quarta-feira, 15 de agosto de 2018

Quatro pessoas são presas por sonegação fiscal em distribuidoras

Flávia Albuquerque
A Polícia Federal (PF) cumpriu na manhã de hoje (15) quatro mandados de prisão temporária e seis de busca e apreensão em Campinas e São Paulo. A ação faz parte da segunda fase da operação Rosa dos Ventos, realizada em conjunto com o Ministério Público Federal (MPF), para apurar crimes de corrupção e lavagem de dinheiro envolvendo sonegação fiscal em distribuidoras de combustível na região de Campinas, no interior paulista.
Entre os investigados estão empresários, um advogado e um auditor da Receita Federal, acusado de receber propina para não fiscalizar empresas e passar informações sigilosas ao grupo criminoso. Um dos alvos está foragido.
"Esse auditor fiscal prestou apoio para essa organização criminosa durante vários anos e isso surgiu da análise do material apreendido na segunda fase das investigações", explicou o chefe da Delegacia de Repressão à Corrupção e Crimes Financeiros da PF, Victor Hugo Rodrigues Alves Ferreira.
De acordo com ele, o auditor fiscal recebia várias vantagens pela prestação do serviço. "A organização criminosa chegou a pagar viagens para o exterior, ele recebeu pisos de porcelanato para reformar a casa dele. Esse tipo de coisa. Ao menos isso já está comprovado".
Segundo a PF, a segunda fase da investigação começou com a análise do material apreendido na primeira fase, deflagrada em agosto do ano passado. Na ocasião os policiais federais encontraram indícios de que os investigados teriam um esquema envolvendo corrupção de um agente público, evasão de divisas e lavagem de dinheiro, que inicialmente não haviam sido detectados.

Esquema A primeira fase da operação Rosa dos Ventos foi deflagrada depois de uma fiscalização da Receita Federal constatar sonegação fiscal em uma distribuidora de combustíveis de Paulínia, também no interior de São Paulo.
"O que parecia ser só um crime de sonegação fiscal com prejuízo ao erário se revelou um esquema que gerava grandes prejuízos à concorrência porque o produto que essas empresas comercializava são commodities e os empresários envolvidos com a organização criminosa simplesmente não recolhiam absolutamente nada de tributos e saiam com uma vantagem com relação à concorrência que muitas vezes era obrigada a fechar as portas", disse o delegado.
O esquema consistia no uso de distribuidoras fantasmas para a comercialização de etanol, o que viabilizava a sonegação de 33% dos tributos devidos após a compra do combustível das usinas e a revenda aos postos. Essas empresas tinham vida útil de aproximadamente quatro anos, tempo médio até que a Receita Federal descobrisse a atuação ilegal. Quando entravam na mira das autoridades fazendárias, as firmas eram desconstituídas e davam lugar a outras, também de “fachada”.
Levantamentos mostraram um prejuízo de R$ 5,1 bilhões em impostos sonegados e multas que não foram pagas pelos investigados e suas empresas. "Isso só em crédito tributário constituído definitivamente. Ainda há outros processos em tramitação que certamente vão gerar centenas de milhões em crédito tributário constituído", afirmou.
A PF também apura o envolvimento de um ex-conselheiro do Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (CARF) e de dois servidores do Banco Central.

MEC discute com países sul-americanos projeto de escolas de fronteira

O ministro da Educação, Rossieli Soares, anuncia mudanças no Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb) para 2019.Mariana Tokarnia e Leandro Melito
O Ministério da Educação (MEC) está criando um projeto específico para escolas de fronteira em conjunto com os países que limitam com o Brasil. De acordo com o ministro da Educação, Rossieli Soares, o objetivo do projeto é tornar as escolas mais atrativas nessas regiões e, com isso, evitar que os alunos deixem de frequentar as aulas.

Ontem (14), a Agência Brasil publicou dados de relatório preliminar do Instituto de Desenvolvimento Econômico e Social de Fronteiras (Idesf). O estudo revela que os municípios fronteiriços que mais sofrem com a violência são os que apresentam a pior estrutura educacional e de saúde e menos oportunidades de emprego formais.
O ministro Rossieli Soares, que participava, em Olinda, do 7º Fórum Nacional Extraordinário da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime)*, foi perguntado pela reportagem sobre as medidas que seriam tomadas para melhorar a situação das escolas nas fronteiras do país. Segundo o ministro, a ideia é construir escolas que trabalhem nessa região a questão local de fronteira e sejam mais atrativas e significativas para o aluno. “Evasão é um problema nessas escolas. Não só nessas escolas específicas, mas em todas as escolas. A solução nem sempre será igual para todos os lugares; é preciso considerar o contexto local”, acrescentou o ministro.
Rossieli disse que, após reunião da Organização dos Estados Ibero-Americanos (OEI), que ocorreu em julho, na Bolívia, o MEC trabalha para a criação de projeto específico para escolas de fronteira. O ensino médio terá destaque no projeto, cujo objetivo é envolver os países que fazem fronteira com o Brasil.

Segundo Soares, o Paraguai já manifestou interesse em participar do projeto. Os únicos países da América do Sul que não fazem fronteira com o Brasil são o Equador e o Chile.

MEC diz que continuará debatendo base curricular, apesar de protestos

Mariana Tokarnia e Leandro Melito
Após protestos que levaram ao cancelamento de audiências públicas voltadas para a discussão da Base Nacional Comum Curricular (BNCC), o ministro da Educação, Rossieli Soares, disse que o debate irá continuar e que caberá ao Conselho Nacional de Educação (CNE) decidir quando o documento está “maduro para ser votado”.
“Estamos discutindo com todo mundo que quer discutir. Transformar o debate em palanque político fica sempre muito difícil”, disse o ministro após participar da abertura, em Olinda (PE), do 7º Fórum Nacional Extraordinário da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime)*.
A BNCC é um documento que visa nortear os currículos escolares de todo o país, definindo o mínimo que deve ser aprendido em cada etapa de ensino. A BNCC que trata do ensino infantil e fundamental foi aprovada no final do ano passado. Agora, a parte que trata do ensino médio está sendo analisada pelo CNE.
Para ampliar o debate, foram agendadas audiências públicas em todas as regiões do país. Em algumas localidades, no entanto, os conselheiros têm enfrentado manifestações por parte de professores e estudantes. As audiências chegaram a ser canceladas em junho, em São Paulo e, na semana passada, em Belém (PA).
A BNCC deverá ter como norte o novo ensino médio, que entre outras medidas, determina que os estudantes tenham, nessa etapa de ensino, uma parte do currículo comum e outra direcionada a um itinerário formativo, escolhida pelo próprio aluno, cuja ênfase poderá ser em linguagens, matemática, ciências da natureza, ciências humanas ou ensino técnico.
O MEC defende que as alterações deverão tornar o ensino médio mais atrativo, já que essa etapa tem altos índices de abandono por parte dos alunos. O ministro defendeu a urgência da aprovação da Base para que o novo modelo seja implementado: “Se não tivermos o referencial da Base, o livro didático do ensino médio só vai mudar em 2025. É uma decisão importante para o Brasil. Vamos continuar com esse mesmo modelo até 2025 ou vamos trabalhar a partir de agora com um modelo que pode ser melhor?”, disse à jornalistas.  

