames Tempo de Protrombina(TAP) e Tempo de Tromboplastina (TTPA) , exames importantes como pré operatório e na coagulação sanguínea.No próximo ano se Deus quiser estaremos presentes novamente só que será na cidade de Fortaleza CE

2º Concerto Junino mistura o clássico com o regional e faz todo mundo dançar em praça pública

CONCERTO-001Depois do São João na Terra da Santa, realizado na última quarta-feira (19), Santa Cruz teve a segunda edição do Concerto Junino. O evento aconteceu na noite desta quinta-feira (20), na Praça Coronel Ezequiel Mergelino e foi uma iniciativa da Prefeitura local.
O Concerto Junino reuniu a música instrumental, através da Banda de Música João Roberto Paz e União, com o tradicional trio de forró pé de serra, representado, na ocasião, pelo “Trio Arapuá”, que juntou aos instrumentos de sopro, o som da sanfona, zabumba e triângulo.
O público que participou do evento teve a oportunidade de contemplar uma bela apresentação musical e dançar embalado por um repertório completamente voltado para o período junino, com músicas de grandes artistas nordestinos e que tradicionalmente animam as festas de São João.  

Projeto de Abuso de autoridade mobiliza juízes e Ministério Público

Membros de associações do Ministério Público e da magistratura intensificaram o corpo a corpo no Senado para tentar conter eventuais danos às categorias provocados pelo projeto de abuso de autoridade. Numa primeira vitória, conseguiram adiar a votação na CCJ. Os grupos de pressão não se colocam contrários ao texto, mas dizem estranhar o timing e a rapidez com que o projeto está sendo pautado. Tentam, ao menos, negociar pontos que ficaram abertos a interpretações. Segundo o calendário, a proposta deve ser votada quarta-feira.
Pode… O relator do projeto, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), sinalizou disposição de alterar pontos caros aos magistrados e ao MP.
… mudar… Do jeito que está o texto, se a autoridade for negligente (“patentemente desidioso”) ou se “proceder de forma incompatível com a honra, dignidade e decoro de suas funções”, incorrerá em abuso.
… um bocado. O trecho que confere à OAB a titularidade de propor ação penal também poderia sair do relatório. Com isso, para a magistratura e o MP, o cenário já melhora, apesar de ainda estar longe do ideal.
Ação dupla. As associações acionaram juízes e procuradores estaduais para conversar com senadores. Em outra frente, a própria Raquel Dodge entrou no corpo a corpo contra o projeto. Ligou para Pacheco e demonstrou preocupação.
COLUNA DO ESTADÃO

Jornalista diz ter sido assediada sexualmente por Trump em 1995

A jornalista Elizabeth Jean Carroll, ex-colunista da revista americana Elle, acusou nesta sexta-feira, 21, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, de tê-la assediado sexualmente em um provador de uma famosa loja de Nova York há quase 24 anos.
Carroll é conhecida no país pela coluna de conselhos que escrevia para a Elle e contou à revista New York sobre o caso, ocorrido em 1995 e que será relatado por completo em um livro com previsão de lançamento para o próximo mês.
Os dois teriam se encontrado, segundo a jornalista, na loja de departamentos Bergdorf Goodman, em Manhattan. Trump abordou Carroll chamando-a de “a senhora dos conselhos” e pediu ajuda para comprar um presente para uma “garota”. Os dois, então, começaram a circular pelos corredores em busca de algo que agradasse à misteriosa mulher.
A jornalista contou como Trump fazia comentários para exaltar sua riqueza, dizendo que planejou comprar a Bergdorf. Em um momento, o agora presidente americano chamou Carroll de velha ao ouvir que ela tinha 52 anos, quase a mesma idade dele.
Quando os dois chegaram ao departamento de lingeries, Trump sugeriu que a jornalista vestisse uma das peças em exposição, recebendo como resposta uma brincadeira de Carroll, que indicou que ele é quem deveria vesti-la.
Depois de chegarem à área de provadores, Trump ficou violento, a jogou contra a parede e tentou beijá-la. Na sequência, ele teria colocado as mãos sobre a vagina de Carroll, abrindo seu zíper e colocando o pênis para fora, tentando estuprá-la.
Carroll afirmou que conseguiu se desvencilhar de Trump após menos de três minutos. E já se antecipou às perguntas que sabe que terá que responder depois de denunciar o agora presidente dos EUA.
“Relatei à polícia? Não. Contei a alguém? Sim, a duas amigas íntimas. Tenho fotos ou alguma prova visual? As câmeras de segurança da Bergdorf devem ter nos captado na entrada da loja”, disse a jornalista à revista New York.
E por que Carroll não o denunciou antes? “Receber ameaças de morte, deixar minha casa, ser despedida, humilhada e me unir às 15 mulheres que divulgaram histórias críveis como o homem as agarrou, incomodou, menosprezou, maltratou, assediou sexualmente e estuprou só para vê-lo negar, ameaçar e atacar nunca soou divertido”, respondeu.
ESTADÃO CONTEÚDO

Sem imposto sindical, Adurn encerra projeto que trouxe líderes da esquerda como Dilma, Flávio Din e Jandira Feghali ao RN

A Adurn(Associação de Docentes da UFRN), anunciou esta semana a suspensão do projeto “Na trilha da Democracia”, que trouxe líderes da esquerda como Dilma, Flávio Dino, Jandira Feghali e os jornalistas Paulo Henroque Amorim e Luíz Nassifa a Natal durante os últimos anos, sob a justificativa de realizar palestras na Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN).
O motivo seria o fim do imposto sindical obrigatório e a exigência da cobrança das mensalidades do sindicato via boleto bancário, conforme definido na Medida Provisória 873. Sem o imposto sindical, a entrada de receitas generosas ficaram comprometidas.
O Adurn-Sindicato ainda havia conseguido derrubar a MP com uma liminar na Justiça, mas que acabou sendo cassada em instâncias superiores. Com isso, a entidade argumenta que precisa de tempo para entrar em contato com os mais de 2,5 mil professores ligados ao Sindicato, para organizar a nova forma de cobrança da mensalidade sindical.
Com informações do Grande Ponto

SE AGARROU NA LANTERNA: ABC empata com o Globo/RN no Frasqueirão

Na noite desta sexta-feira(21), em jogo válido pela 9° rodada do Campeonato Brasileiro, o ABC enfrentou a equipe do Globo/RN, no Estádio Frasqueirão e empatou por 1×1. O gol do alvinegro foi marcado pelo atacante Jefinho.
Com o resultado o alvinegro chegou aos cinco pontos ganhos e continua na lanterna do grupo A.
O Gobo chegou ao empate com um gol contra do ABC, marcado por Adrian.
GRANDE PONTO

AGORA VAI: Partidos como PSDB, PT e PSL avançam em debate para estabelecer compliance

Com os partidos políticos diante de uma crise de representatividade e associados à corrupção, compliance deixou de ser para eles assunto de outro mundo.
A palavrinha entrou na rotina dos diretórios paulistas do PSDB e doPSL e nas direções nacionais dessas e de outras siglas. A ordem é estabelecer regras mais severas.
Comum no ambiente corporativo, o compliance (conformidade) é um conjunto de normas e procedimentos para prevenir, detectar e punir irregularidades cometidas por funcionários —ou por filiados, no caso dos partidos. Na prática, é uma tentativa de assegurar o cumprimento das leis.
O PSDB, por exemplo, aprovou um inédito código de ética ecompliance, que prevê verificação da idoneidade de doações e de fornecedores, canal de denúncias com sigilo da fonte e divulgação de receitas e despesas na internet —principalmente porque os partidos recebem recursos públicos.
A iniciativa é impulsionada pelo governador João Doria, cujos aliados encampam um discurso de faxina anticorrupção no PSDB, preparando terreno para a candidatura presidencial dele em 2022.
Seguindo as diretrizes da cúpula nacional, o diretório paulista da sigla, chefiado por Marco Vinholi, ligado a Doria, contratou um especialista para desenhar regras próprias. O advogado Fernando Palma, escolhido para a missão, sugeriu o nome “tolerância zero” ao programa.
“Compliance se aprende no amor ou na dor”, diz Palma, ressaltando que os tucanos é que tomaram a iniciativa de “fazer o certo porque o certo é certo”. Questionado sobre os escândalos que tragaram o partido, o especialista fala que “várias empresas públicas e privadas tiveram problemas”.
Foi com a derrota eleitoral do ano passado como pano de fundo que o PSDB discutiu suas novas regras. Contudo, o código de ética aprovado pelo comando nacional da sigla não afasta de imediato envolvidos em corrupção.
Legendas de variadas posições ideológicas, como PT, PSL, PDT e Podemos, começam a estudar programas na mesma linha. Recorrem a essa grife por diferentes razões: limpar a imagem, evitar novos malfeitos e se reconectar com a sociedade.
Depois de ter seus principais líderes engolidos pela Lava Jato, o PT avança na discussão sobre um programa para andar em dia com a lei. Segundo a presidente nacional da sigla, Gleisi Hoffmann (PR), a ideia é que “as melhores práticas administrativas e de contabilidade sejam seguidas pelos dirigentes do partido”.
“Uma coisa é prestar contas ao TSE, e outra mais importante é fazer uma gestão de riscos internamente e se adequar”, diz a deputada federal. Para decidir sobre transgressões e eventualmente punir membros, continuará valendo a análise da comissão de ética, segundo ela.
A formulação do programa foi entregue ao escritório França da Rocha & Advogados Associados, de Curitiba. O advogado Luiz Carlos da Rocha, fundador da banca, é próximo de Lula.
No PSL, partido do presidente Jair Bolsonaro, a intenção também é apresentar nos próximos meses um conjunto de regras para aperfeiçoar governança e transparência. A legenda está no alvo de uma investigação sobre candidaturas laranja.
A direção nacional contratou a consultoria Alvarez & Marsal para elaborar o projeto.
Ao mesmo tempo, o PSL em São Paulo se antecipou no debate interno. Em fase de reestruturação —depois que a presidência foi assumida pelo deputado federal Eduardo Bolsonaro (SP), filho do presidente—, o diretório estadual cogita estabelecer, via compliance, regras mais rígidas para admissão de dirigentes.
Uma das ideias em debate é proibir que alcem posições de liderança na sigla pessoas que tenham sido filiadas, nos dez anos anteriores, a PT, PCdoB, PSOL, PDT, PSTU, PCO e PCB.
Se a norma já estivesse em vigor, Major Olímpio, que era o presidente estadual até abril, não poderia ter ocupado a função. O hoje senador foi filiado ao PDT até 2015.
No PDT, o programa que está em andamento terá como princípio “dar transparência total” à divulgação dos gastos e à distribuição interna dos recursos, segundo o presidente Carlos Lupi. “O que diferencia um partido são as suas ideias. Honestidade não pode ser uma qualidade, tem que ser uma obrigação”, diz.
Para o trabalho, o PDT pediu a orientação do Instituto Brasileiro de Compliance (IBC), entidade do Rio mais habituada a atender empresas, mas que pretende oferecer auxílio a outras legendas.
No Podemos, a presidente nacional Renata Abreu conduz a implementação do programa de conformidade com os objetivos de abrir dados financeiros e aproximar a agremiação dos cidadãos.
“Um partido representa anseios da sociedade, e a sociedade clama por uma nova tendência, de mais participação”, observa ela, que é deputada federal por São Paulo.
LEI DO COMPLIANCE
Para adequar os partidos à lei anticorrupção, aprovada em 2013 e regulamentada em 2015, o senador Antonio Anastasia (PSDB-MG) apresentou um projeto de lei que corta o direito ao fundo partidáriopor três a 12 meses em caso de inoperância ou inexistência de programas de compliance nas siglas.
Favorável ao rigor nas contas, o especialista Marcelo Issa, do Movimento Transparência Partidária, faz apontamentos sobre a proposta. Para ele, a lei pode se tornar inócua se não houver controle social. “A mera existência de regras de conformidade ou de códigos de ética não é suficiente para prevenir e combater ilegalidades.”
Ele critica, por exemplo, o que considera uma blindagem no projeto de lei: quando for comprovado que o diretório estadual ou municipal é que não cumpriu as regras de compliance, o diretório nacional não perde o acesso ao fundo partidário.
Anastasia contesta o entendimento. “Não podemos penalizar o diretório nacional por um equívoco do diretório regional”, diz o senador à Folha. “É a teoria do bom e do ótimo: nós temos também que tentar uma coisa que seja exequível, razoável, equilibrada.”
O projeto do tucano, que enfrenta resistências, recebeu uma emenda (proposta de modificação) do senador Humberto Costa (PT-PE). O petista considera que os partidos ficariam submetidos à vigilância do Ministério Público, quando o correto seria a supervisão do TSE (Tribunal Superior Eleitoral).
“É importante que existam regras de compliance, mas respeitando a autonomia dos partidos”, afirma.
FOLHAPRESS