Base Nacional
A proposta do governo organiza a o currículo do ensino médio por áreas do conhecimento: linguagens, matemática, ciências da natureza e ciências humanas. Apenas as disciplinas de língua portuguesa e matemática aparecem como componentes curriculares, ou seja, disciplinas obrigatórias para os três anos do ensino médio. As alterações são alvo de crítica de professores e estudantes.
“Tem muita confusão de informação. A BNCC não propõe o fim de componentes curriculares, mas que sejam planejados em conjunto com áreas do conhecimento. As redes vão definir a organização. Todas elas vão manter componentes”, garantiu Soares.
A versão da BNCC para o ensino médio apresentada pelo MEC que está em discussão contém a parte comum para todos os estudantes do ensino médio. A pasta discute ainda o mínimo a ser aprendido em cada itinerário formativo que pode ser escolhido pelos estudantes. Essa parte, segundo o ministro, deverá estar “mais concreta” até setembro.

DIA 18 É O DIA D DA CAMPANHA DE VACINAÇÃO CONTRA A POLIOMIELITE E SARAMPO


O sábado, dia 18 de agosto, será o Dia D de mobilização para a Campanha Nacional de Vacinação contra a poliomielite e contra o sarampo. A campanha teve início dia 6 e segue até 31 de agosto, realizada pelo Ministério da Saúde em parceria com as Secretarias Estaduais e Municipais de Saúde. Devem ser vacinadas crianças de um ano até quatro anos 11 meses e 29 dias.

A campanha tem como objetivo manter elevada cobertura vacinal contra a poliomielite nos municípios, para evitar a reintrodução do vírus selvagem da poliomielite, bem como vacinar os menores de cinco anos de idade contra o sarampo e a rubéola, para manter o estado de eliminação dessas doenças.

“Ressaltamos que no próximo sábado, dia 18, acontecerá o Dia D de divulgação e mobilização Nacional para a Campanha de Vacinação contra a poliomielite e Sarampo. Orientamos que todos os pais e responsáveis, principalmente aqueles que não podem levar seus filhos na semana para ser vacinados, não percam a oportunidade de levá-los e com isso garantir a proteção destes contra essas doenças e evitar a reintrodução das mesmas em nosso Estado”, explica a coordenadora do Programa Estadual de Imunização da Sesap, Katiúcia Roseli.

As campanhas contra poliomielite foram iniciadas em 1980, estando o país livre da doença desde 1990. Com relação às campanhas contra o sarampo, estas são realizadas desde 1995, com a vacinação de população alvo específica que, na grande maioria das vezes, abrange as crianças de um a quatro anos de idade.

Meta

O público-alvo da campanha corresponde a 11.213.278 crianças no Brasil e 188.861 no Estado do Rio Grande do Norte. A meta mínima a ser alcançada corresponde a 95% de cobertura vacinal contra poliomielite e sarampo. Após a primeira semana de Campanha o Estado vacinou apenas 8,2% do público alvo para a Poliomielite e 8% para o Sarampo, mostrando que um número muito pequeno de crianças foram levadas até as Unidades Básicas de Saúde até a presente data.

Descubra se sua carreira combina com o seu propósito de vida


Todos nós buscamos um propósito, um objetivo de vida. Um dos grandes sonhos da maioria das pessoas está em conciliar carreira, família e lazer. Pesquisas revelam, como a da International Stress Management Association, realizada no Brasil, que diversos profissionais não conseguem trabalhar naquilo que mais gostam e despendem horas do seu dia executando tarefas que não te propiciam prazer, tornando-se assim pessoas amargas e insatisfeitas. E muitos se acostumam a essa rotina maçante e passam assim, grande parte de suas vidas infelizes.
A 17ª edição da pesquisa Carreira dos Sonhos, idealizada recentemente pela Cia de Talentos, comprova que os jovens atuais se preocupam com empresas que possuem um propósito definido e com o impacto que elas geram na sociedade, seja com relação ao meio ambiente e social, bem-estar, diversidade e inclusão.
O que é maravilhoso, pois a tempos atrás, quando os jovens tinham que decidir que caminho percorrer profissionalmente, muitos optavam por cursos que, em princípio, tivessem mais visibilidade e que no futuro remunerassem bem.
Depois de um tempo, os olhares foram se transformando e começou-se a construir uma carreira, com objetivos mais definidos. E, num terceiro momento, já mais amadurecidos, os profissionais trabalham por algo que dê sentido à vida, ou seja, que tenha um objetivo e uma finalidade.
O propósito vem com o autoconhecimento, da descoberta do que realmente importa e com a consciência de que somos seres humanos únicos e exclusivos. Sabendo disso, identificamos nossas habilidades, qualidades, nossos pontos fortes, que contribuem para que tenhamos os melhores comportamentos e atitudes, mesmo diante das adversidades, além de nossos talentos. Alinhamos nossos valores com os valores da empresa, encontrando aquilo em que somos bons e que nos faz feliz.
E assim, começamos a construir nossa identidade e nosso legado, com a prática, paixão e persistência indispensáveis para se atingir objetivos, e conquistar o tão sonhado estado de felicidade no trabalho.
Hoje, encontramos muitos profissionais com anos de carreira e que atuam em determinada área, mudando a sua trajetória profissional, com a vantagem de ter vasta experiência no mercado de trabalho e também de vida, e que se dispõem a encontrar algo que faça sentido e que as realizem e a levem ao caminho da felicidade.
Graças ao autoconhecimento, identificam seus talentos. Profissionais satisfeitos tendem a serem mais produtivos, criativos e a encararem o mundo de forma positiva, com otimismo estampado no rosto, além de se arriscarem mais, pois enxergam oportunidades que outras pessoas não veem, atuando lado a lado com a sua autoestima e as relações interpessoais.
A felicidade e equilíbrio entre carreira e propósito de vida é a consequência de todas as pequenas mudanças que você fizer agora. Conecte-se com você e valorize seu tempo livre, desfrute de um hobby que te dê prazer, determine metas de acordo com a sua realidade, seja coerente consigo e não se acostume com o mal-estar. Portanto, faça valer a pena!
Busque ser feliz e descubra os seus objetivos, e sua carreira fará todo sentido na sua vida. Se desafie a ter uma trajetória de significados, entendendo o que você faz de melhor, alinhando o seu trabalho com a sua essência e assim, ser uma pessoa realizada!
Exame

Pesquisa aponta que Bolsonaro lidera intenções de voto em cenário sem Lula, com Marina distante em segundo