DESEQUILÍBRIO TOTAL: Folha de aposentados na Educação do RN é o dobro da ativa

Embora a governadora Fátima Bezerra (PT) defenda as atuais regras que asseguram aposentadoria especial aos professores, na Educação Pública do Rio Grande do Norte o desequilíbrio da Previdência é ainda mais acentuado. No Estado, as despesas com aposentadorias e pensões dos professores chegam a R$ 100 milhões por mês. Com os professores que continuam em atividade, ficam em R$ 54 milhões. Há 15.765 profissionais do magistério da rede pública estadual na ativa e 21.300 inativos. Os números constam do estudo “RH em Números”, da Secretaria de Administração e Recursos Humanos, que tem como titular a economista Virgínia Ferreira.
O levantamento mostra que os números de inativos, na Educação, estão em crescimento, enquanto reduz a quantidade de professores que continuam em atividade nas escolas. “Entre janeiro de 2014 e janeiro de 2019, o número de professores na ativa diminuiu 7,89%, ao passo que o de aposentados cresceu 25,97%. O quantitativo dos pensionistas, no mesmo período, variou positivamente 17,15%”, destaca o estudo.
As despesas com pagamento de ativos e aposentados aumentam constantemente, mas a folha com inativos tem uma progressão ainda mais acentuada. No pesquisado período (2014 a 2019), a folha dos servidores ativos cresceu 19,12%; a dos aposentados teve o crescimento mais intenso, de 123,2%; e a dos pensionistas, por sua vez, aumentou 94,35%”, aponta o documento.
Os dados mostram um desequilíbrio acentuado. “A folha total dos professores soma mais de R$ 154 milhões. Desse montante, 35% destinou-se ao pagamento dos professores ativos, 61% aos vencimentos dos professores aposentados e 4% aos pensionistas”.
Em janeiro de 2019, mês de referência para o estudo, a folha de pagamento dos profissionais do magistério, contava com 37.065 servidores, dos quais 42,5% estão na ativa; 52,6%, aposentados; e 4,9% são pensionistas”.
TRIBUNA DO NORTE

Presidente do PTC é encontrado morto no Rio

Douglas Corrêa
O presidente do PTC no Rio de Janeiro, Daniel Tourinho Filho, 35 anos, foi encontrado morto nesta sexta-feira (21) em seu apartamento no centro do Rio. Bombeiros do quartel central foram acionados e estiveram no apartamento às 13h22, onde foi constatado que Tourinho Filho estava morto. De acordo com a corporação, Tourinho Filho foi vítima de um mal súbito. A vítima é filho do presidente nacional do PTC, Daniel Tourinho.
Em nota, a executiva nacional do partido informou que o presidente do PTC no Rio de Janeiro (PTC-RJ) foi encontrado morto dentro de seu apartamento nesta sexta-feira (21).
“A família PTC vem a público lamentar com muita dor a morte do presidente regional do partido, Daniel Tourinho Filho. Já faz algum tempo que o presidente enfrentava problemas de saúde, tendo sido atendido em outras ocasiões em rede hospitalar. Daniel vinha trabalhando de forma incansável para montar nominatas justas em todo Rio de Janeiro. A política de nosso estado perde uma grande figura, atuante e sonhadora de um mundo melhor para todos. Descanse em paz”, informou o comunicado.
O deputado estadual pelo partido no Rio, Giovani Ratinho, lamentou, em nota publicada em seu Twitter, a morte precoce do presidente do PTC-RJ. “Um jovem promissor, atuante, sonhador e que se dedicava a política do estado do Rio de Janeiro. Uma perda irreparável. Toda solidariedade aos familiares e amigos”, escreveu.

PIB da Copa América não chega a 10% da economia mundial

Se a Copa América reúne algumas das melhores seleções do mundo, a realidade não é a mesma quando se faz uma análise econômica dos participantes do torneio. Somado, o peso econômico dos países que estão na competição é de apenas 9,5% do Produto Interno Bruto (PIB) global.
Das equipes que jogam a Copa América, a seleção da japonesa é que tem maior relevância. É a terceira maior economia – atrás apenas dos Estados Unidos e da China – e responde por 4,14% da atividade mundial, mostra um estudo conduzido pelo pesquisador do Instituto Brasileiro de Economia, da Fundação Getulio Vargas (Ibre/FGV), Marcelo Balassiano.
O Brasil é segundo país com maior peso econômico entre as seleções que disputam a competição. Nona maior economia global, o país é dono de uma participação de 2,49% no PIB mundial. Os demais países não chegam a 1% de relevância e não figuram entre as 20 maiores economias do globo.
“Nem sempre uma economia com grande peso vai se traduzir no melhor país”, afirma Balassiano. “É só pegar o caso do Brasil. É a nona maior economia do mundo, mas está cheio de problemas.”
Sem os países convidados – Japão e Catar –, o quadro seria ainda de mais fraqueza: os dez países restantes da competição representariam apenas 5% da economia global.
G1

Major Olímpio diz que Onyx nunca fez articulação política

Para Major Olímpio, a retirada da articulação política das mãos de Onyx Lorenzoni vai melhorar a relação do Palácio do Planalto com o Congresso.
“Tenho convicção de que melhora. Sempre afirmei que até então não existia articulação política. O que vier vai ser bom”, disse o senador ao Congresso em Foco.
“Eu não conseguia sentir efeito algum de articulação política, principalmente dentro do Senado, onde convivo com todos os senadores muito bem, com eventuais apoiadores e a oposição.”
O Antagonista

Copa Feminina: Noruega e Austrália, Alemanha e Nigéria jogam hoje

Começa a fase do mata-mata na Copa do Mundo de Futebol Feminino. Quem perder dará adeus ao sonho de conquistar o título mundial. Dois jogos das oitavas de final estão marcados para a tarde deste sábado (22). A bicampeã Alemanha enfrentará a atual campeã da Copa Africana, a Nigéria. E a Noruega, campeã da Copa do Mundo de 1995, jogará contra a Austrália, vice-campeã da Copa da Ásia.
Na fase eliminatória, se o jogo terminar empatado no tempo regulamentar, haverá prorrogação de 30 minutos. Se permanecer o empate, a decisão será nos pênaltis.

Alemanha x Nigéria
Seleção da Alemanha na Copa do Mundo de Futebol Feminino - França 2019. Às 12h30, Alemanha joga contra a Nigéria no estádio des Alpes, em Grenoble. Quem ganhar terá como adversário nas quartas de final, o vencedor da partida entre a Suécia e Canadá.
Seleção da Alemanha na Copa do Mundo de Futebol Feminino - França 2019. - Stephane Mahe/Reuters/Direitos Reservados
A Alemanha teve 100% de aproveitamento na fase de grupos e se classificou como a primeira colocada do Grupo B. Venceu a China por 1 a 0. Ganhou da Espanha também por 1 a 0. E goleou a África do Sul por 4 a 0. A artilheira alemã é a meio-campista Däbritz, com dois gols.
Seleção da Nigéria na Copa do Mundo de Futebol Feminino - França 2019. Seleção da Nigéria na Copa do Mundo de Futebol Feminino - França 2019. - Gonzalo Fuentes/Reuters/Direitos Reservados
Já a Nigéria não foi tão bem na fase de grupos. No Grupo A, sofreu duas derrotas e ganhou um jogo. Se classificou como uma das terceiras melhores colocadas. Estreou com a derrota de 3 a 0 para a Noruega. Venceu a Coreia do Sul por 2 a 0, com gols da atacante Asisat Oshola. E perdeu para França por 1 a 0.

Noruega x Austrália
Seleção da Noruega na Copa do Mundo de Futebol Feminino - França 2019. Ás 16h, Noruega encara a Austrália no estádio de Nice, em Nice. Quem ganhar, terá pela frente o vencedor do duelo entre Inglaterra e Camarões.
Seleção da Noruega na Copa do Mundo de Futebol Feminino - França 2019. - Christian Hartmann/Reuters/Direitos Reservados
As norueguesas se classificaram em segundo lugar Grupo A. Venceram duas partidas e perderam 1. Bateram as nigerianas por 3 a 0. Perderam para as francesas por 2 a 1. E ganharam das sul-coreanas por 2 a 1.
Seleção da Austrália na Copa do Mundo de Futebol Feminino - França 2019. Seleção da Austrália na Copa do Mundo de Futebol Feminino - França 2019. - Bernadett Szabo/Reuters/Direitos Reservados
As australianas também passaram para as oitavas de final com duas vitórias e uma derrota. Perderam na estreia para a Itália por 2 a 1. Viraram o jogo contra o Brasil por 3 a 2. E golearam a Jamaica por 4 a 1. Avançaram na competição como a segunda colocada do Grupo D. A artilheria é a atacante Sam Kerr, com cinco gols.