O candidato do PSL à Presidência da República, Jair Bolsonaro, lidera as intenções de voto para as eleições de outubro com 23,9 por cento de preferência do eleitorado no cenário sem a presença do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) entre os concorrentes, de acordo com levantamento do instituto Paraná Pesquisas divulgado nesta quarta-feira.
Na pesquisa sem Lula e em que o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad aparece como nome do PT, Marina Silva (Rede) é a segunda colocada com 13,2 por cento de apoio, em empate técnico com Ciro Gomes (PDT), que registra 10,2 por cento de apoio.
Geraldo Alckmin (PSDB) vem a seguir com 8,5 por cento, à frente de Alvaro Dias (Podemos), com 4,9 por cento, e de Haddad, que registra 3,8 por cento. Nesse cenário, 6,8 por cento dos entrevistados disseram não saber em quem votar, e 23,1 por cento disseram que não votariam em nenhum dos candidatos.
Em levantamento de julho do mesmo instituto, Bolsonaro tinha 23,6 por cento de apoio; Marina aparecia com 14,4 por cento; Ciro com 10,7 por cento; Alckmin com 7,8 por cento; Dias com 5,0 por cento e Haddad com 2,8 por cento.
Segundo o Paraná Pesquisas, os levantamentos de julho e agosto não podem ser comparados diretamente pois a pesquisa anterior incluía pré-candidatos cujas candidaturas não se confirmaram e que não constam da pesquisa deste mês.
Quando Lula é incluído entre os concorrentes, o ex-presidente lidera as intenções de voto com 30,8 por cento de apoio no levantamento de agosto, contra 22,0 por cento de Bolsonaro, que ocupa a segunda posição nesse cenário.
Lula, no entanto, está preso em Curitiba desde o início de abril cumprindo pena de 12 anos e 1 mês por corrupção e lavagem de dinheiro no caso do tríplex no Guarujá (SP), e deve ficar inelegível pela Lei da Ficha Limpa, que barra a candidatura de condenados por órgãos colegiados da Justiça.
Nesse outro cenário do levantamento, Marina ocupa a terceira posição com 8,1 por cento de apoio, ante 6,6 por cento de Alckmin, 5,9 por cento de Ciro e 4,0 por cento de Alvaro Dias. Disseram não saber em quem votar 4,6 por cento dos entrevistados, e 14,3 por cento disseram que não votariam em nenhum dos candidatos.
No mês passado, Lula tinha 29,0 por cento e Bolsonaro aparecia com 21,8 por cento, contra 9,2 por cento de Marina; 6,2 por cento de Alckmin; 6,0 por cento de Ciro e 4,2 por cento de Dias.
A pesquisa desta quarta-feira também apontou que o general Hamilton Mourão, companheiro de chapa de Bolsonaro, é o candidato a vice-presidente que os entrevistados mais gostam ou simpatizam, com 13,6 por cento de preferência. Haddad, atual companheiro de chapa de Lula, vem em seguida com 12,3 por cento, à frente de Ana Amélia (vice de Alckmin), com 6,8 por cento, e de Kátia Abreu (vice de Ciro), com 2,7 por cento.
Questionados se o eventual apoio de Lula a Haddad caso o ex-presidente não seja candidato aumenta, diminui ou não muda a vontade de votar no ex-prefeito para presidente, mais da metade dos entrevistados (50,7 por cento) disseram que não muda, enquanto 25,2 por cento disseram que diminui a vontade e 19 por cento disseram que aumenta.
Para 64,1 por cento dos entrevistados, a candidatura de Lula será impugnada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), acrescentou o Paraná Pesquisas, enquanto 30,4 por cento acreditam que o ex-presidente conseguirá ser candidato.
O levantamento do Paraná Pesquisas divulgado nesta quarta-feira entrevistou 2.002 eleitores entre os dias 9 e 13 de agosto em 168 municípios dos 26 Estados e no Distrito Federal. A margem de erro estimada do levantamento é de aproximadamente 2,0 pontos percentuais, de acordo com o instituto.
Extra, com Reuters

Operação Lei Seca emprega policiamento ostensivo na zona Sul de Natal

Policiais da Operação Lei Seca do Departamento Estadual de Trânsito do RN (Detran) reforçaram nessa terça-feira (14) o patrulhamento ostensivo em bairros da zona Sul de Natal. O policiamento móvel teve início às 17h e seguiu até às 23h fortalecendo a segurança dos bairros de Candelária, Potilândia e Nova Descoberta.
De acordo com o coordenador da Operação Lei Seca, tenente-coronel Francisco Flávio dos Santos, foram utilizadas duas guarnições operacionais disposta em duas viaturas que circularam nas ruas e realizaram ponto base em locais de maior circulação de pessoas e veículos. “A ação provocou agradecimentos da comunidade aos policiais militares por motivo da Operação Lei Seca está contribuindo para uma melhor segurança pública”, comentou.
O diretor do Detran, Eduardo Machado, explicou que as atividades operacionais de policiamento ostensivo preventivo realizada pelo efetivo da Lei Seca tem a missão de contribuir com a segurança pública e foi uma medida tomada pela Direção do Detran e a Coordenação da Operação. “Na semana passada foram empreendidas ações em bairros da zona Oeste e agora iniciamos também na zona Sul de Natal, sempre buscando inibir o crime e zelar pela segurança do cidadão”, alegou.
Durante o patrulhamento foram realizadas diversas abordagens a pessoas e veículos, onde os policiais averiguaram a documentação do automóvel e do cidadão abordado. O plano é inibir ações delituosas na área do patrulhamento, a exemplo de roubos, principalmente de veículos, lojas comerciais e residências.
BG

RN terá videomonitoramento em funcionamento até o final do ano

A segurança pública do Rio Grande do Norte passará a ter mais uma ferramenta de auxílio: o videomonitoramento. Esta semana, o Governo do Estado publicou a homologação do processo licitatório, que é a última etapa necessária para o início da instalação dos 184 equipamentos que serão distribuídos pela região metropolitana de Natal e em funcionamento até dezembro desse ano.
Serão distribuídas 184 câmeras de alta tecnologia para o Estado. Sendo 140 câmeras móveis com zoom de 30 vezes, cobrindo uma área de um quilômetro de raio visualizando espaços urbanos e comércio; e outras 44 câmeras capazes de reconhecer placas de carros e motos e já identificar os que possuem queixas de furto e roubo instantaneamente tanto de dia, como em condições de total ausência de luz.
Além das câmeras, serão instalados sistema de gerência e análise das imagens, sistema de detecção de placas, servidor para guarda de dados e toda infraestrutura para interligação por fibra óptica e rádios. No processo, também estão incluídos treinamento de servidores e manutenção de toda a estrutura durante um ano. Erich Rodrigues, diretor-geral da Interjato Soluções, empresa responsável pela instalação dos equipamentos, destacou a importância do videomonitoramento para a segurança pública do RN.
“Estamos trazendo tecnologia de ponta para o Rio Grande do Norte e mostrando que é possível ajudar a segurança pública com o trabalho desenvolvido aqui, mesmo concorrendo com gigantes do mercado nacional. Esses equipamentos vão auxiliar na segurança com monitoramento remoto e com informações estratégicas em tempo real”, explicou.

Manifestação pelo registro da candidatura de Lula acontece na tarde desta quarta em Natal e promete complicar o trânsito

Militantes do PT e simpatizantes do ex-presidente Lula realizam a partir das 16h desta quarta-feira(15) uma manifestação no cruzamento das avenidas Salgado Filho e Bernardo Vieira, pela defesa de registro da candidatura do petista à Presidência. Sinal de complicação no trânsito no trecho.
Condenado e preso em Curitiba-PR, e com nome prestes a ser barrado pelo TSE, pela Lei da Ficha Suja, Lula deposita nos petistas a esperança nesta manifestação, programada em todo o país por sua militância.

MPRN denuncia médico do SUS que cobrou por procedimento

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) denunciou à Justiça potiguar um médico por ter exigido vantagem indevida, em razão de sua função pública no Município de Ceará-Mirim. A denúncia, formulada pela 3ª Promotoria de Justiça da comarca após investigações narra que o profissional, após realizar consulta em uma paciente, condicionou tratamento cirúrgico à realização de um procedimento mais oneroso e em estabelecimento particular.
O médico exigiu, para si e para outros, os honorários e custos da cirurgia particular no valor aproximado de R$ 21 mil. Desse total, R$ 3 mil seriam destinados ao próprio denunciado. O fato ocorreu no dia 5 de outubro de 2010, no Hospital Percílio Alves, da Prefeitura de Ceará-Mirim.
O procedimento seria a osteotomia (um tipo de cirurgia no osso). Para a paciente, no caso a vítima dessa situação, o médico deixou claro que não poderia fazer a cirurgia pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Ele acrescentou ainda que “talvez o SUS até tivesse outro material, mas era o que ele considerava adequado” e que “se a declarante quisesse fazer com material diferente, ela poderia ficar à vontade para procurar outro médico” – conforme descrito na denúncia ministerial.
Além dessas declarações, o acusado ainda emitiu atestado, assinado por ele, informando que, em virtude dos baixos honorários pagos pela Tabela do SUS, o procedimento médico deveria ter os valores de honorários para o cirurgião previamente acordados:
Para o MPRN, a conduta do médico contraria deveres éticos, que deveriam ser respeitados por ele como profissional atuante no SUS, além de contrariar expressamente os protocolos do sistema para tratamento da doença da paciente, indicando exclusivamente tratamento particular, fora da rede pública.
Assim, o Ministério Público requer que a Justiça potiguar aceite a denúncia e transforme o médico em réu em processo penal por ter cometido o delito de concussão, tipificado no Código Penal, com o agravante de ter sido cometido contra pessoa enferma.
Leia a denúncia na íntegra aqui.
BG

DICA DE HOJE PATINHO..



O patinho é uma carne para o almoço do dia a dia, sendo geralmente preparado em bifes ou picado. Mas que tal surpreender com um patinho diferente?
Para a nossa receita que serve 4 pessoas, usaremos um pedaço inteiro de patinho como esse da linha Dia a Dia, o que trará ainda mais economia, pois elas geralmente são mais baratas do que a carne já cortada em bifes.
Anote os ingredientes:
  • 1kg de patinho
  • 2 tomates
  • 4 dentes de alho
  • Meia lata de massa de tomate
  • 1 cebola média
  • 2 cravos
  • 4 colheres de cachaça
  • Cheiro verde a gosto
Além de ser econômica, essa receita é muito fácil de fazer. Primeiro vamos picar o tomate, a cebola e o alho.
Depois, corte a carne em pedaços grandes, um por pessoa, por exemplo, lambuze o patinho com a massa de tomate e reserve.
Em uma panela bem grande que caiba a carne depois, doure a cebola em óleo bem quente. Quando ela estiver bem refogada, coloque a carne e vá colocando aos poucos um pouco de água para ela cozinhar.
É importante que você não coloque muita água de uma vez só; vá pingando um pouco de cada vez até que ela esteja toda cozida.
Quando o patinho estiver no ponto desejado, coloque o tomate picado, o cravo e a cachaça e deixe ferver um pouco mais.
Pronto, agora basta servir com o cheiro verde picado e bom apetite! Recomendamos servir com batatas cozidas e rodelas de cebola.

Eletrobras estipula em R$ 3,1 bi valor mínimo para leilão de SPEs

Andreia Verdélio
A diretoria executiva da Eletrobras aprovou os preços mínimos de venda de suas participações em Sociedades de Propósito Específico (SPEs) de geração eólica e linhas de transmissão. Os valores mínimos totalizam R$ 3,1 bilhões, conforme comunicado ao mercado divulgado na noite de ontem (14) pela companhia.
O leilão está previsto para 27 de setembro de 2018 na B3 da Bolsa de Valores São Paulo. Serão alienadas 71 participações societárias em SPEs, reunidas em 18 lotes.
O preço mínimo mais elevado é o da Santa Vitória do Palmar Holding, lote A, no valor de R$ 635,6 milhões. A Eletrobras tem 78% desse empreendimento, dedicado à geração eólica. De acordo com a estatal, os preços estão referenciados à data-base de 31 de dezembro de 2017 e incluem os custos de transação.
A SPE é uma sociedade empresarial, com as mesmas características do consórcio, que é formada para a execução de um determinado empreendimento, podendo inclusive ter seu prazo de existência determinado. Normalmente é utilizada para isolar o risco financeiro de uma atividade.
O capital social da SPE pode ser constituído pelos sócios com dinheiro, bens móveis e imóveis e, ainda, com direitos, desde que estes tenham valor econômico. Uma vez formado o capital, as contribuições dos sócios passam a compor o patrimônio da sociedade
Ontem (14), a Eletrobras também anunciou lucro líquido de R$ 2,8 bilhões no segundo trimestre deste ano.

Erros em hospitais matam 148 pessoas por dia no Brasil, mostra estudo


Erros em hospitais matam 148 pessoas por dia no Brasil, mostra estudoErros em hospitais brasileiros públicos ou privados matam cerca de 148 pessoas por dia, segundo pesquisa divulgada pelo 2º Anuário de Segurança Assistencial Hospitalar no Brasil, produzido pelo IESS (Instituto de Estudos de Saúde Suplementar) e pelo Instituto de Pesquisa Feluma, da Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais.
O número se compara aos registros de mortes violentas, cerca de 175 por dia, registradas em 2017.
No estudo, foram destacados os óbitos como “eventos adversos graves” como infecção generalizada, infecção urinária, erro no uso de medicamentos e hemorragia.
Ao todo, 54.076 pacientes morreram em 2017 por causa de falhas hospitalares.
NOTÍCIAS AO MINUTO