Jogos das oitavas de final da Copa do Mundo de Futebol Feminino
Sábado (22)
Alemanha x Nigéria
Noruega x Austrália
Domingo (23)
Inglaterra x Camarões
França x Brasil
Segunda (24)
Espanha x Estados Unidos
Suécia x Canadá
Terça (25)
Itália x China
Holanda x Japão

Pista principal da BR-101 será interditada nos dois sentidos neste sábado em Parnamirim

A pista principal da BR-101 será interditada nos dois sentidos neste sábado (22), na altura do bairro Emaús, em Parnamirim, Grande Natal. O Departamento Nacional de Infraestrutura e Transportes (Dnit) informou sobre a interdição através de nota nesta sexta (21).
De acordo com o Dnit, o fluxo de veículos será interrompido entre as 7h30 e as 12h para a instalação de uma passarela de pedestres. O Departamento comunicou que o trânsito será desviado pelas marginais da rodovia.

Militares brasileiros embarcam para missão de paz no Congo

Tenente-coronel Adelmo de Sousa Carvalho Filho vai ser chefe da missão no CongoTreze militares das Forças Armadas brasileiras embarcam hoje (22), para a República Democrática do Congo, onde participam da MONUSCO (sigla em inglês), missão de paz da Organização das Nações Unidas (ONU) naquela região. Os brasileiros foram chamados para atuar junto à Brigada de Intervenção (composta por 3 mil militares da África do Sul, Tanzânia e Malaui), no combate aos grupos armados e às doenças tropicais. O grupo vai atuar em Beni no leste do país, onde, de acordo com a ONU, existem 70 grupos armados em atividade.
Os militares brasileiros passaram por cursos no Centro de Instrução de Guerra na Selva (CIGS) do Exército Brasileiro, fizeram exames físicos e médicos e receberam instruções sobre as regras da ONU no Centro Conjunto de Operações de Paz do Brasil (CCOPAB).
"Nosso maior objetivo é contribuir para o sucesso da missão. Queremos diminuir as atrocidades e mitigar o sofrimento do povo africano. Vamos tentar neutralizar os grupos armados", afirma o tenente-coronel Adelmo de Sousa Carvalho Filho, que atualmente serve no Comando Militar do Norte.  "Vou ser o chefe da equipe. Nossa missão deve ser de seis meses, mas pode ser prorrogada por mais seis meses. Pode ser que o Brasil envie até outro contingente. Trata-se de uma missão inédita da ONU", destaca. O tenente-coronel já participou de outras missões de paz da ONU. Ele foi observador militar na Saara Ocidental e também trabalhou na Operação Acolhida.

O capitão-tenente Fuzileiro Naval Raphael Baptista Mattos dos Anjos também embarca para o Congo e destaca a oportunidade de troca de experiência com outros militares: "é uma oportunidade única de fazer intercâmbio com outras Forças Armadas. Conhecer outras culturas e ambientes de selva que a gente só vê na televisão", afirma o militar que serve no Batalhão Tonelero, uma das organizações de tropas especiais da Força Naval. 

MONUSCO
A MONUSCO foi estabelecida em agosto de 1999 como uma força para monitorar o cessar fogo assinado entre a República Democrática do Congo (RDC), um grupo rebelde e cinco estados regionais. Atualmente, a missão conta com 17 mil militares de diversos continentes, além de policiais, civis e agentes humanitários e é comandada pelo General Elias Rodrigues Martins Filho, do Exército Brasileiro, atual Force Commander da missão. 
* Com informações do Ministério da Defesa e da ONU News

Mega-Sena paga neste sábado prêmio de R$ 2,5 milhões

Quem acertar as seis dezenas da Mega-Sena deste sábado deverá receber R$ 2.500.000,00. As informações são do site da Caixa Econômica Federal.
Também serão contemplados neste concurso 2.162 quem acertar a quina (5 números) e a quadra (4 números).
A aposta mínima, de seis números, custa R$ 3,50.
Quanto mais números marcar, maior o preço da aposta e maiores as chances de faturar o prêmio maior.
Os números serão sorteados às 20 horas (horário de Brasília).

Geórgia tem segunda noite de protestos

Deutsche Welle (agência pública da Alemanha) Berlim
Pela segunda noite consecutiva, milhares de pessoas protestaram do lado de fora do parlamento da Geórgia e exigiram eleições parlamentares antecipadas.
Cerca de 15 mil pessoas se reuniram em frente ao Congresso na capital Tbilisi, apesar dos confrontos com a polícia ocorridos na noite anterior que deixaram 240 feridos. Mais de 300 pessoas foram presas.
Mais cedo nesta sexta-feira, o presidente do parlamento da Geórgia, Irakli Kobakhidze, deixou o cargo, depois que manifestantes e a oposição exigiram sua renúncia.
Ele foi responsabilizado pela polêmica visita de uma delegação russa ocorrida na quinta-feira, na qual um parlamentar russo discursou sentado no lugar do presidente de Irakli.
A visita foi considerada pouco usual, já que a Geórgia cortou relações diplomáticas com o Kremlin durante a guerra de 2008 entre os dois países. Desde então, contatos políticos são raros.
A oposição agora pede eleições parlamentares antecipadas e a renúncia do ministro do Interior, Giorgi Gakharia, responsabilizado pela ação violenta da polícia durante os protestos da noite de quinta-feira.

Rússia suspende voos Em resposta aos protestos, o presidente russo, Vladimir Putin, assinou um decreto nesta sexta-feira proibindo temporariamente que companhias aéreas russas voem para a Geórgia a partir de julho.
As tensões entre a Rússia e a Geórgia permanecem mais de uma década depois que as duas nações travaram uma guerra na qual a Geórgia perdeu efetivamente dois grandes pedaços de seu território – a Ossétia do Sul e a Abkázia.
Moscou reconheceu ambas as áreas como estados independentes e estacionou bases militares permanentes em cada uma.