Operação Cidade Luz: Prefeito de Patos é afastado e outros 12 são denunciados

O prefeito da cidade de Patos, Dinaldo Medeiros Wanderley Filho, foi afastado pelo Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB), nesta terça-feira (14). Outras 12 pessoas também foram denunciadas. O grupo é investigado pela Operação Cidade Luz e comandada pelo Ministério Público da Paraíba (MPPB), que investiga fraudes em contratos de iluminação pública na cidade do Sertão paraibano, informa o G1.
A Justiça também determinou as seguintes medidas cautelares: comparecimento a todos os atos processuais para os quais forem convocados, proibição de acesso ou frequência à sede da Prefeitura de Patos, secretarias e à Comissão Permanente de Licitação e proibição de se ausentarem do Estado sem autorização do juiz-relator.
A denúncia protocolada no Tribunal de Justiça detalha a atuação de um esquema criminoso. Os integrantes do grupo estão sendo processados por crimes de organização criminosa, corrupção ativa e passiva, desvio de recursos públicos, fraude em licitação e lavagem de capitais.
O MPPB pede ainda a condenação dos denunciados, especificando os crimes cometidos por eles. Além disso, a suspensão da função pública do prefeito Dinaldo Wanderley e dos servidores públicos municipais, Felipe Moreira Cartaxo de Sá e Alysson dos Santos Gomes.
A equipe de comunicação da Prefeitura de Patos informou que a Procuradoria Municipal e o prefeito Dinaldo Medeiros Wanderley Filho ainda não foram notificados sobre o afastamento. A decisão foi tomada pelo juiz Carlos Eduardo Leite Lisboa.

Transferência temporária de eleitor vai até o dia 23; confira os locais disponíveis no RN para voto em trânsito

O Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE-RN) segue com o período para solicitar a transferência temporária de eleitor. Os endereços dos locais para voto em trânsito no RN estão disponíveis abaixo. A solicitação pode ser realizada até o dia 23 de agosto, próxima quinta-feira, em qualquer Cartório Eleitoral do país.
A transferência temporária de eleitor trata-se de um serviço que visa ajudar os eleitores que necessitam transferir a sua seção eleitoral para votação no primeiro turno, no segundo turno ou em ambos. Além dos casos de eleitores com deficiência ou mobilidade reduzida, dos militares e guardas municipais em serviço e dos presos provisórios, os eleitores que estiverem em trânsito no território nacional também podem requerer a transferência e participar do pleito através do voto em trânsito.
Para isso, basta comparecer a qualquer cartório eleitoral e requerer sua habilitação mediante a apresentação de documento oficial com foto. Na ocasião, o eleitor deve indicar o local em que pretende votar. O voto em trânsito só acontece nas capitais e nos municípios com mais de 100.000 (cem mil) eleitores. No caso do Rio Grande do Norte, três municípios se enquadram nesse requisito: Natal, Mossoró e Parnamirim.
Confira o endereço dos locais disponíveis para voto em trânsito no Rio Grande do Norte:
1ª ZE – Complexo Cultural da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte
Endereço: Av. Dr. João Medeiros Filho, s/n, Bairro Potengi (Natal/RN)
2ª ZE – Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN Natal Central)
Endereço: Av. Senador Salgado Filho, 1559, Bairro Tirol (Natal/RN)
3ª ZE – Universidade Potiguar (Unid. Roberto Freire)
Endereço: Av. Roberto Freire, 1584, Bairro Capim Macio (Natal/RN)
33ª ZE – Centro Educacional de Jovens e Adultos Professor Alfredo Simonetti
Endereço: Praça Dom João Costa, s/n, Bairro Santo Antônio (Mossoró/RN)
34ª ZE – Colégio Sagrado Coração de Maria
Endereço: Rua Augusto Severo, 134, Bairro Centro (Mossoró/RN)
50ª ZE – CEI Zona Sul
Endereço: Av. Maria Lacerda Montenegro, 260, Bairro Nova Parnamirim (Parnamirim/RN)
É importante ressaltar, ainda, que os eleitores que se encontrarem fora da Unidade da Federação de seu domicílio eleitoral poderão votar em trânsito apenas na eleição para Presidente da República; e aqueles que se encontrarem em trânsito dentro da Unidade da Federação de seu domicílio eleitoral poderão votar nas eleições para Presidente da República, Governador, Senador, Deputado Federal e Deputado Estadual. Já os eleitores inscritos no exterior, que estiverem em trânsito no território nacional, poderão votar apenas na eleição para Presidente da República.
Sobre cancelamento
Se, após realizada a solicitação, o eleitor desejar cancelar a transferência, ele pode realizar o cancelamento até o dia 23 de agosto. E aqueles que não comparecerem à seção para votar em trânsito deverá justificar a sua ausência, inclusive se estiver no seu domicílio eleitoral de origem no dia da eleição, não podendo justificar no município por ele indicado para o exercício do voto.
O TRE-RN ainda reforça que o eleitor transferido temporariamente estará desabilitado para votar na sua seção de origem e habilitado em seção do local indicado no momento da solicitação. Além disso, as inscrições dos eleitores que se transferiram temporariamente voltam a figurar automaticamente nas seções eleitorais de origem após o encerramento das eleições.

Caso Izolda: acusado de matar ex-esposa em Natal será julgado pelo júri popular no dia 22 de agosto

Dois júris populares envolvendo casos de feminicídio serão realizados em Natal na próxima semana, quando acontece a 11ª edição da Semana da Justiça pela Paz em Casa, de 20 a 24 de agosto. Nacionalmente, o foco desta edição será o julgamento de feminicídio nos estados. Atualmente, tramitam no Poder Judiciário brasileiro 10 mil processos de feminicídio, segundo dados do Conselho Nacional de Justiça.
No dia 22, às 8h, a 1ª Vara Criminal de Natal realiza sessão do júri popular para julgar José Cândido de Melo, acusado de matar a facadas sua ex-esposa Izolda Claudino de Almeida Melo, no último dia 19 de março, no bairro Potengi, em Natal.
Outro caso que será submetido ao Júri popular é o de Gileno Aureliano do Nascimento, acusado de tentativa de homicídio e de estupro contra a vítima Selma Maria Mariano da Silva. O fato ocorreu em março de 2010. Este júri será realizado pela 2ª Vara Criminal de Natal e acontece às 8h do dia 21 de agosto, no Fórum Seabra Fagundes.
Atenção
Na semana em que a Lei Maria da Penha completou 12 anos de existência, o número de mortes de mulheres causada por ódio do próprio companheiro chamou atenção da ministra Cármen Lúcia, presidente do Supremo Tribunal Federal e do CNJ, também idealizadora da Semana. “Espero que tenhamos Júris que prestem à sociedade a resposta adequada. Para que as famílias, as crianças, não se deem como alguém sem resposta a uma agressão tão grave como é o assassinato de uma mulher”, afirmou.
Para a ministra, apesar da Lei 11.340/2006 ter modificado substancialmente o tratamento da violência contra a mulher, ainda falta descobrir as motivações desses crimes, que seguem causando milhares de vítimas unicamente por questões de gênero.
“A violência contra a mulher não pode ficar em silêncio. O silêncio permite que a violência prossiga. Precisamos nos voltar para esse crime. A violência contra a mulher expõe uma sociedade machista, preconceituosa, agressiva. Violenta com suas crianças, com suas mulheres e com todos aqueles que sejam diferentes. Precisamos mudar para um patamar civilizatório de respeito aos direitos, de maneira contínua, coerente e necessária para que tenhamos democracia na sociedade e não apenas no Estado. Caso contrário, não sabemos onde iremos parar”, afirmou Cármen Lúcia.
Estatísticas
Atualmente tramitam na Justiça Estadual do Rio Grande do Norte 11.703 processos sobre violência doméstica e familiar contra a mulher. Em relação às medidas protetivas, hoje são 5.959 medidas que estão ativas.
TJRN

Homem rompe tornozeleira eletrônica e coloca no pescoço de cachorro, em Goiânia


Um homem, cuja identidade não foi revelada, foi preso após romper a tornozeleira eletrônica que deveria estar usando e amarrá-la no pescoço de um cachorro, em Goiânia. A Polícia Militar descobriu a situação inusitada após abordar o rapaz no Setor Recanto do Bosque, região noroeste da capital.
O homem foi localizado em atitude suspeita na tarde de terça-feira (14). Ao verificar sua documentação, os policiais descobriram que ele deveria estar utilizando a tornozeleira.
De acordo com a corporação, neste momento, ele contou que havia cortado o aparelho e o deixado em casa. Os militares seguiram com ele até a residência, quando encontraram o equipamento colocado no pescoço do animal.
Após ser detido, ele foi encaminhado para a Central de Alternativas à Prisão (CAP).
O G1 entrou em contato, por mensagem, com a assessoria de imprensa da Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP) questionando sobre a identidade do suspeito e por qual motivo ele usava a tornozeleira e aguarda retorno. O contato foi feito às 8h29 desta quarta-feira (15).
Caso parecido
No último mês de junho, um homem de 31 anos, que cumpria pena em regime semiaberto colocou a tornozeleira em um galo para enganar a Justiça. Ele foi condenado a dez anos de prisão por matar um homem durante uma briga por celular, em Goiânia.
O crime foi em 2016, quando ele cumpria pena no regime semiaberto e deveria estar sob monitoramento após ser condenado por agredir a companheira
G1-GO

TSE pode cassar tempo de TV do PT caso a candidatura de Lula seja impugnada


O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) pode cassar o tempo de TV do PT, previsto para ir ao ar a partir do dia 31, até que o partido indique o substituto de Lula caso ele seja impugnado nessa data. A tese, no entanto, divide a corte.
DOIS PRA CÁ 
Um dos ministros ouvidos pela coluna afirma que apenas as legendas que têm candidato a presidente podem dispor de tempo para fazer propaganda eleitoral.
ALTO RISCO 
Se o PT, depois de uma sentença impedindo Lula, recorrer e insistir com o nome dele, deve ficar fora do ar até oficializar o plano B. A insistência da legenda, diz o magistrado, não pode “virar fraude”.
PRÓPRIO TEMPO 
Já outros ministros acham a tese discutível. Eles argumentam que o tempo é das agremiações partidárias e que elas fazem com ele o que quiserem.
NO AR 
Advogados temem que o TSE casse o programa —o que obrigaria Lula a jogar logo a toalha e a sacramentar o substituto. A TV é considerada essencial para que o partido tenha competitividade eleitoral.
EXEMPLO 
Eles lembram que, há quatro anos, quando o então presidenciável Eduardo Campos morreu, o PSB seguiu com sua propaganda no ar —mesmo antes de Marina Silva ser oficializada no lugar dele.
ELE, NÃO 
E o partido está apreensivo com a possibilidade de o ministro Admar Gonzaga ser indicado relator do caso, por já ter julgado outros pedidos de impugnação de Lula. A ideia é sustentar o impedimento dele, considerado voto certo contra o petista.
Mônica Bergamo – Folha de São Paulo

Orquestra Sinfônica da UFRN disponibiliza ingressos gratuitos nesta quinta-feira para apresentação no sábado

A Orquestra Sinfônica da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (OSUFRN) disponibiliza a partir das 8h desta quinta-feira, 16, os ingressos gratuitos para sua apresentação de sábado, 18 de agosto. Na sala da coordenação de eventos da Escola de Música da UFRN, a entrega aos interessados é feita por ordem de chegada, limitado a quatro entradas por pessoa.
Com participação internacional do maestro Santiago Meza no sábado, o concerto na Escola de Música da UFRN (EMUFRN) será composto por variações sobre um tema rococó do compositor russo Tchaikovsky e também pela suíte orquestral Capricho Espanhol, organizada pelo autor Nikolai Rimsky-Korsakov. Em duas sessões, às 18h e 20h, a OSUFRN também receberá, como convidado, o violoncelista Bruno Lima, vencedor do Concurso Jovens Solistas de 2018, que executará as peças junto aos 50 componentes que atualmente integram a Orquestra.
Trajetórias
A trajetória musical do maestro Meza inicia na Faculdade de Artes da Universidade do Chile, onde obteve o título de Bacharel em Performance Superior com uma menção em Percussão em 1979. Já no ano de 1976 o musicista ingressa na Orquestra Filarmônica de Santiago. Na Argentina, dirigiu a Orquestra Sinfônica da Universidade de San Juan e Orquestra Sinfônica da Universidade de Tucumán. No seu currículo de reconhecimento constam o Prêmio de Menção Musical Clássica do Círculo de Críticos de Arte da V Região, concedido em 1996 e o Prêmio de Melhor Expoente da Categoria de Música Clássica conferido pela a Associação de Jornalistas de Espetáculos (APES).
Já o solista Bruno Lima iniciou seus estudos musicais em 2012 em um projeto de extensão no Instituto Federal de Alagoas (IFAL), em 2016 ingressou no curso de Bacharelado em Violoncelo pela UFRN. O músico já participou de diversos eventos internacionais, como a Semana Internacional de Música de Câmara do Rio de Janeiro e Curso Internacional de Verão de Brasília. Já dividiu palco com artistas de enorme prestígio, tais como Gustavo Tavares (BRA), Natasha Farny (EUA), Romain Garioud (FRA), Márcio Carneiro (BRA), Daniel Guedes (BRA), Martin Osten (ALE), Yaroslav Kargin (RUS), Durval Cesetti (BRA), David Koorevar (EUA), Maja Bogdanovic (SER), Leonard Elschenbroich (ALE), entre outros.
Com informações da UFRN

‘Não pretendo morrer nem renunciar, e sim brigar até o final’, diz Lula em carta


Tratado de guerra Na versão preliminar da carta que enviou para ser lida no ato de seu registro na corrida eleitoral, nesta quarta (15), Lula diz que não quer favores da Justiça Eleitoral. “Quero apenas os direitos que vêm sendo reconhecidos pelos tribunais há anos em favor de centenas de outros candidatos.” O ex-presidente diz que é vítima de uma caçada judicial e que só a morte, a renúncia ou um ato do TSE pode rifá-lo. “Não pretendo morrer nem cogito renunciar. Vou brigar até o final.”
Fale por ele Caberá a Fernando Haddad (PT), candidato a vice de Lula, ler a mensagem para a militância. Na versão prévia do texto, ele não era mencionado nominalmente pelo ex-presidente.
Painel – Folha de São Paulo