Receita faz apreensão recorde de cocaína em carga de banana no Porto de Pernambuco

A Receita Federal apreendeu nesta sexta-feira (21) 808,2 kg de cocaína escondidos em uma carga de bananas no porto de Suape, no município de Cabo de Santo Agostinho, na região metropolitana de Recife. Esta é a maior apreensão de drogas realizada na história do porto. A cocaína apreendida foi avaliada em R$ 32 milhões.
A droga estava escondida em carregamento de bananas, e os tabletes, envolvidos em pó de café. O carregamento foi distribuído em três contêineres que iam para a Bélgica, na Europa.
“Observamos que o material estava bem embalado em sacos plásticos e revestidos com pó de café para dificultar o trabalho de cães farejadores. Não havia droga em todas as caixas dos contêineres também para despistar”, contou o delegado da Alfândega da Receita Federal, Carlos Eduardo Oliveira, destacando que os fiscais se surpreenderam com a quantidade de cocaína apreendida.
“Esta foi a maior apreensão desde o funcionamento de Suape”, completou.
A carga ilegal foi descoberta durante fiscalização de rotina da Receita Federal. Um dos contêineres passou por um scanner de raio-x, que analisa cargas por amostragem, e a droga foi detectada. Depois disso, fiscais abriram os demais contêineres.
A Receita não informou a quem pertence o carregamento de drogas e nem a origem da carga. Até agora, ninguém foi preso. A Polícia Federal foi informada da apreensão e ficará responsável pelas investigações sobre a origem da droga.
Uma das hipóteses é de que a droga tenha vindo da Colômbia, Equador ou Peru pelo corredor Solimões, que atravessa a região Norte até portos do Nordeste. O corredor é uma das rotas pluviais de entrada de drogas no Brasil com destino a Europa.
Os contêineres estavam prontos para transporte internacional. A Receita no Recife diz acreditar que narcotraficantes escolheram a data para esconder a droga nos contêineres imaginando que a fiscalização fosse reduzida devido ao feriadão de Corpus Christi.

Folhapress

Uruguai vai vender águia nazista de navio alemão da Segunda Guerra

Deutsche Welle (agência pública da Alemanha) Montevidéu
O governo do Uruguai deverá vender uma imensa águia nazista de bronze, resgatada de um navio de guerra da época da Segunda Guerra Mundial. A decisão foi tomada por um tribunal uruguaio nesta sexta-feira, em Montevidéu.
A águia de quase 350 quilos com uma suástica sob suas garras era parte da popa do encouraçado de batalha alemão Almirante Graf Spee, afundado na costa uruguaia no começo da Segunda Guerra Mundial.
Por anos, o símbolo do Terceiro Reich tem sido objeto de controvérsias em torno de reivindicações alemãs de propriedade e objeções contra a peça ser exibida em público ou vendida.
A corte do Uruguai decidiu que a águia, que está armazenada em caixa de madeira num depósito naval, deve ser leiloada dentro de 90 dias e os lucros divididos entre os investidores do projeto que recuperaram a relíquia do fundo do rio da Prata.
Segundo o jornal uruguaio El País, no passado, houve ofertas entre 9 milhões e 59 milhões de euros (39 milhões a 256 milhões de reais) pelo objeto histórico.
Anteriormente, a Alemanha já havia dito ser contra a comercialização de quaisquer símbolos do regime nazista, mas apoiaria a apresentação da águia dentro de um contexto histórico apropriado, como num museu.
Investidores privados com o apoio do governo do Uruguai realizaram trabalhos de resgate em 2004 para remover o pesado cruzador do Rio da Prata, já que o naufrágio representava perigo para as rotas de navegação.

Águia  ganhou restauração Em 2006, mergulhadores contratados pela família Etchegaray, que está por trás do projeto, descobriram a águia. Ela foi exposta em Montevidéu após ser restaurada.
Posteriormente, foi levada ao depósito depois que a Alemanha protestou contra a exibição de "parafernália nazista".
O Graf Spee afundou vários navios mercantes aliados no Atlântico Sul antes que dois cruzadores britânicos e um da Nova Zelândia o interceptassem e o danificassem durante a Batalha do Rio da Prata, que começou em 13 de dezembro de 1939.
Em seguida, o capitão alemão Hans Langsdorff manobrou o navio para o porto de Montevidéu, onde foram lhe concedidos três dias para remover marinheiros feridos e mortos. Ele então ordenou que o navio fosse afundado no estuário ao largo da costa para impedir que os aliados tivessem acesso à sua tecnologia.
Os destroços foram comprados em 1940 do governo alemão por espiões britânicos usando uma empresa de fachada uruguaia, para avaliar a tecnologia e o design de última geração do navio.
Em 1973, o Uruguai emitiu um decreto reivindicando a propriedade de todos os naufrágios em suas águas.