Estudo indica aumento anormal de temperaturas entre 2018 e 2022

O planeta Terra terá anos mais quentes do que a média entre 2018 e 2022, além de um aumento da probabilidade de eventos extremos, como secas, inundações por chuvas intensas e furacões. A previsão está em um estudo publicado nessa terça-feira (14) na revista “Nature”.
Ele usa um novo modelo para realizar esse cálculo que leva em consideração tanto a tendência de aquecimento global provocada pelo aumento da emissão de gases de efeito estufa quanto a variabilidade natural das temperaturas. Essa análise ao longo dos anos é desafiadora devido ao comportamento caótico do clima, por isso os pesquisadores utilizaram diversos modelos observados ao longo de anos passados.
“Nossa previsão para 2018 (com base em dados até 2017) sugere temperaturas mais altas”, dizem Florian Sévellec, da Universidade de Brest, na França, e Sybren Drijfhout, da Universidade de Southampton, no Reino Unido. Segundo os autores, as médias de temperatura podem ser entre 0,02°C e 0,07°C mais altas.
O aumento de calor se repete ao longo de cinco anos, até 2022. Essa elevação anormal da temperatura reforça a tendência de aquecimento global a longo prazo, aponta a pesquisa. A probabilidade de temperaturas extremas, como verões muito quentes e invernos com recordes de baixa temperatura, também é elevada devido às mudanças climáticas.
Segundo os autores, o modelo estatístico desenvolvido no estudo permitiu previsões probabilísticas confiáveis das temperaturas médias da superfície da Terra e do mar. O sistema também tem uma vantagem em relação a ferramentas já consagradas, porque realiza cálculos de previsão meteorológica em centésimos de segundo e pode ser executado em aparelhos simples, como um computador portátil. Análises atuais necessitam de computadores bem mais potentes.
“Previsões precisas e confiáveis de temperaturas globais são fundamentais para determinar os impactos regionais da mudança climática, que aumentam a temperatura global, com extremos de precipitação, secas severas ou intensa atividade de furacões”, afirmam os autores no estudo.
2018 tem ondas de calor, mas menos furacões
Neste ano, o verão no hemisfério Norte foi marcado por rigorosas ondas de calor, que atingiram Estados Unidos, Canadá, Japão e países da Europa. Incêndios florestais nos EUA e na Europa também foram mais intensos. A Suécia também teve o verão mais quente dos últimos dois séculos, e o Japão registrou 80 mortos pelas altas temperaturas.
Contudo, a previsão de maior quantidade de furacões não se verificou. Meteorologistas norte-americanos indicam uma quantidade abaixo da média no Caribe e no Atlântico. Em comparação, em 2017, a região sofreu com uma temporada devastadora de furacões.
Recordes de calor
Em um sinal claro das mudanças climáticas, causadas pela concentração de gases de efeito estufa, os anos entre 2015 e 2017 foram os mais quentes já registrados, de acordo com dados da Organização Meteorológica Mundial.
O ano de 2016 continua com a marca recorde de temperaturas desde que começaram a ser colhidas de forma sistemática, em 1880. Já 2017 passou a ser considerado como o ano mais quente sem a presença do fenômeno do El Niño.
No ano passado, a temperatura média da superfície terrestre foi 1,1ºC acima da era pré-industrial, o mesmo nível registrado em 2015. Em 2016, o registrado apontava para 1,2ºC.
Em 2015, a temperatura média mundial na superfície da Terra registrou pela primeira vez 1°C acima dos níveis pré-industriais (entre 1850 e 1900). O aquecimento global, consenso entre 97% dos cientistas, vem acompanhado da maior ocorrência e da intensificação de catástrofes ambientais –como secas, temporais, inundações e ondas de calor.
No Acordo do Clima de Paris, assinado por mais de 180 nações em 2015, os países se comprometeram a adotar medidas voluntárias para frear o aquecimento global em no máximo 2°C. Ainda sem ações consideradas efetivas, o mundo ruma para um aquecimento de 4°C até 2100.
UOL

Bacenjud: Justiça potiguar paga R$ 135 milhões a credores por meio de bloqueios judiciais

Nos primeiros sete meses do ano de 2018, mais de R$ 135 milhões foram transferidos a credores de dívidas sentenciadas pela Justiça Estadual do Rio Grande do Norte por meio da ferramenta digital Bacenjud.
O Bacenjud consegue dar efetividade ao processo, pois a execução da dívida não depende mais da vontade do devedor, facilitando os casos de bloqueio e transferência de valores. Através do Banco Central, o sistema permite o relacionamento entre o Poder Judiciário e as instituições financeiras, possibilitando à autoridade judiciária encaminhar requisições de informações e ordens de bloqueio, desbloqueio e transferência de valores bloqueados.
Com o Bacenjud, o magistrado pode solicitar o bloqueio dos recursos necessários ao ressarcimento do credor a todas as instituições financeira ou a um banco determinado. Segundo os dados do sistema, entre janeiro e julho, R$ 215 milhões foram bloqueados em contas bancárias de valores de pessoas e empresas que tiveram dívidas reconhecidas em decisões judiciais da Justiça potiguar. No mesmo período, R$ 60 milhões foram desbloqueados por decisões judiciais e R$ 135,7 milhões foram transferidos a credores por meio de alvarás judiciais.
Foram registrados 24.058 pedidos de bloqueio judicial, além de 11.919 determinações para transferências de valores. No mesmo período, a Justiça determinou 17.901 desbloqueios de valores.
Utilização
A unidade judiciária que mais efetuou pagamentos nesse período foi o 1º Juizado Especial da Fazenda Pública de Natal, de titularidade do juiz Valdir Lobo Maia. A unidade bloqueou R$ 8,99 milhões e realizou o pagamento de R$ 8,92 milhões a credores.
O magistrado afirma ressalta que o Bacenjud é uma ferramenta segura e eficaz no procedimento de bloqueio e pagamento de dívidas aos credores. Ele credita o desempenho alcançado ao empenho e responsabilidade dos servidores lotados no 1º Juizado Especial da Fazenda Pública. “Todos estão comprometidos com a eficiência e a produtividade da Vara, em prol do jurisdicionado”.
A 1ª Vara da Fazenda Pública de Mossoró realizou o maior volume de bloqueios, totalizando R$ 11 milhões, e efetuou o pagamento de R$ 7,1 milhões. O titular da unidade, juiz Pedro Cordeiro Júnior destaca as facilidades trazidas pelo sistema. “Essa é uma ferramenta, entre tantas outras, indispensável. É útil e poderosa, principalmente em áreas como as demandas da saúde, por exemplo, onde havia uma série de burocracias. Sem dúvida elas ajudaram na rapidez da prestação jurisdicional. Antes, dependíamos de cartórios, bancos e existia uma série de entraves burocráticos que dificultavam o andamento dos processos”.
Saiba mais
Criado em 2001, pelo Banco Central do Brasil (BC) em parceria com Conselho Nacional de Justiça (CNJ), a ferramenta Bacenjud vem contribuindo para agilizar as execuções de dívidas transitadas em juízo. Segundo levantamento do CNJ, o uso da ferramenta cresceu quase cinco vezes nos últimos 10 anos. Até então, as determinações judiciais circulavam em ofícios em papel, exclusivamente. Hoje esse procedimento migrou quase integralmente para o meio digital – cerca de 99% de solicitações dessa natureza já são feitas na plataforma virtual.
TJRN

Viena é eleita melhor cidade do mundo para se viver; veja ranking

Capital austríaca se destaca nos quesitos saúde, educação, infraestrutura e estabilidade, desbancando a australiana Melbourne, que liderava o ranking há sete anos. Baixa criminalidade também favorece cidade europeia.
Viena, capital da Áustria, foi eleita a melhor cidade para se viver do mundo pela consultoria Economist Intelligence Unit (EIU), desbancando Melbourne, na Austrália, que carregava o título há sete anos.
Viena obteve 99,1 pontos numa escala de 100 no ranking anual divulgado nesta segunda-feira (13/08) pela consultoria, que pertence ao Economist Group do qual também faz parte a revista The Economist.
Melbourne ficou em segundo lugar por uma diferença de apenas 0,7 ponto, com pontuação de 98,4. A cidade de Osaka, no Japão, ficou em terceiro lugar, com 97,7 pontos.
O ranking considera fatores como criminalidade, infraestrutura de transporte, acesso à educação e saúde, assim como estabilidade política e econômica.
Segundo a consultoria, a qualidade de vida melhorou tanto em Viena quanto em Melbourne, mas Viena se destacou na categoria estabilidade, o que a levou a ultrapassar a rival. Uma diminuição da ameaça de ataques terroristas na Europa ocidental e a baixa criminalidade da cidade ajudaram Viena a subir para o topo do ranking.
Viena e Melbourne tiveram pontuação máxima nas categorias saúde, educação e infraestrutura. Melbourne foi líder no segmento de cultura e meio ambiente, mas o melhor desempenho de Viena no que toca à estabilidade pesou mais no resultado final.
Viena é frequentemente campeã em um ranking da consultoria Mercer sobre qualidade de vida, mas é a primeira vez que fica em primeiro lugar na pesquisa da EIU, que adota o formato atual desde 2004.
A lista das dez cidades com melhor pontuação foi dominada por Canadá e Austrália, que conseguiram emplacar três cidades cada um nas dez primeiras posições. A Austrália se destacou com a cidade de Sydney, em quinto lugar, e Adelaide, em décimo, além de Melbourne. O Canadá marcou presença com Calgary, no quarto lugar, Vancouver, no sexto, e Toronto, que empatou no sétimo lugar com Tóquio, no Japão.
A única cidade europeia no top 10 além de Viena foi Copenhague, na nona posição.
Várias cidades no top 10 são de médio porte e com densidade populacional relativamente baixa. Viena, por exemplo, conta com transporte público barato e eficiente, além de ser repleta por espaços verdes e estar próxima de lagos e vinhedos.
Cidades maiores e densamente povoadas tendem a ter taxas de criminalidade mais elevadas e infraestrutura sobrecarregada. Apesar de oferecerem várias opções de entretenimento e lazer, Nova York (57° lugar), Londres (48°) e Paris (19°), por exemplo, sofrem com maior criminalidade e problemas no transporte público.
Quatro cidades saíram da lista de dez melhores neste ano: Hamburgo, na Alemanha, Helsinque, na Finlândia, Perth, na Austrália, e Auckland, na Nova Zelândia. O motivo não foi uma deterioração da qualidade de vida, mas sim a melhora de cidades concorrentes.
Na outra ponta, a lista das cinco piores cidades para se viver traz principalmente locais afetados por conflitos. Damasco, capital da Síria, ficou na ultima posição, precedida por Daca, em Bangladesh, Lagos, na Nigéria, Carachi, no Paquistão, e Port Moresby, em Papua-Nova Guiné.
A pesquisa, que engloba 140 países, não inclui várias das capitais mais perigosas do mundo, como Bagdá (Iraque) e Cabul (Afeganistão).
Deutsche Welle

Saúde do RN vai parar no dia 30 de agosto

Servidores irão reduzir atendimento no maior hospital do estado
A paralisação será mais um protesto dos servidores da saúde pública do Rio Grande que reivindicam a conclusão do pagamento do 13º de 2017. A categoria ainda sofre com os atrasos seguidos de salários, que acontecem desde janeiro de 2016.
Com a paralisação, os atendimentos nas unidades ficarão reduzidos. Caravanas com servidores da saúde de municípios do interior do estado somarão forças ao ato, que terá concentração no Hospital Walfredo Gurgel, a partir das 9h.

SBD lança campanha com orientações sobre a dermatite atópica em todo o Brasil

A dermatite atópica é uma doença da pele comum na população brasileira. Até 25% das crianças podem apresentar episódios da doença e até 7% dos adultos podem ser acometidos. Trata-se de uma doença crônica, hereditária e não contagiosa, que em decorrência das lesões na pele e coceiras, pode afetar a autoestima do paciente e sua interação social.
“A dermatite atópica se caracteriza pela coceira extrema que podem prejudicar crianças, adolescentes e adultos nas atividades do dia a dia e até distúrbios no sono”, destaca a dermatologista Dra. Danielle Espinel, presidente da Sociedade Brasileira de Dermatologia no Rio Grande do Norte.
Pacientes com dermatite atópica não possuem a barreira protetora da pele e convivem com alergia cutânea que pode desencadear pele seca, erupções que coçam e crostas, principalmente nas dobras do corpo, como pescoço, cotovelo e atrás do joelho, áreas mais espessas e secas. Outras características da doença são esfoliações causadas por coceira, alterações na cor, vermelhidão ou inflamação da pele, que também podem surgir após irritações prolongadas, gerando eczemas.

A doença é controlada com a identificação e controle dos fatores desencadeantes, além de medicação adequada. Alguns dos fatores para o desenvolvimento da doença são: contato com materiais ásperos, poeira, detergentes e produtos de limpeza em geral, roupas de lã e tecido sintético, temperaturas extremas, infecções, alguns alimentos e o estresse emocional.
O tratamento da dermatite atópica visa melhorar os sintomas que interferem diretamente na qualidade de vida do paciente e no controle da coceira, a redução da inflamação da pele e a prevenção das recorrências.
O dermatologista poderá indicar o melhor tratamento para a doença. Busque um médico dermatologista associado da SBD: http://www.sbd.org.br/associados