Brasil disputa, hoje, com Peru 1º lugar do grupo A pela Copa América

O Brasil defende hoje (22) contra o Peru a liderança do grupo A na última rodada da primeira fase da Copa América. A partida será às 16h, na Arena Corinthians, em São Paulo.
Os brasileiros têm o mesmo número de pontos (4) que os peruanos, mas estão à frente devido ao saldo de gols: três, um a mais que o Peru.
A seleção canarinho precisa vencer para terminar na primeira colocação sem depender do resultado do outro jogo do grupo – Bolívia x Venezuela – também às 16h, mas no estádio do Mineirão, em Belo Horizonte. Isso porque os venezuelanos têm 2 pontos e podem chegar a 5 se vencerem os bolivianos.
Por isso, o Brasil pode tanto terminar em primeiro como em terceiro do grupo. Se o Brasil vencer, termina em primeiro. Se empatar o jogo, pode ainda assim terminar em primeiro, desde que a Venezuela não ganhe da Bolívia com uma diferença de quatro gols ou mais.
Combinação de resultados
Se perder o jogo, o Brasil pode ficar em segundo ou em terceiro lugar, dependendo da combinação de resultados dos dois jogos.
Para garantir sua classificação ainda hoje, o Brasil precisa ficar na primeira ou na segunda colocação.
Se chegar em terceiro lugar, a seleção brasileira ainda dependerá dos resultados dos outros grupos, que serão decididos amanhã (23, grupo B) e na segunda-feira (24, grupo C).
Pelo regulamento da Copa América, classificam-se para as quartas de final os dois primeiros colocados de cada um dos três grupos, além dos dois mais bem classificados entre os terceiros colocados.

Agência Brasil

Jogador do Vasco morre em acidente de trânsito no Rio

Raquel Júnia e Vladimir Platonow
O jogador de futebol Thales Lima da Conceição, de 25 anos, morreu na manhã deste sábado (22), vítima de um acidente de trânsito, no Rio de Janeiro.
Thalles era jogador do Vasco, mas estava emprestado para a Ponte Preta, de São Paulo.
Segundo o Corpo de Bombeiros, a corporação foi acionada às 6h30 para atender uma ocorrência de colisão de duas motos na Estrada Almirante Pena Boto, no bairro Monjolos, em São Gonçalo, na Região Metropolitana do Rio.
Quatro vítimas, entre elas Thales e três mulheres, foram socorridas e levadas para o Hospital Estadual Alberto Torres. Uma quinta vítima, um homem de 27 anos, não identificado, morreu no local.
O Vasco da Gama divulgou nota de pesar nas redes sociais. Afirma que o clube está chocado com a notícia do acidente e que lamenta profundamente a morte do atacante Thales. O clube deseja ainda muita força aos familiares e amigos.
Nas redes sociais, a Ponte Preta, onde Tales jogava desde o início deste ano, também lamentou a morte do jogador. O texto diz que o clube recebeu a notícia de maneira consternada e manifesta solidariedade aos familiares e amigos.

Trajetória
O Vasco lembrou a trajetória do atleta, que chegou ainda criança ao clube e vinha trilhando uma carreira ascendente.
“Thalles era natural de São Gonçalo e chegou em São Januário aos 11 anos de idade. Teve uma trajetória marcada por muitos gols nas categorias de base. Principal nome da equipe campeã da Taça Belo Horizonte em 2013, subiu para o time principal no mesmo ano e não demorou muito para se firmar."
Na temporada seguinte, em virtude do seu bom desempenho, foi convocado para a Seleção Brasileira sub-20. O atacante foi aluno do Colégio Vasco da Gama, diz nota do clube.
Segundo o Vasco, em cinco temporadas na equipe principal, Thalles disputou 157 partidas, marcou 36 gols e conquistou quatro títulos: Campeonato Carioca 2015, Taça Guanabara 2016, Campeonato Carioca 2016 e Taça Rio 2017. Ainda não há informação sobre o sepultamento do jogador.

Bolsonaro diz que Congresso quer transformá-lo em uma rainha da Inglaterra

Envolto em uma turbulenta relação com o Congresso, o presidente Jair Bolsonaro (PSL) disse neste sábado (22) que o Legislativo passa a ter cada vez mais “superpoderes” e que quer deixá-lo como “rainha da Inglaterra”, que reina, mas não governa.
“Pô, querem me deixar como rainha da Inglaterra? Este é o caminho certo?”, indagou Bolsonaro.
O presidente fez o questionamento ao dizer que tomou conhecimento de um projeto na Câmara que transferiria a parlamentares o poder de fazer indicações para agências reguladoras.
“Se isso aí se transformar em lei, todas as agências serão indicadas por parlamentares. Imagina qual o critério que vão adotar. Acho que eu não preciso complementar”, afirmou Bolsonaro.
O presidente disse que “o Legislativo, cada vez mais, passa a ter superpoderes” e disse que o pacto entre Executivo, Legislativo e Judiciário deveria ser algo vindo “do coração”.
“Com todo respeito, nem precisava ter um pacto. Isso precisava ser do coração, do teu sentimento, da tua alma”, disse o presidente, na saída do centro médico do Palácio do Planalto, onde foi nesta manhã para fazer exames antes de embarcar para o Japão, na terça-feira (25) para participar da reunião do G-20.
Após a entrevista, o presidente iniciou um giro pela capital federal. Entrou em um supermercado, conversou com moradores, e depois seguiu para um clube militar.
Nesta sexta-feira (21), ao anunciar mudanças em sua equipe ministerial, Bolsonaro reconheceu que seu governo tinha problemas na articulação política.
Por meio de medida provisória publicada na quarta-feira (19), ele transferiu a articulação política de Onyx Lorenzoni (Casa Civil) para o general Luiz Eduardo Ramos (Secretaria de Governo).
O diálogo do governo com o Congresso é alvo de constantes reclamações de parlamentares nesses quase seis meses de gestão Bolsonaro e já impôs uma série de derrotas ao Planalto.
Exemplo mais recente é a aprovação de um texto pelo Senado esta semana que tira a validade de dois decretos presidenciais sobre porte e posse de armas.
As queixas eram direcionadas, sobretudo, a Onyx, a quem cabia a tarefa de atender as demandas do Legislativo.
Reportagem da Folha deste sábado (22) mostrou que, na véspera de completar seis meses no cargo, Bolsonaro dá sinais de que busca uma nova maneira de governar e deixar para trás a difícil relação com o Congresso até aqui.
Na última semana, demitiu dois ministros, modificou as funções de 3 das 4 pastas que ficam no Palácio do Planalto e anunciou pessoalmente troca de comando em duas estatais: o BNDES e os Correios.
No primeiro semestre como presidente, Bolsonaro adotou um modo oscilante na maneira de governar. Agora, tem demonstrado maior descontração nas aparições públicas.
A mudança de humor, na avaliação de aliados, foi influenciada pelas manifestações pró-governo no fim de maio.
Desde então, o presidente tem parado com frequência para cumprimentar e conversar com apoiadores ao entrar e sair da residência oficial, o Palácio da Alvorada. Aproveita a ocasião para dar entrevistas aos repórteres que fazem plantão no local.
Apesar de uma melhora de clima, assessores presidenciais não acreditam que ele vá adotar de forma constante uma versão “paz e amor”, mantendo o método de “fritura pública” de seus auxiliares antes de demiti-los.

Folhapress

Anatel aprova Plano Estrutural de Redes de Telecomunicações

O Conselho Diretor da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) aprovou o Plano Estrutural de Redes de Telecomunicações (Pert). A meta é ampliar o acesso à banda larga no Brasil.
O plano traz um diagnóstico da infraestrutura de telecomunicações do país e apresenta projetos para superação das deficiências. Estão previstas a expansão das redes de transporte, ampliação das redes de acesso e implantação de redes públicas essenciais.
A proposta é a implantação de redes de comunicação para serviços públicos essenciais como educação, pesquisa, saúde, segurança pública e defesa.
“O Brasil ainda precisa superar o desafio da conectividade e o único caminho possível é desenvolver a sua infraestrutura de redes”, disse o conselheiro relator do plano, Aníbal Diniz, em declaração publicada pelo site da Anatel.
Com o Pert, a Anatel quer estimular os setores público e privado de telecomunicações. Em 2018, 3.542 municípios eram atendidos por fibra ótica, enquanto os outros 2.028 não contavam com essa estrutura.
O plano propõe a ampliação do atendimento por fibra e, nas cidades onde não for viável, por meio de conexões de alta capacidade por satélite ou outras tecnologias.
O Plano Estrutural de Redes de Telecomunicações será revisado anualmente, considerando a progressiva melhoria na coleta de dados e o gradual acúmulo de informações.
Três dos quatro homens presos por suspeita de matarem um sargento da Polícia Militar nesta quarta-feira (19) tiveram liberdade provisória decretada após audiência de custódia nesta sexta-feira (21), em Manaus.
O vídeo em que eles deixam a audiência e que registra familiares do policial indignados viralizou no Brasil.
O sargento foi assassinado com dez tiros pelo corpo: um atingiu o queixo do PM, oito nas costas e um no tórax. Os suspeitos fugiram e levaram a arma do policial.
Segundo a Justiça do Amazonas, a audiência de custódia avalia a prisão dos suspeitos e é realizada no momento em que a polícia apresenta o inquérito.
Em seguida, o inquérito vira um processo que será distribuído no TJAM e vai ser direcionado a uma das varas penais na próxima segunda-feira (24).
Segundo o Tribunal, caso o Ministério Público solicite a prisão dos suspeitos novamente, eles podem voltar a serem presos.

Blog do Dina

sexta-feira, 21 de junho de 2019

Audiência publica: correspondente do Panrotas irá falar na AL sobre a importância do turismo religioso para economia dos municípios


Está confirmada para a próxima terça-feira, dia 25, às 14 horas, na Assembleia Legislativa, a audiência pública para discutir a “Interiorização do Turismo Religioso no Rio Grande do Norte”. Na abertura do evento, o jornalista Antônio Roberto Rocha, correspondente do Panrotas e colunista do jornal Tribuna do Norte, irá falar aos presentes sobre a importância da interiorização do turismo e do turismo religioso como instrumento de geração de emprego e renda.
A audiência pública, de iniciativa do deputado estadual Tomba Farias (PSDB), reunirá ainda empresários e entidades do “trade” turístico potiguar, representantes do governo do Estado e Prefeitura de Natal, além de prefeitos e secretários de turismo de municípios potiguares vocacionados para o turismo religioso, como Santa Cruz, São Gonçalo do Amarante, Açu, Patu, Mossoró, Caicó, Canguaretama, Carnaúbas dos Dantas, entre outros.
Para o deputado estadual Tomba Farias, idealizador do Complexo Turístico de Santa Rita de Cássia, em Santa Cru (RN), onde se encontra localizada a estátua de Santa Rita de Cássia, a maior estátua religiosa do mundo, foi justamente o turismo religioso que mudou o perfil da economia daquele município, que hoje se insere entre os principais destinos da fé do país.
“Se deu certo em Santa Cruz, dará certo também em outros municípios, desde que para isso se estabeleça o trinômio ‘vontade política’, ‘’apoio de governos e ‘empenho da iniciativa privada’. Em Santa Cruz, ousamos sonhar e hoje colhemos os frutos desse sonho que tornou-se realidade”, explica o parlamentar.